Home / Curiosidades / Pavão Voa? Pato Voa?

Pavão Voa? Pato Voa?

Poucas coisas criadas pela natureza ou pela evolução, que seja, são questionáveis. Cada detalhe dado a animais tem um motivo, seja para facilitar sua vida em seu habitat natural ou alguma defesa contra seus predadores. Dentre uma dessas características está as asas, presente nos insetos e nas aves. 

E a pergunta a ser respondida hoje é: os pavões voam? E os patos? 

Descobriremos logo abaixo a resposta para ambas perguntas. 

Os pavões voam?

Apesar de ser dotado de asas, não é esse o item que mais chama a atenção nos pavões. Todas os olhares são dirigidos para as cores do animal e, principalmente, seu rabo, dotado de penas exuberantes, em tons marcantes e cobertos de pequenos pontos que lembram olhos, os chamados ocelos. O indivíduo é tão famoso que por muito tempo foi um animal sagrado na Índia, causando pena de morte para aqueles que ousassem matar algum de sua espécie. Também foi adorado por Alexandre, o Grande. E o que muitos não sabem, ou não imaginam, é que o pavão pode, sim, voar. Não é uma coisa que costuma fazer com frequência ou por prazer, mas ele é capaz de alcançar uma altura considerável no ar, se preciso. Normalmente essa habilidade é colocada em prática quando este se sente em perigo. Quando um predador aparece, ele levanta voo e, por incrível que pareça, seu rabo não impede que ele decole. Apesar de só conseguir voar depois de correr uma certa distância, ele consegue alcançar 16 km/h. Então, sim, o pavão não só pode, como levanta voo quando precisa. 

Pavão
Pavão

E o pato? 

O pato faz parte da família Anatidae e do gênero Anãs. Eles são comumente confundidos com os gansos. 

E, assim como o pavão, ele também voa. Aliás, eles precisam, já que são indivíduos migratórios. Eles são capazes de percorrer longas distâncias até conseguirem chegar ao seu destino todos os anos e também  alcançam longas alturas. Ao todo, existem cerca de 30 espécies de patos, que estão distribuídos entre Europa, Ásia, África e América. Estes se alimentam, dependendo da espécie, de algas, sementes, crustáceos, vermes, insetos e tubérculos.

Pato Voando
Pato Voando

 

Qual a altura do vôo dos patos?

Como existem diferentes espécies de patos, a altura que cada um alcança também se difere entre eles. O indivíduo levanta voo para se afastar do inverno e vai em busca de lugares mais quentes para se reproduzir. 

Como dito, o tipo de voo é diferente  em cada um dos bichos e essa habilidade muda de acordo com a distância que ele tem que percorrer, por exemplo. Assim como as adaptações desenvolvidas por seus corpos. 

Um dos bichos que mais se destacam no quesito voo é o pato-ferrugineo – Tadorna ferruginea –. Ele é encontrado na Ásia, África e Europa, principalmente no verão, já no inverno ele prefere ficar próximo ao rio Nilo e/ou no sul asiático. Na primavera, época em que precisa se deslocar, esse animal consegue alcançar incríveis 6.800 metros de altura. De todos as espécies existentes, nenhuma consegue voar tão alto como o pato-ferrugineo. 

Por que eles voam em V? 

Apesar dessa ser uma característica comum entre aves e insetos, existe um fato um tanto peculiar sobre o voo do pato. Você, alguma vez, já viu essa espécie voando? Se sim, já deve ter percebido que eles percorrem o céu numa formação que lembra a letra V, certo? Bom, existem vários fatores que explicam porque esses bichos se deslocam desta forma. 

Uma delas é que com essa formação em V eles conseguem economizar energia, o que é essencial, já que eles percorrem grandes distâncias. E de que forma isso acontece? Todo grupo tem um líder, aquela ave com mais experiência em migrações, que vai a frente do bando. Essa sua posição faz com ele seja o integrante que recebe os golpes mais fortes do vento. Ao mesmo tempo, ele também evita que o resto do grupo afete as correntes de ar com muita intensidade. O que dizer que um dos lados do V recebe uma menor quantidade de ar, enquanto que o outro lado enfrenta as correntes mais fortes. Mas os líderes não realizam essa tarefa sozinho, normalmente o chefe reveza essa tarefa com outro. Ou seja, um pato guia a viagem de ida e o outro a de volta. Quando este está cansado, ele se desloca até o fim da formação e o outro assume o seu lugar. 

Outro motivo pelo qual eles adotam n

essa formação é que ela facilita a comunicação entre os integrantes do grupo. Eles também podem se certificar que nenhum bicho irá se perder no caminho enquanto migram para algum lugar. 

Curiosidades sobre o pavão e o pato 

  • O pavão pode alcançar 2 metros de comprimento, incluindo sua cauda e 80 cm de alta. Pesa cerca de 4 quilos. 
  • Os machos são mais “chamativos” que as fêmeas. Isso ajuda na hora do acasalamento, já que os machos precisam chamar a atenção do sexo oposto. 
  • Este é considerado uma ave ornamental, ou seja, é um bicho de estimação exótico.
  • As patas conseguem botar 100 ovos ao ano, e estes são maiores que os das galinhas. 
  • O famoso quack é um grasnar. Segundo os cientistas, este não emite nenhum eco. Aliás, eles não têm a resposta para explicar o porquê disso. 
  • São capazes de aprender e compreender alguns comandos, assim como brincar com seus donos. 
  • Tem a habilidade de responder demonstrações de carinho. 
  • São indivíduos sociáveis, por isso, se pensa adotar esse animal opte por comprá-los em pares  
  • É a única ave que tem a capacidade de exercer três habilidades: voo, nado e andar. 
  • Também é o único bicho que consegue dormir e desligar metade do cérebro, enquanto o outro lado fica em alerta. 
  • O Pato Donald na verdade é um ganso. Basta observar suas penas e seu bico. 

O que achou de saber sobre as habilidades de voo desses dois indivíduos? Algum fato que chamou mais sua atenção dessa dupla de bichos? Tem algum em casa? Venha nos contar nos comentários e não esqueça de compartilhar na redes sociais. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *