Home / Curiosidades / Moscas Transmitem Doenças?

Moscas Transmitem Doenças?

As moscas são insetos que possuem várias espécies, e cada espécie possui hábitos, ciclo de vida e características distintas. Com certeza você já se irritou alguma vez com esse inseto, seja na hora de cozinhar, ao comer em algum lugar, e em diversos momentos e locais. Mas, além de se incomodar com elas, muitas pessoas se perguntam se as moscas podem transmitir doenças e se esse inseto causa algum perigo e exige algum tipo de prevenção. Vamos esclarecer essas dúvidas.

A resposta é: Sim! As moscas podem transmitir doenças. Isso pode se dar pelo fato de que as moscas vivem em contato direto com materiais em decomposição, lixos, fezes, e passeiam por lugares que fornecem a elas muitas bactérias diferentes. Essas bactérias são transportadas pelas moscas, sendo assim, elas passam a ser um vetor de diversas doenças.

Mosca
Mosca

Um estudo feito pela Universidade Estadual da Pensilvânia demonstrou que esses pequenos insetos podem transmitir muito mais doenças do que imaginamos, isso foi constatado pela quantidade de bactérias encontradas em algumas moscas – mais de 300 tipos de bactérias entre moscas domésticas e varejeiras.

A lista de incômodos e doenças é grande: Infecções estomacais, intoxicações, miíase humana, micose, tracoma, amigdalite, disenterias, tétano, e, acredite, até pneumonia, segundo os cientistas.

“As pessoas possuíam alguma noção de que as moscas transportavam agentes patogênicos, mas ninguém tinha ideia da dimensão desse fato e da escala em que essas bactérias podem ser transportadas” – Donald Bryant, professor de bioquímica e biologia molecular da PennState University e um dos criadores do estudo com a autoria da Universidade Estadual da Pensilvânia.

Como?

As moscas se alimentam de substâncias solubilizadas e principalmente de bactérias, que melhora o desenvolvimento desse inseto. Alimentam-se ingerindo uma grande variedade de substâncias animais e vegetais, principalmente as açucaradas. Antes de ingerir o alimento, depositam uma gota de saliva sobre ele para dissolver o mesmo, e em seguida o sugam. Elas carregam bactérias vivas dentro de si, por isso, no momento que pousam em um alimento e decidem ingerir, ao depositar a saliva depositam também essas bactérias.

As moscas também carregam essas bactérias em seus corpos, assim, durante os movimentos ou ao pousar sobre o corpo humano podem liberar essas substâncias patogênicas.

Elas vivem por quanto tempo? Como é o ciclo biológico? 

Os ovos das moscas possuem coloração branca e são de formato alongado, medem em média menos do que 1 mm. São  colocados, em média, 75 até 170 ovos por vez, totalizando o número de 500 a 800 ovos, e estes são colocados sobre qualquer matéria orgânica que possui processo de fermentação, como o lixo, fezes e afins.

As fêmeas depositam os seus ovos em criadouros, esses são encontrados através de órgãos do olfato que estão situados nas antes, e são muito eficientes, se posicionando de tal forma que os ovos são colocados perfeitamente e estrategicamente nos lugares mais úmidos e sob a sombra. Em torno de 24 horas, as larvas originadas do primeiro estágio eclodem, e seguem por mais dois outros estágios, que duram cerca de 5 a 8 dias, entretanto, no decorrer do inverno, o desenvolvimento das larvas pode se prolongar por diversas semanas.

As moscas adultas possuem um ciclo de vida com a média de 30 dias. Este inseto é atraído e conduzido por odores distintos, podendo voar aproximadamente 1.000 a 3.000 metros em um período de 24 horas.

É possível evitar um contágio?

É completamente possível evitar um contágio de doenças transmitidas pelas moscas. Alguns cuidados são?

  • Não acumular lixos em casa

Algumas pessoas possuem o hábito de ir acumulando os lixos até o dia de colocá-los para fora. EVITE! Feche bem as sacolas de lixo e não acumule em casa. Isso manterá as moscas mais longe.

  • Lavar as lixeiras de casa

Manter a higiene dos recipientes onde os lixos são depositados é essencial. Mesmo que se coloque sanitos sobre eles, é importante lavar o fundo com água sanitária ou cloro, ao menos uma vez por semana.

  • Manter alimentos dentro de vasilhas, com tampas.

Não deixe alimentos expostos. Coloque em vasilhas e locais que possuem tampas, desde que essas vedem bem o alimento, sem deixar espaço para as moscas entrarem.

Alimento em vasilha
Alimento em vasilha
  • Não coma alimentos que ficaram expostos

E se, de alguma maneira, um alimento ficou muito exposto e possivelmente moscas pousaram sobre eles, haja da seguinte forma: Não coma. Dessa forma você estará evitando diversas doenças e desconfortos que o alimento pode causar.

  • Redes e Telas

Essa é uma dica de ouro! A casa que possui telas nas portas e janelas é uma casa sem moscas. E não apenas moscas, mas essa é uma forma de evitar pernilongos e outros insetos que podem incomodar e prejudicar a saúde da família.

  • Rede mosquiteira para dormir

Principalmente para quem não possui telas nas janelas e possui crianças em casa, é uma ótima forma de proteção contra moscas e insetos no geral.

Utilizando essas dicas é totalmente possível manter as moscas longe de casa, mas também precisamos ter uma consciência coletiva, lembrar de remover as fezes dos pets ao passear com eles em locais públicos, fazer escolhas sustentáveis, e evitar jogar lixos e entulhos nas ruas. Ao se alimentar em lanchonetes e restaurantes também é importante prestarmos atenção a higiene do local, e conferir se o estabelecimento possui uma licença da vigilância sanitária. Dessa forma, evitamos o contágio próprio, e também surtos de doenças transmitidas através pelas moscas e por outros insetos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *