Home / Curiosidades / Ninhos de Andorinhas Comestíveis

Ninhos de Andorinhas Comestíveis

As andorinhas são aves pertencentes à família Hirundinidae, possuem pequenas dimensões, são ágeis em seu voo e realizam longas migrações. No Brasil, há dezessete espécies de andorinhas, a maior espécie é a andorinha grande (Progne chalybea), que possui uma cauda bifurcada com cerca de 20 centímetros e pesa em média 43 kg. A menor espécie no Brasil é a andorinha pequena de casa (Notiochelidon cuanoleuca), que mede cerca de 12 centímetros de comprimento e pesa apenas 12g. No mundo, são conhecidas cerca de 80 espécies de andorinhas distribuídas em diferentes continentes. Você sabia que os seus ninhos podem ser comestíveis? Não? Pois é, antes de apresentar essa iguaria, selecionamos as características gerais dessa ave.

Ninhos de Andorinhas
Ninhos de Andorinhas

Características físicas

Cor

A andorinha tem uma cor azulada, seu peito é castanho acinzentado, às vezes avermelhado, e também ladeado de azul.

Pequeno porte

As andorinhas são aves de pequeno porte, suas asas são longas e pontiagudas, a cauda apresenta bifurcação e os bicos e patas são curtos.

Alimentação

Andorinhas Alimentação
Andorinhas Alimentação

As andorinhas são aves insetívoras, os insetos são capturados durante o voo, neste momento ela abre o bico como um funil. Aliás, elas passam muito tempo voando e, por isso, desenvolveram uma capacidade curiosa: podem caçar insetos e comê-los no ar, enquanto voam. Bacana! Os estudos indicam que cada cria de andorinha necessita de aproximadamente 1.500 insetos por dia para que seu desenvolvimento ocorra adequadamente. Uma família de andorinhas consegue consumir em média 200.000 insetos por dia. Muita coisa!

Alerta

As andorinhas estão constantemente ameaçadas por causa do uso de inseticidas, os insetos são envenenados com eles e, por isso, se tornam uma ameaça para elas contribuindo para o declínio da espécie.

Reprodução

Andorinhas Reprodução
Andorinhas Reprodução

As fêmeas põem os ovos brancos de 3 a 5 e os choca junto ao macho os choca durante 2 semanas. O casal também se reveza na alimentação dos filhotes, sua alimentação acontece assiduamente ao longo de 26 dias e com 1 mês de vida começam a abandonar o ninho. Mesmo saindo do ninho, a família de andorinhas continua unida até que os filhotes estejam completamente independentes.

Senso de orientação

A andorinha é uma ave que possui um senso de orientação tão aguçado que é capaz de voar centenas de quilômetros em migrações e voltar para o mesmo ninho. Ótima habilidade!

Migração

Andorinhas Migração
Andorinhas Migração

As andorinhas vivem em bandos, executando audaciosas acrobacias. Quando a temperatura esfria, elas se juntam em bando e vão à procura de locais da Europa mais quentes, migram também para o norte da África. Com o fim do inverno a temperatura volta a subir e as andorinhas regressam. Isso indica outra coisa também, a primavera se aproxima. As suas casas são construídas perto do calor, em pequenos ninhos normalmente colados ao teto.

Tempo de vida

A maioria das espécies de andorinhas vivem até os 8 anos, porém a andorinha do mar é uma exceção, podendo chegar aos 20 anos. Deste modo, constatou-se que uma andorinha do mar pode voar 20 vezes ao redor do mundo ao longo de toda a sua vida. Um grande percurso!

Estrutura dos ninhos

Os ninhos são feitos geralmente de lama, saliva e restos de vegetais, os locais que aparecem são os barrancos e árvores, mas também são vistos com frequência em estruturas como estábulos, barracões, garagens, pontes, túneis, barragens e muitos outros. Até sentir que o seu ninho está devidamente ornamentado, a andorinha vai transportando esses materiais no seu bico. A construção do ninho é feito em parceria (macho e fêmea) e é resistente durando muitos anos.

Ninhos de andorinhas comestíveis

É isso mesmo que você leu, há ninhos de andorinhas comestíveis. Essa é uma iguaria da culinária chinesa considerada muito saborosa. Na cidade tailandesa de Ranong, os edifícios foram construídos para agregar as andorinhas e, claro, os seus ninhos.

O prédio reproduziu o seu habitat as cavernas úmidas das regiões tropicais do sudeste asiático. Um ponto positivo nisso é que ao desenvolver um ninho artificial, as espécies são preservadas da perseguição do caçador. Esse alimento é o segundo mais exótico do mundo, o prato é servido há mais de 400 anos. Outro aspecto interessante e que explica o uso do ninho como alimento é a superlotação da China. A culinária chinesa é bem diversa, cobra assada, ratos, caramujos, carne de cachorro, portanto, criam-se constantemente novas opções para suprir a alimentação da população.

O ninho recebe saliva, umedecido é limpo manualmente para remoer as impurezas, como grama e penas. Após serem colhidos e lavados são vendidos a restaurantes, onde são servidos cozidos em caldo de galinha. Durante o cozimento, os ninhos soltam uma substância que confere textura gelatinosa à sopa. Recebe o nome de “Caviar do Oriente” e é consumida na China e em outros locais do mundo, sendo que os Estados Unidos é o seu maior importador. E aí, encarariam?

Preço

Ninhos de Andorinhas Comestíveis
Ninhos de Andorinhas Comestíveis

Mas o preço é meio salgado, será necessário desembolsar 10 mil dólares por 1 kg de ninho de passarinho.

Esse preço tão caro tem explicação, o ingrediente principal como já ressaltamos é o ninho, eles só podem ser recolhidos 3 vezes ao ano com muito esforço pelos coletores que precisam escalar os perigosos paredões rochosos. O preço do produto é elevado para compensar o risco de vida que os coletores estão sujeitos. Em Hong Kong, o preço de um pratinho da sopa de ninho de passarinho custa entre US$ 30 a US$ 100.

Os ninhos da andorinha asiática são ricos em nutrientes, fortalecem o baço, têm elevados níveis de cálcio, ferro, potássio, magnésio e prometem retardar o envelhecimento. Muitos acreditam que essa iguaria tem também valor medicinal, ajudando a digestão, aumentando a libido, aliviando as crises de asma, melhorando a voz, a concentração e fortalecendo o sistema imunológico.

Fotos de Ninhos de Andorinhas

Gostou desse artigo sobre os ninhos de andorinhas comestíveis? Eu me surpreendi bastante, não imaginava que um alimento assim existia! Sugiro que você deixe sua opinião, sugestão ou exponha alguma dúvida logo abaixo, nós com certeza leremos todos os comentários e responderemos. Saiba também que aqui no blog todo o dia tem conteúdo atualizado sobre o mundo animal. Quero pedir uma última coisa, tá bom? Compartilhe esse conteúdo com os seus amigos! Combinado? Se quiser receber artigos exclusivos no seu e-mail como este post, é só se inscrever em um campo que fica à sua direita na tela.

Aproveite! Até breve!

Um comentário

  1. Adorei o que voce escreveu. Acabei de chegar em Ranong…..e me veio na mente o sabor da sopa de ninho de andorinha que tomei em Hong Kong. O sabor é delicado, doce e inesquecivel. A textura parece macarrão bem molinho. Vou procurar e ver se consigo visitar algum criador. E tbm comprar para fazer para meus amigos provarem.
    Agora fiquei com uma duvida….os ninhos são reutilizados no ano seguinte?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *