Home / Curiosidades / O Que Atrai um Sapo? Como Espantá-lo de Casa?

O Que Atrai um Sapo? Como Espantá-lo de Casa?

Os sapos são animais muito comuns no mundo inteiro, em especial em locais mais unidos com presença de água, eles evitam apenas temperaturas mais frias. No Brasil a maioria das espécies que vivem no país são encontradas na Amazônia e Mata Atlântica, mas isso não quer dizer que não haja a presença de algumas espécies em outras cidades. A espécie de sapo mais comum é o sapo-cururu, que pode ser encontrado até mesmo no nordeste.

Boa parte das espécies de sapos são inofensivas, exceto por aqueles que são venenosos, os outros geralmente se preocupam apenas em se alimentar e reproduzir, sem fazer mal às plantas, pessoas e outros animais que não são suas presas. Vamos conhecer um pouco mais sobre como vive um sapo para depois te explicar o que fazer para espantá-los de sua casa, caso esteja havendo uma infestação.

Sapo em Casa
Sapo em Casa

Habitat Natural Do Sapo

Um sapo precisa de ambientes com água desde seu nascimento até a vida adulta, isso porque ao nascer ele se desenvolve dentro da água em forma de girino, e apenas depois de algum tempo, ele passa a viver em terra, porém ainda necessita da água para manter sua pele hidratada e também devido a respiração cutânea. Os sapos vivem em ambiente com muito água e longe da luz do sol, pois a exposição frequente a luz do sol pode causar ressecamento na sua pele, e por isso muitos deles mantém suas atividades apenas a noite.

Características físicas dos sapos

A pele de um sapo é altamente vascularizada e glandular. Por ser muito fina facilita as trocas gasosas da respiração cutânea, no entanto os torna muito sensíveis a luz solar. A coloração da pele dos sapos geralmente é muito semelhante ao local onde eles vivem como forma de proteção, mas existem algumas espécies que possuem uma cor bastante viva e chamativa.

Alimentação

A comida mais comum dos sapos são pequenos insetos, como moscas, aranhas, formigas, gafanhotos ou besouros. A captura das suas presas é feita através da sua língua, que é muito ágil e longa. A língua do sapo é muito pegajosa o que faz com que suas presas fiquem grudadas e não escapem facilmente depois de capturadas. Uma curiosidade interessante é que um sapo adulto pode chegar a comer até 3 xícaras cheias de moscas por dia.

Reprodução

O sapo se reproduz através da água, sendo a fecundação externa. O macho atrai a fêmea até ele através do canto e quando ela chega perto ele a abraça por trás e solta seus gametas na água. Assim se formam ovos, que após um tempo liberam os girinos na água. Dependendo da espécie o girino pode demorar meses para perder a cauda através de metamorfose e se tornar um pequeno sapo. Outras espécies duram apenas alguns dias.

O que atrai um sapo e como espantá-lo de casa?

Agora que já conhecemos um pouco sobre o comportamento de um sapo, o que leva ele a se aproximar de casas e jardins? A resposta é simples: alimentação e umidade.

Existem épocas do ano onde a quantidade de insetos como mosquitos e moscas aumenta nas residências das pessoas, muitas vezes até por falta de cuidado as pessoas deixam que esses insetos se reproduzam e assim aumenta a população deles ao redor das casas. Dessa forma os sapos podem se aproximar em busca de comida, e se a casa tiver locais com água parada, isso se torna ideal para esses animais viverem.

Vale lembrar que nesses casos os sapos podem fazer muito bem a sua casa, ajudando a eliminar os mosquitos que podem ser transmissores de doenças. E se você possui plantações ou um jardim, os sapos ajudam a manter insetos indesejáveis distantes das suas plantas. Porém se você se sente incomodado com a presença desses animais nos arredores de sua casa, então aqui vão algumas dicas para ajudar a espantá-los:

  1.  Identifique com qual espécie você está lidando. É muito importante saber a diferença entre elas, pois elas possuem comportamentos diferentes, também vale identificar se é venenoso ou não, pois se for, talvez você precise de ajuda de um profissional.
  2.  Verifique a legislação. Algumas espécies nativas são proibidas por lei de serem eliminadas. Porém as espécies que são consideradas invasoras é necessário manter o controle sobre elas, por isso identifique se a espécie é nativa ou não antes de qualquer coisa.
  3.  Se a espécie em questão for uma espécie nativa, você pode adotar meios não agressivos para removê-las da sua casa, sabe como? Eliminando os insetos. Se o sapo notar que não têm mais alimentação em abundância onde está, ele irá para outro lugar para procurar por comida.

Assim uma forma simples de se livrar dos sapos é ter cuidado com acúmulo de água parada e proliferação de mosquitos, pode ser que demore, mas naturalmente você verá os sapos indo embora sozinhos.

  1. Possuir animais de estimação como gatos e cachorros também ajuda a manter um sapo longe, pois esses animais geralmente podem incomodar o modo de vida tranquilo dos sapos afugentando eles.
  2. Procure por locais onde um sapo possa se esconder e se livre deles. Buracos na terra, perto de água, ou com muitos insetos ao redor, se livre desses ambientes pois atraem os sapos facilmente.
  3. Vale lembrar que cobras são predadores naturais de sapos, então se você não quiser atrair esses animais para sua casa, evite a todo custo que sapos se alojem por perto, caso seja um caso de infestação de sapos, vale a pena procurar um especialista para ajudar.

Conclusão

Um sapo geralmente não faz mal a ninguém, porém se ele começar a se reproduzia nas redondezas da sua propriedade isso pode começar a ser um problema. Mas não se preocupe, não é difícil espantá-los, basta seguir as dicas acima e rapidamente você verá que sua casa estará livre desses animais.

Vale lembrar que é importante ter cuidado para não prejudicar a cadeia de alimentação natural dos insetos e animais onde você vive, pois tudo na natureza funciona perfeitamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *