Home / Curiosidades / Porque a Língua do Chow Chow é Azul?

Porque a Língua do Chow Chow é Azul?

Com certeza você já viu ou pelo menos ouviu falar do famoso e amigável cachorro da língua roxa, não é mesmo? Você pode não lembrar o nome, mas o Chow Chow é inconfundível.

Dono de uma pelagem que lembra muito uma juba de leão e pequenos olhos fixos, essa raça de origem chinesa ganhou o mundo com sua fofura e beleza. Podem ter até 30kg e 50cm de altura, aproximadamente, e uma expectativa de vida de até 15 anos.

Apesar de serem considerados cães teimosos, principalmente para treiná-los, o Chow Chow é muito leal, pacífico e gentil com seus donos, podendo ser, muitas vezes, super protetores.

Chow Chow
Chow Chow

Curiosidades Históricas

Segundo alguns historiadores, os “Chow Chow” surgiram na Mongólia e na Sibéria, e só depois de anos foram levados à China. Lá existem registros de esculturas construídas na Dinastia de Han, uma Dinastia Chinesa que existiu entre 206 a.C. e 22 d.C.

Por volta do século VII a raça foi muito utilizada, na China, como cães de guarda, de briga e, muitas vezes, em atividades agropecuárias, servindo para puxar carroças e auxílio nos trabalhos dos camponeses.

Já em território europeu, o Chow Chow foi usado para exposição em zoológicos, por volta dos anos 1880. E, a partir de então, ganhou os olhares da sociedade e da Rainha Vitória, na Inglaterra, que adotou um cachorro da raça. Apenas 10 anos depois eles foram vistos nos EUA e aos poucos foram ganhando o restante do mundo.

Mas de onde realmente surgiu essa linhagem de cães? Apesar das incertezas, especula-se que tenham surgido do cruzamento entre as raças Mastin Tibetano e Spitz, e são considerados um dos mais antigos do mundo.

Além de tudo isso, alguns historiadores dizem que sua pele era muito procurada para utilização em peças de roupa e sua carne era um prato muito caçado e degustado por imperadores. Um pouco peculiar e até chocante para nós, mas é um dos costumes que fazem parte da cultura oriental.

Características

Ainda quando filhote, o Chow Chow é muito comparado a um pequeno ursinho de pelúcia, pela sua enorme e graciosa quantidade de pelos macios. Mas não se deixe enganar, eles têm uma personalidade um tanto quanto indiferente e, algumas vezes, até um pouco agressivo.

Eles crescem apresentando essa mesma pelagem grande e densa, podendo ser encontrados em cores claras ou escuras, variando entre vermelho, preto, creme e, às vezes, até em tons azulados. Por esse motivo, são animais de climas mais frios e, geralmente, sofrem um pouco em lugares quentes, sendo muito necessário a constante hidratação dos animaizinhos.

Seu pequeno rabo, assim como o restante do corpo, é robusto e cheio de pelos, fazendo uma curva para cima e mantida em cima do seu dorso. Além disso, é um cão de raça fisicamente robusta, tendo membros curtos, mas fortes. E um quadril um pouco maior que o restante do corpo, desenvolvido para ser mais forte e aguentar as atividades à que foi submetido antigamente.

Os pequenos olhos ovais do Chow Chow exigem um pouco de cuidado, já que eles são suscetíveis a problemas oculares. Os veterinários recomendam que sejam lavados cotidianamente com água boricada para evitar doenças como Entrópio e Glaucoma.

Chow Chow
Chow Chow

Além das doenças que afetam os olhos, cães dessa raça estão sujeitos a algumas patologias devido suas características físicas e genéticas. Tais como: Displasia Coxofemoral, que ocorre devido ao mau encaixe entre a cabeça do fêmur e a bacia do animal; Diabetes Mellitus, onde a insulina do corpo não funciona corretamente; e também a infestação por pulgas e carrapatos, devido à grande quantidade de pelos.

Por esse motivo, os veterinários pedem que os donos se atentem a dar aos cães uma boa qualidade de vida, com uma alimentação saudável, seguida de uma rotina de exercícios físicos e cuidados higiênicos dos olhos e pelos.

Apesar de essa encantadora raça ser considerada muito independente, indiferente e com personalidade forte, o Chow Chow é um ótimo cão de companhia. Muito fiel aos donos, eles têm o instinto de proteger aqueles que amam e, hoje em dia, são mais calmos e até um pouco preguiçosos, principalmente em locais de clima quente.

Por isso, se você tem ou quer ter um amiguinho desse para chamar de seu, busque sempre fazer atividades em que eles se movimentem e se divirtam com você. Estreitar laços e ainda melhorar a qualidade de vida do seu amigo fiel é a melhor coisa que você pode oferecer para retribuir toda a lealdade e companheirismo que o Chow Chow oferece.

Mas afinal, porque a língua do Chow Chow é azul?

Essa é a pergunta que não quer calar e que absolutamente todos que vêem esse gracioso cão na rua ou em Petshops se questiona. Quem nunca correu para internet e pesquisou exatamente essa questão? É por isso que estamos aqui, finalmente sanar essa dúvida que praticamente todo mundo tem.

Na China, reza uma lenda que quando houve a criação do Mundo e de todo o Universo, o céu foi pintado de azul. Nesse processo, o Criador deixou cair algumas gotas de tinta no chão da Terra e alguns cães lamberam esses respingos de tinta. Por esse motivo eles ficaram com a língua azul e tornaram-se sagrados.

Chow Chow
Chow Chow

Contudo, cientificamente temos uma outra explicação. Devido a uma variação e propensão genética, o Chow Chow possuí um excesso de melanina na língua, o que a torna um pouco mais arroxeada ou em tons mais escuros de azul. Essa característica não unicamente do Chow Chow, existem outras raças de cachorro que também apresentam essa variação genética, como o Shar Pei, por exemplo.

Mas nem sempre o Chow Chow apresenta a sua característica língua azul. Quando filhote, eles nascem com a língua rosada e conforme vão crescendo, aproximadamente a partir dos seis meses, a coloração começa a mudar.

Sendo lenda ou não, sejam eles com mutações ou variações genéticas, ou sem nenhuma peculiaridade cientificamente provada, sabemos que todos esses animais são agraciados e especiais. Cada um com sua singularidade e seu jeito de fazer nossas vidas um pouco mais felizes e cheias de amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *