Home / Curiosidades / Quais Dinossauros Eram Carnívoros?

Quais Dinossauros Eram Carnívoros?

Apesar de existir dinossauros de todos os tamanhos e com diferentes dietas alimentares, Hollywood acabou fazendo com que lembremos, principalmente, dos carnívoros. Coisa que, aliás, ligamos automaticamente ao tiranossauro Rex. E já que estes são os mais famosos, vamos conhecer alguns que fazem parte desse conjunto? 

Características dos dinossauros carnívoros 

Esse grupo de animais pertence ao conjunto dos terópodes e foram os maiores predadores que a terra já viu. Suas principais características são: dentes afiados, garras gigantes e um olhar de botar medo. Quanto ao estilo de caça, isso variava com a espécie. Alguns realizam tal atividade sozinhos. Outros, porém, preferiam fazer isso em bando. E como acontece hoje em dia, dentro desse grupo existia uma classificação, ou seja, os predadores maiores e mais ferozes se alimentavam dos carnívoros menores, com estes consumindo outros ainda mais ínfimos que eles, principalmente herbívoros, insetos e peixes. 

Tyrannosaurus rex 
Tyrannosaurus rex

Além de dentes e garras temíveis, outra característica notada nesses indivíduos era a sua agilidade. Afinal, ele precisa ser rápido para pegar sua presa e não deixá-la escapar. O que, neste caso, deveria ser algo interessante a se observar. Pois, atualmente, a maioria dos caçadores têm corpos esguios e outros traços que permitem que eles se locomovem com rapidez. Mas, como já sabemos, os dinossauros eram lagartos gigantes e pesados, mas mesmo assim eles conseguiam se movimentar com uma incrível agilidade, mesmo os grandões, como o T-Rex, capturando e matando sua comida em questões de segundos. A evolução é realmente algo que não dá para explicar. 

Esse grupo também era formado por seres com mandíbulas poderosas, que permitia o animal de rasgar o alimento com facilidade. Assim como todos eram bípedes, ou seja, andavam e corriam sobre duas patas, que era fortes e musculosas. Isso em conjunto membros posteriores menores, um quadril desenvolvido mais que os ombros que proporcionam rapidez e velocidade, cauda longa para equilíbrio e olhos frontais era o que fazia desses bichos grandes e eficazes predadores carnívoros. 

Dieta 

Apesar da premissa ser aplicada para todos os grupos, ou seja, o consumo de carne, a forma como eles faziam isso e até o tipo de presa variava bastante. Por exemplo, algumas criaturas só caçavam na terra, outros só comiam peixe, eram pescadores. Ainda tinha aqueles que se alimentam de carcaça e, por fim, existia o grupo dos canibais, o que quer dizer que um conjunto em particular consumia animais da mesma espécie, algo comum de acontecer na natureza. Sendo assim, apesar da carne ser o principal alimentos deles, eles não consumiam a mesma coisa. O mais incrível é que os cientistas conseguiram descobrir isso de uma forma simples: por meio de fezes fossilizadas. Quem diria que o número dois podia ser tão importante, não é mesmo. 

Dinossauros carnívoros 

1 – Tyrannosaurus rex 

Não só o carnívoro mais famoso, como também o dinossauro mais conhecido graças a Jurassic Park. Esse grandão viveu por aqui no último estágio do cretáceo, há cerca de 66 milhões de anos atrás. Ele ocupava o local onde hoje fica a América do Norte. Seu nome significa “rei lagarto tirano”. Aliás, um “apelido” bem apropriado, não?!

É considerado um dos maiores e mais velozes caçadores terrestres que já existiu. O indivíduo tinha um comprimento que variava entre 12 e 13 metros, mais quatro de altura e uma massa de 7 toneladas. Além do corpo que tinha uma enorme estatura, ele também era conhecido por ter uma cabeça bem grande, maior que a de outros dinossauros carnívoros. Como uma forma de manter o equilíbrio do próprio torso, tinha membros posteriores menores, um quadril forte e uma cauda bem longa. Um fato interessante é que, apesar da aparência que nos foi apresentada por Steven Spielberg, sabia que os cientistas descobriram que o bicho tinha penas pelo corpo? Bizarro!

Na hora de caçar, ele fazia isso bando, mas também era um animal aproveitador, que por vezes preferia comer carcaças do que ter que fazer todo o trabalho de capturar uma presa. Isso normalmente acontecia devido ao seu corpo, que era muito grande e mesmo ele sendo rápido, não era tão veloz como outros seres. 

E, apesar do que se acredita, ele era um dos dinossauros mais inteligentes. 

2 – Velociraptor 

Você com certeza também se lembra dele, não é? Outro indivíduo que proporcionou cenas tensas em Jurassic Park. Seu nome significa “ladrão veloz”, o que se encaixa muito bem com a sua personalidade, pois ele é considerado um dos carnívoros mais eficaz e rápido da história. Com cerca de 50 dentes serrilhados e afiados, sua mandíbula era a mais poderosa do período Cretáceo. Ele viveu no final dessa fase em lugares onde hoje fica a Ásia. 

E apesar do que nos foi apresentado por Hollywood, na verdade ele era um dinossauro pequeno, com apenas dois metros de comprimento e com uma passa de 15 quilogramas. Uma de suas maiores características eram as três garras nas suas patas, além da cabeça achatada e estreita. Sua morfologia é muito parecida com as aves de hoje em dia, além do fato dele também ter penas em seu corpo, o que o deixa ainda mais próximo desse grupo. 

Também caçava em grupos e acredita-se que o seu ataque era composto em agarrar a presa com suas garras na região do pescoço e depois rasgava a área com sua mandíbula. Crê-se que ele também consumia carcaças. 

3 – Allosaurus 

Habitante da América do Norte e da Europa, o “lagarto diferente ou estranho” existiu há cerca de 150 milhões de anos atrás. Ele viveu durante o final do Jurássico e é um dos animais mais conhecidos pois uma grande quantidade de fósseis da espécie foi encontrada. Também era do tipo bípede, andando sobre pernas bem poderosas. Sua cauda, longa e forte, era um tipo de pêndulo para manter o equilíbrio do corpo da criatura. Assim como o anterior, tinha três garras em cada pata ou mão, que utilizava para caçar. Os especialistas crêem que ele media de 8 a 12 metros de comprimento, tinha quatro de altura e pesava duas toneladas. Devido ao seu tamanho, era um dos indivíduos que se alimentava de herbívoros, principalmente da espécie Stegosaurus. Segundo análises de fósseis, ele caçava em bando, mas também podia comer carniça ou se alimentar da própria espécime. Opção é que não faltava.

Gostou? Não esqueça de compartilhar.  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *