Home / Curiosidades / O Que é Pangolim? E o Que Ele Come?

O Que é Pangolim? E o Que Ele Come?

Em nosso país é comum vermos histórias envolvendo caça e tráfico de animais que muitas vezes estão ameaçados de extinção. Hoje vamos te apresentar um animal que compartilha do mesmo risco, porém, está muito distante de nosso país.

Estamos falando do pangolim, um bichinho bem carismático e muito semelhante ao Tamanduá, porém que vive no outro lado do mundo e vem sendo ameaçado de extinção por conta de sua carne e de seu habitat natural. Ficou curioso para saber o que esse bichinho representa, seus hábitos e o que ele come? Basta seguir lendo esse artigo para descobrir mais acerca!

O Que É O Pangolim?

O popularmente animal conhecido como pangolim é uma das espécies que vivem entre a Ásia e a África. Muito parecido com o Tamanduá, porém, pouco provável de ser encontrado em ambiente brasileiro. Apesar de ser um animal solitário, ele é capaz de constituir família em algumas situações. Sua língua geralmente é maior que todo o seu corpo, podendo enrolar-se completamente quando se sente ameaçado por algum outro animal ou humano, ficando em uma posição semelhante a uma bola.

Seu corpo é totalmente coberto por uma espécie de escamas totalmente adaptadas para o seu estilo de vida, logo, essa também se torna o seu meio de proteção. Sua camada escamosa é composta por queratina, sendo maleável no início de sua vida e tonificando-se ao decorrer de seu crescimento. Geralmente as fêmeas acabam sendo mais espertas e rápidas que os machos dessa espécie, além disso, o seu tamanho – medem entre 30cm e 100cm acabam facilitando essa característica.

Pangolim
Pangolim

Espécies

Mesmo existindo apenas pequenas diferenças, existem algumas espécies de pangolim as quais merecem ser citadas neste tópico. Ao total existem 8 espécies sendo características entre a Ásia e África, tenho cada um desses continentes 4 espécies. Por necessidade de adaptação do ambiente onde vive, podemos verificar pequenas mudanças acerca desses animais, como a variação de sua coloração, que pode ir do castanho amarelado até o marrom escuro e de seu peso – que vai de 1,5 kg até 33kg.

Hábitos De Vida

Por ser um animal predominante em ambientes hostis, o pangolim adotou alguns costumes diferentes de animais domésticos, logo, a sua criação em cativeiro acaba sendo praticamente nula. Tanto que atualmente existem apenas 6 zoológicos ao redor do mundo que mantém essa espécie em seu domínio. São mamíferos frágeis, além do mais, não possuem dentição, o que iremos falar melhor no próximo tópico. Normalmente eles buscam troncos de árvores ocos para criar a sua habitação, quando não encontrado este espaço, recorrer a pequenas tocas no próprio solo.

O que ele come?

Por não apresentar dentição, o pangolim acaba recorrendo a alimentação mais fácil para a sua situação. Utilizando a sua língua que consegue alcançar locais improváveis, essa é a sua maior fonte na busca de comida. Como alimentos, o seu consumo consiste em formigas e cupins, além de parentes dessas espécies. Quando menor o animal, melhor para ser realizada a sua captura. Para digerir a comida, esse animal costuma ter pedras – isso mesmo – em seu estômago para ajudar nesta etapa da alimentação, assim, fica muito mais fácil moer a comida.

Por fim, cada um desses animais é responsável pelo desaparecimento de até 1 milhão de formigas anualmente, ou seja, a sua demanda por alimentação é enorme. Para isso, eles podem contar com as suas garras sendo responsáveis por cavar os buracos em solo e seu nariz pontudo e aguçado para encontrar o alimento.

Pangolim Filhote
Pangolim Filhote

Reprodução

O pangolim é um animal solitário, logo encontram-se especialmente em época de acasalamento. Para cada ninhada, nascem em média de 1 à 3 filhotes, sendo os mesmos acompanhados por até 2 anos pela mãe. Não existem uma estação própria para o acasalamento, porém, é comum vermos este feito ser realizado em meses que contemplam o verão e o outono. A sua gestação leva em média 70-140 dias e ao nascer, o filhote pesa em média 80 g  à 450 g, sendo carregados em suas costas por alguns meses e em ocasiões especiais. Em médias esses filhotes levam entre 2 e 4 semanas para saírem de sua toca.

Risco De Extinção

Raramente se é divulgado informações sobre esta espécie em meios midiáticos, visto que não é um animal presente em nosso país, porém para quem não sabe, o pangolim é o mamífero mais caçado do mundo. Sua carne chega a ser vendida como iguaria no Vietnã e na China, utilizando as suas escamas para fins medicinais. Em grande parte da Ásia esse animal não existe mais, então, a concentração por sua busca está mais vez mais avançada na África. A estimativa é que cerca de 100 mil pangolins são retirados de seu habitat natural por conta do tráfico, ultrapassando números alcançados pelos populares rinocerontes e elefantes.

Pangolim
Pangolim

Curiosidade

Existe uma armadura feita apenas com a escama do pangolim ofertada para o rei George lll em 1820 que até hoje está conservada em um museu. O carisma que o pangolim alcança entre os tratadores de sua espécie não é à toa, ele acaba sendo uma animal fofo e com andar engraçado.

Comercializar esse animal está proibido desde 2002, porém, ainda é grande a sua captura, tanto que ele ainda está em risco de extinção. Normalmente quem consome o pangolim são pessoas de alto escalão, visto o seu valor comercializado. A mesma elite que comumente governa os países onde a sua extinção é anunciada.

Conclusão

O que não faltam são curiosidades acerca do pangolim que podem ser mencionadas. Ele é um pequeno animal, solitário que corre um sério risco de extinção por conta de sua caça imprópria.

A sua alimentação também é responsável por equilibrar a pirâmide de sobrevivência animal, ou seja, a sua falta pode afetar certos espaços. Além disso, a sua criação é extremamente difícil de se dar em cativeiro. Descobriu o que é o pangolim e matou a curiosidade sobre seus hábitos e  o que ele come? Espero que sim! Conta o que você achou nos comentários e até a próxima!.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *