Home / Curiosidades / Nicho Ecológico do Cachorro: Ecossistema e Habitat

Nicho Ecológico do Cachorro: Ecossistema e Habitat

Você sabe o que é um nicho ecológico? Em palavras bem simples, nicho ecológico é o papel que um ser vivo tem no ecossistema em que vive. É uma determinada condição onde a espécie, no caso, o cachorro sobrevive no ambiente, ou ecossistema.

Todos os animais possuem um tipo diferente de nicho ecológico. Isso se deve ao fato de que nenhuma espécie do planeta é igual a outra. Podem haver semelhanças, mas nunca igualdade. Um cachorro não é da mesma espécie de um lobo, e vice-versa. Por mais que possam ser parecidos de alguma forma, eles têm meios diferentes de interação no ecossistema natural, com o ambiente e necessitam de coisas diferentes.

Neste artigo vamos falar o nicho ecológico do cachorro, uma espécie domesticada a dezenas, ou centenas de anos, e que vive conosco dentro de nossas casas como nossos melhores amigos. Bora conhecer?

Cachorro Nicho Ecológico
Cachorro Nicho Ecológico

Nicho ecológico: Conhecendo o cachorro

Este mamífero carnívoro já vive conosco a muito tempo. Estamos habituados a tê-los dentro de nossa casa. De certo modo, a nossa casa já se tornou o habitat natural para boa parte dos cachorros que vivem pelo mundo. Ele pertence à família dos canídeos, sendo ele chamado cientificamente de Canis Lupus Familiaris. Segundo algumas pessoas, pesquisadores, o cão pode ser o animal mais antigo já domesticado pelo ser humano.

O nicho ecológico desses animais, a muito tempo, já foi a natureza. O próprio cachorro em si não é uma raça “pura”, uma vez que, seus progenitores lá do início da domesticação, possam ter sido lobos. Estima-se que o ser humano realizou uma espécie de seleção artificial, escolhendo cães que atendiam as características desejáveis. O resultado disso foram as primitivas raças caninas que hoje temos dentro de nossas casas.

Claro que hoje em dia, existem muito mais raças de cachorros do que naquela época, 100.000 anos atrás. Lobos vivem nas florestas, menos as tropicais, em diversas partes do mundo: Egito, EUA, Canadá, México, Groelândia. De todas as raças que existem, estipula-se que a espécie que deu início a domesticação dos canídeos foi o lobo cinzento, encontrado em muitos países.

Nicho ecológico: Cachorro

O habitat do cachorro nos tempos atuais são as casa e apartamentos dos humanos, existindo poucas versões selvagens desse animal. Um dos mais conhecido é o Mabeco, um cão selvagem africano. Passamos anos desenvolvendo diversas formas de levar conforto e sossego para os nossos amigos, de rações nutritivas e fortalecedoras, até mimos como brinquedos, camas confortáveis e casinhas.

O nicho ecológico no cachorro no ambiente doméstico é bem calmo. Isso dependendo das situações onde vive. Em algumas ocasiões, o animal vive solto por grandes áreas, sendo assim um cão de guarda. Neste habitat aberto, o cachorro busca marcar seu território com sua urina, indicando que ali já existe um dono. Cachorros domésticos não possuem predadores, além do ser humano, por viverem mais ao lado dos humanos do que em florestas.

Infelizmente, grande parte dos cachorros, aqui no Brasil, vive abandonado nas ruas das cidades, matas. Nestes casos, os animais podem até ser considerados assilvestrados. Quando na verdade são domésticos, porém vivem soltos na natureza.

Esses animais não são selvagens puramente, foram criados como domésticos e necessitam de ajuda para conseguir alimento. Raramente se vê um cachorro caçar. Seu ecossistema é pura e simplesmente pedra. Muitas vezes, vivem em ecossistemas poluídos, sujos. Impróprios. Novamente levo isso ao exemplo humano.

Cachorro Nicho Ecológico
Cachorro Nicho Ecológico

O habitat do cachorro, em grande parte, é na cidade, ao lado do ser humano. Mas, naturalmente, vivem em habitats de mata. Sempre a procura de uma fonte de água e comida. Como já disse, raramente os cães domésticos caçam, já os que vivem na rua, buscam por animais menores. Seu habitat é onde eles estão, sejam cidade ou em meio a matas e áreas preservadas. Onde possam se esconder e tenha comida.

O nicho ecológico do cachorro no meio selvagem é sobreviver ao mundo. Seu modo de vida é seguir por aí, muitos permanecem em um único lugar, buscam por comida, caçam pequenos animais. Seu modo de vida é básico como o de um cão selvagem. Seus predadores em grande maioria são os humanos. Por muitas vezes somos os culpados pela morte e caça de cachorros, principalmente em países que consomem sua carne.

Suas semelhanças com os lobos veem desde a sua estrutura óssea até os músculos que compõe seu corpo, além de nervos e dentição. Ambos possuem uma cama de pelos dupla encobrindo seu corpo. O nicho ecológico do cachorro quanto aos estímulos do habitat em que vivem são diferentes dos lobos. Os cães não tem, em grande maioria, a necessidade de ações rápidas e momento onde terão de agir com extrema força. Pois, não necessitam em caçar.

Mas, são fortes e resistentes como os lobos. Vivem em torno de 20 anos. Uma curiosidade é que, descrever um cão é quase impossível. você pode descrever um único exemplar de uma determinada espécie. Mas, descrever a raça canina em um todo é impossível, pois, suas variações são tantas que para conseguir você teria de descrever cada raça de cachorro que existe.

Nicho ecológico: Lobos

A espécie mais conhecida é o lobo cinzento. Pode-se dizer que são os parentes mais próximos dos cães domésticos. Eles pertencem à mesma família dos cães. São característicos animais de grande coragem e inteligência. O lobo cinzento tem seu habitat estabelecido na América do Norte, Europa e Ásia. O nicho ecológico do lobo é viver em busca de sobrevivência e, assim como os cachorros, os humanos são responsáveis por boa parte das matanças a esses animais.

Vivem em grandes matilhas compostas por numerosos membros da espécie, sendo liderados por um casal, os alfas. Seu poder de caça é bem grande, conseguindo caçar até um grande alce. São caçadores noturnos excelentes, buscando por alimentos como cervos, esquilos e até camundongos.

Conclusão

Admito que essa foi uma dura pesquisa. E muito do que achei não foi tão agradável. Os cachorros domesticados vivem ao lado dos humanos a séculos. Seus exemplares selvagens como o logo, ou o conhecido cão selvagem, também da família canina, possuem habitats e nichos ecológicos diferentes. Ecossistemas diferentes.

As condições de vida de um cachorro podem ser boas e ruins, é um nicho ecológico que, mesmo sendo a mesma espécie, possui o lado bom, uma vida dentro de uma casa, como os cães domésticos devem ser, e a outra na rua, vivendo, muitas vezes, com fome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *