Home / Curiosidades / Orangotango De Tapanuli: Curiosidades E Nome Científico

Orangotango De Tapanuli: Curiosidades E Nome Científico

Quando falávamos de orangotango há dois anos atrás, tínhamos como referência somente duas espécies, o orangotango de Bornéu, habitante das florestas tropicais da ilha de Bornéu e o orangotango de Sumatra, habitante das florestas tropicais da ilha de Sumatra, ambas na Indonésia, na Ásia. Curiosamente o único primata encontrado por lá, todos os outros, como os conhecidos gorilas e chimpanzés são habitantes de como é conhecida como lar dos primatas, a África.

Estudos que duraram mais de uma década, chegaram a conclusão há dois anos atrás, em dois mil e dezessete, de que um orangotango não se tratava do Bornéu nem do Sumatra, apesar de habitar a mesma ilha deste último.

Orangotango De Tapanuli 
Orangotango De Tapanuli

Genética E Morfologia Do Orangotango De Tapanuli 

Por lá habitam a floresta de Batang Toru, em habitats tropicais e subtropicais úmidos. Eles são o orangotango de Tapanuli ou pongo tapanuliensis, como é seu nome científico, se diferenciando das outras duas espécies por não ter o mesmo nome do seu habitat.

O primata foi encontrado pela primeira vez no ano de mil novecentos e noventa e sete e foi estudado durante todos estes anos pela universidade de Zurique, tanto estudo atrás da sua genética quanto sua morfologia. Dentre a sua distinção com as duas outras espécies de orangotangos estão seu crânio, seu esqueleto e seus dentes. Dentre as diferenças mais visíveis estão seus pelos mais ondulados e sua cabeça mais pequena.

Agora quanto as características específicas da espécie estão o hábito do macho de vocalizar para chamar a fêmea para o acasalamento no período reprodutivo, o que não acontece com as outras duas espécies e a sua alimentação é mais voltada para lagartos e pinhas de plantas coníferas.

Descoberta Recente Mas Talvez Tarde Demais

Engraçado pensar na descoberta de um primata tão recentemente, mas o que torna este acontecimento triste é que a descoberta só se deu quando tais primatas já estavam ameaçados criticamente de extinção, assim como os orangotangos de Bornéu e Sumatra, mas neste caso superando os dois, com somente cerca de oitocentos sobreviventes diante dos mesmos motivos, desmatamento do seu habitat para construções e plantações, caça para tráfico, comercialização e criação em cativeiro ilegal ou para o consumo de sua carne e o motivo que tem colocado a preservação da espécie em risco total, a construção de uma barragem e usina hidrelétrica no seu único habitat, a floresta de Batang Toru, financiada pela China atrás de eletricidade.

A usina tem previsão de término de obra em dois mil e vinte e dois. O que mais assusta é que não há nenhuma movimentação humana contra esta ação, mesmo diante de uma ameaça tão óbvia, não somente ao orangotango de Tapanuli, mas a todas as outras espécies de animais habitantes do local, como os tigres de Sumatra e o pangolim Malaio, que por todas as outras ações citadas do homem diante dos seus habitats, também já se encontram em ameaça de extinção muito antes do projeto da obra.

Fatores De Risco Para O Orangotango De Tapanuli

O orangotango Tapanuli assim como o Bornéu e o Sumatra é o maior animal arborícola e passam a maior parte do seu tempo nas alturas das árvores, muito raramente caminham sobre o chão e é da mesma que retiram a base de sua alimentação onívora.

Então imagine só o que o desmatamento local onde os indivíduos sobreviventes se concentram causa na classificação destes animais na natureza.

Outro fator que acaba contribuindo para a sua classificação de risco de extinção é a sua reprodução. Mais uma vez como as duas outras espécies de orangotangos, não são muito reprodutivos. Geralmente geram somente um filhote por reprodução, raramente no máximo dois. Além do que os filhotes são dependentes de suas mães por um período muito longo, cerca de oito a nove anos, mesmo período em que as fêmeas voltam a se reproduzir.

Orangotango De Tapanuli Características
Orangotango De Tapanuli Características

Um orangotango Tapanuli atinge a maturidade sexual e a capacidade reprodutiva com somente quinze anos de idade. Sua expectativa de vida vivendo em condições normais é de cinquenta a sessenta anos.

Podemos concluir então que uma fêmea deste primata se reproduz no máximo cinco vezes durante toda a sua vida, dando a luz a somente um filhote por vez. Agora imagine quantos novos orangotangos Tapanuli conseguirão sobreviver destes oitocentos ainda existentes. Uma condição imprescindível para a contribuição e preservação da sua espécie seria a conservação do seu habitat, o que não deveria ser uma tarefa tão difícil para tantas espécies de animais em risco de extinção. Talvez por tanta luta pelo seu direito a vida com os homens, os Tapanuli são animais muito ariscos, nada mais justo.

Dependência Para Sua Sobrevivência

Uma pergunta que pode ter surgido a sua cabeça é porque os orangotangos são tão dependentes por tanto tempo. Talvez esta resposta não esteja tão distante assim de nós, considerando que a tradução do seu nome, significa homem da floresta. Afinal, também não somos assim muito independentes logo de cara e levamos um bom tempo para ganharmos nossa independência.

Orangotango De Tapanuli Curiosidades
Orangotango De Tapanuli Curiosidades

Assim como nós, os orangotangos precisam dos ensinamentos de suas progenitoras, somente delas, pois seus pais somente os reproduzem e não participam da vida dos filhotes, o que também não é muito incomum na nossa forma de vida. Além dos aprendizados passados pela mãe, através da sua convivência observam seus comportamentos até conseguirem repetir. Isto vai desde a caça a sua alimentação, descasque, retirada de sementes e o que certamente pode ser o aprendizado mais importante, a construção de seus ninhos. Isso mesmo, os orangotangos apesar de não serem nada próximos as aves, a não ser quando se alimentam de seus ovos ou quando dispersam sementes depois da sua alimentação, também constroem ninhos, para si mesmos e para seus filhos.

Assim como a base da sua alimentação advém das árvores, as cascas, folhas, frutos e sementes, o material usado na construção de seus ninhos também são retirados das mesmas, são cascas, galhos e folhas. São construídos nos altos das árvores, naturalmente os protegendo de seus predadores que habitam o mesmo ambiente, os tigres. Afinal, os orangotangos também precisam de conforto apesar de toda a sua habilidade de escalar, se pendurar e pular de galho em galho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.