Home / Curiosidades / Quais os Costumes e Cuidados Especiais Com o Periquito?

Quais os Costumes e Cuidados Especiais Com o Periquito?

O periquito como conceito genérico que engloba uma série de espécies diferentes, como o periquito australiano e o periquito rei, por exemplo, é o terceiro animal de estimação mais apreciado em todo o mundo. Ficando atrás somente do cachorro e do gato respectivamente. Preliminarmente podemos concluir que o número de pessoas que criam estas aves como pets é muito maior do que poderíamos imaginar em um primeiro momento.  E de fato é, e se você está pensando em adquirir um amiguinho de asas pontudas (característica marcante dos periquitos) e quer saber todos os cuidados especiais que essa ave demanda, você está no lugar certo.

Traremos aqui os principais e mais importantes cuidados que você deve ter ao criar ave ao em cativeiro. São cuidados gerais que valem tanto para quem vai criar um periquito australiano, quanto para quem optar por outra espécie de periquito. Está preparado?

O Que Eu Preciso Saber Sobre A Criação De Periquitos?

Bom, a primeira coisa que destacamos aqui é na verdade uma curiosidade mas não deixa de ser igualmente importante para um futuro criador de aves. Os periquitos australianos (também conhecidos como periquitos comuns e muitas vezes mencionado como o único deste grupo) ao lado da inseparável de faces rosadas são as duas únicas aves que podemos dizer que foram totalmente domesticadas pelo homem. A inseparável de faces rosadas foi descoberta em 1793 no sudoeste africano mas acreditava-se que poderia ser uma subespécie de uma outra ave. Finalmente ficou estabelecido que se tratava de duas aves distintas em 1817. No caso do periquito australiano o mesmo foi visto pela primeira vez em meados dos anos de mil oitocentos e cinco. Somente mais de quarenta anos depois passou a ser domesticado e criado em cativeiro. Sendo reproduzido de maneira doméstica por volta dos anos de mil oitocentos e cinquenta.

São apenas dados históricos mas que comprovam que a nossa relação com estes animais é antiga, o que nos garante um leque de conhecimento muito maior acerca de sua criação e seus cuidados.

Apesar de um modo geral apresentar pequenas variações de personalidade a depender da espécie de periquito da qual estamos nos referindo, de um modo amplo são muito amigáveis e gostam da presença de seres humanos.

Os cuidados para a sua criação não são muitos e não são nada complexos.

Periquito Verde Características Físicas
Periquito Verde Características Físicas

Os periquitos são um tipo de papagaio de pequeno porte e como tal tem os mesmos hábitos e cuidados que esta outra ave.

Antes de irmos aos cuidados que você precisa ter quanto o animal já em sua casa é preciso que você se atente quanto a sua compra. Compre de estabelecimentos que já trabalham com a criação e a reprodução em cativeiro do animal. Em hipótese alguma compre de vendedores clandestinos ou retire o animal de seu ambiente silvestre. Quando já acostumado a sua liberdade a ave pode sofrer muito e isso pode levá-la a morte uma vez que a depressão é praticamente fatal para estas aves.

Por isso prefira sempre um animal que já tenha sido criado em cativeiro desde o seu nascimento. Agora antes de comprar de fato a sua ave, pesquise sobre a sua espécie uma vez que como mencionamos não há apenas um só tipo de periquito e assim sendo conhecer exatamente a sua espécie é importante.

Analisado a espécie que você deseja adquirir é preciso que você se pergunte de maneira sincera se possui tempo, espaço e dinheiro para manter saudavelmente a ave em sua casa. Embora não demande tanto tempo, atenção, cuidados e recursos como um cachorro por exemplo, ainda assim o periquito precisa de você e você é responsável por ele assim que o trouxer para casa.

A Gaiola, O Ambiente E O Periquito

O ambiente onde você vai dispor a gaiola é tão importante quanto a própria gaiola em si. Isso porque os periquitos são animais diurnos, período onde na natureza procura alimentos e alimenta a sua cria. Quando em cativeiros realizam a sua alimentação e outras atividades durante o dia e olha que são aves bem ativas. Durante a noite precisam descansar e a privação de sono para estes animais pode resultar em sérios problemas de saúde que comprometerão a longo prazo a qualidade de vida do animal. Por isso o indicado é que a ave esteja no período noturno em um local com redução na entrada de luz e com pouco barulho próximo.

Quanto a gaiola é preferível que seja uma gaiola pequena no caso da criação de apenas um periquito mas precisamos destacar que esta espécie vive bem e melhor em bando, grupos ou mesmo casais. Por isso para o bem estar do seu pássaro recomendamos que você crie-o ao menos em casal para que a ave não se sinta sozinha.

Ainda quanto a gaiola é recomendado que haja poleiros dispostos de acordo com o formato e tamanho dos pés do seu animalzinho e alguns deles devem estar perto dos seus comedouros e bebedouros. E por falar em comedouro e bebedouro é fundamental que você faça a higienização diariamente de ambos e também da gaiola como um todo. Como parte importante desta estrutura é preciso que haja uma separação entre o animal e suas fezes para evitar infecções e afins.

Se a ave for mais mansa pode haver aberturas na gaiola de modo que ela possa sair para se exercitar (como aberturas laterais e no topo). Para aves arriscas é melhor evitar esse tipo de abertura.

Outros Cuidados Com O Seu Periquito

Como característica comum dos pássaros estes animais não necessitam de banho mas gostam de se banhar em água e você deve garantir isso! Deixe disposto na gaiola uma pequena bacia que possibilite o animal se banhar. A água dela, assim como a do bebedouro deve ser trocada diariamente.

Uma vez por mês é indicado que você retire a ave da gaiola e faça uma desinfecção total do local.

Cuidar do Periquito
Cuidar do Periquito

A Alimentação Do Periquito

A alimentação do periquito é simples e composta basicamente de frutas e verduras. No caso das frutas podemos citar pêras e maçãs, por exemplo. No caso das verduras consume rúcula, brócolis, almeirão e outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *