Home / Curiosidades / Quais São os Bichos de Estimação?

Quais São os Bichos de Estimação?

Um bicho de estimação – mascote, pet, etc. – é aquele que pode ser cuidado domesticamente, sem problema em viver na companhia de ser humanos. Eles são ótimos acompanhantes, dependendo do gosto de cada cuidador.

Tem animal de estimação para quem gosta de um ambiente mais silencioso, assim como para quem adora o barulho. Existem os que se encaixam em ambientes pequenos, para cuidadores que vivem em apartamentos ou casas pequenas, mas também tem aqueles que precisam de grandes espaços para viver bem.

Bichos de estimação costumam existir em grande quantidade, geralmente vítimas do abandono, então a adoção é um ato de generosidade. No entanto, cuidado: alguns animais silvestres também podem ser tidos como animais de estimação, mas é necessário pegá-los de um criador legalizado pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais).

Animais como a jiboia, o baiacu, a cacatua e o sagui, por exemplo, são bichos exóticos, mas legalizados pelo órgão governamental para ser criado em casa, desde que vindo de um criador licenciado.

Mas se você está buscando opções mais simples e viáveis, aqui está uma lista dos principais bichos de estimação para te tirar desse momento de dúvida.

Cachorro

Cachorro de Estimação
Cachorro de Estimação

O queridinho entre os animais domésticos, o cão possui diversas raças, cada uma com características específicas. Dependendo das suas preferências, provavelmente você encontrará um cachorro do jeito que gosta.

É um animal mais livre. Por isso, caso você more em um espaço pequeno que não tenha área para o cão brincar e se exercitar, leve-o para passear sempre que possível.

Para ambientes pequenos, algumas raças recomendadas são: Yorkshire, poodle, pug e buldogue francês, mas existem outras.

É importante frisar que o animal costuma ser bem apegado ao seu cuidador, geralmente. Por isso, se você é do tipo que costuma passar muito tempo fora, faça questão de escolher raças mais independentes ou fornecer algum outro tipo de companhia ao bichinho.

Gato

Gato de Estimação
Gato de Estimação

Depois dos cachorros, esse é o principal bicho de estimação na casa das pessoas. São conhecidos por seu comportamento independente, tranquilo e prático, ideal para quem não tem muito tempo para dar atenção a um animal, mas quer companhia em certos momentos.

São pouco exigentes, já que precisam, basicamente, de apenas uma caixa de areia, um lugar para colocar sua ração, outro para sua água e um local confortável para dormir.

Um adicional são os brinquedos em que eles possam arranhar e morder à vontade para que não destruam a casa do seu dono.

Hamster

Hamster de Estimação
Hamster de Estimação

Por ser tão pequeno, o hamster é ideal para ambientes com pouco espaço para criar um bicho de estimação.

Além disso, uma outra característica importante é que ele não dá muito trabalho, o que facilita a manutenção do animal. Segundo especialista, até mesmo crianças podem cuidar de um hamster, desde que haja supervisão mínima de um adulto.

Ser cuidado por uma criança pode criar um grande vínculo entre o humano e o roedor, algo comum quando se tem um pet.

A maior das raças é o Anão Chinês, que alcança aproximadamente 13 centímetros. Existem outras raças de hamster, como o Dourado da Síria, conhecido por seu comportamento agressivo quando é colocado com outros bichos na gaiola – ao contrário do Anão Chinês, que é muito sociável; existe o Anão de Roborowski, que atinge cerca de 7 centímetros e possui comportamento bastante agitado, e o Russo, classificado como o que dá menos trabalho entre as raças citadas.

Peixe

Peixe de Estimação
Peixe de Estimação

Assim como o hamster, esse é um animal que não requer muitos cuidados de seu dono.

Seus movimentos contínuos e calmos podem ajudar a acalmar quem os observa, além do tom frio dos aquários ser uma forma de embelezar e tranquilizar todo o ambiente.

O aquário deve ser a principal preocupação do cuidador, pois ele deve se atentar que 1 litro é capaz de comportar 1 centímetro de peixe. É necessário colocar cascalho e algumas plantas e enfeites, esses são opcionais, mas causam mais conforto ao animal do que um ambiente inteiramente vazio.

Caso não venha com uma lâmpada fluorescente, implante você mesmo uma na tampa, além de um filtro para pode oxigenar a água.

Quanto a alimentação do seu futuro bicho de estimação, ela deve ser feita duas vezes ao dia e se dá a base de ração específica para o tipo de peixe que você resolveu criar. Importante colocar a quantidade indicada na embalagem, mesmo que pareça muito ou pouco aos seus olhos, siga as orientações profissionais.

Entre as espécies para aquário, podemos citas: Acará, Betta, Colisa, Espada, Guppy, etc.

Cágados

Cágados de Estimação
Cágados de Estimação

Assim como o peixe, são, geralmente, criadas em aquários. São basicamente um tipo de tartaruga, mas que vive em água doce. Esse animal é silvestre, portanto, precisa de autorização do Ibama para ser criado legalmente.

Não necessitam de grandes cuidados e podem viver muito tempo, sendo um bicho de estimação ideal para quem não gosta de muita agitação.

É um animal que pode ser alimentado com rações específicas para o ambiente doméstico. Elas possuem crustáceos desidratados, fonte rica de nutrientes para o bichinho.

Costumam viver muitos anos, geralmente ultrapassam os 50, representando uma companhia para a vida toda.

Coelhos

Coelhos de Estimação
Coelhos de Estimação

Graças a seu tamanho e aparência encantadora, esse animal tem ganhado cada vez mais espaço entre os principais bichos de estimação.

Alguns cuidados são necessários para poder criar um coelho. Além do básico, como alimento e gaiola, a casa em si precisa passar por uma adaptação, pois o animal pode facilmente roer os fios que encontrar pela casa.

Deixá-los presos o tempo todo não é uma opção, já que é necessário realizar sessões diárias de exercício. Se for privado de explorar o ambiente, o coelho pode acabar desenvolvendo um comportamento nervoso.

Com comportamento alegre e expressivo, o coelho pode facilmente criar um forte vínculo com o seu criador. Caso esteja disposto a passar pelo processo de adaptação, com certeza esse bichinho pode te fazer muito feliz.

Além dessas seis opções, existem muitos outros bichos de estimação disponíveis. Antes de levar qualquer animal para sua casa, certifique-se de que está disposto a realmente cuidar deles, para que não haja qualquer mau trato.

Se estiver tudo certo, dê muito amor e carinho para qualquer que tenha sido a sua escolha e aproveite a retribuição do seu novo companheiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *