Home / Curiosidades / Lobo Cinzento: Alimentação e Reprodução

Lobo Cinzento: Alimentação e Reprodução

O lobo cinzento ( Canis lupus) é o maior membro da família Canidae (cão), com uma extensão que se estende pelo Alasca e partes de Michigan, Wisconsin, Montana, Idaho, Oregon e Wyoming. Lobos cinzentos compartilham sua ancestralidade com cães domésticos, coiotes e cães selvagens, como dingoes.

Os cientistas consideram o lobo cinzento a espécie da qual a maioria das outras subespécies evoluiu. O lobo cinzento é classificado como parte do reino Animalia, ordem Carnivora, família Canidae e a subfamília Caninae, parece um pouco complicado né? Mas eu farei você entender tudo isso ao decorrer desse artigo.

Detalhadamente

Lobos cinzentos se parecem muito com grandes cães pastores alemães, com orelhas pontudas e caudas longas, espessas e com pontas pretas. As cores dos pêlos desse lobo variam de branco a cinza, de marrom a preto; a maioria tem uma mistura de cores com manchas faciais e laterais bronzeadas. Os lobos do norte são geralmente maiores que os do sul, e os machos geralmente são maiores que as fêmeas.

Lobo Cinzento
Lobo Cinzento

Habitat

Lobos cinzentos já foram encontrados em grande número no Hemisfério Norte – na Europa, Ásia e América do Norte. Em um momento ou outro, os lobos cinzentos atravessavam quase todos os tipos de ambientes encontrados ao norte do equador, desde os desertos à tundra, mas eram caçados até quase a extinção, onde quer que fossem encontrados.

Nos ecossistemas em que habitam, os lobos são uma espécie fundamental: eles exercem uma grande influência sobre o meio ambiente, apesar da baixa abundância. Os lobos cinzentos exercem controle sobre suas espécies de presas, alterando o número e o comportamento de grandes herbívoros como o cervo (que agora é abundante em muitos lugares), afetando até mesmo a vegetação. Por causa desse importante papel, os lobos ocupam um lugar central nos  projetos de caça.

O lobo cinzento é uma espécie extremamente adaptável e é uma daquelas espécies animais que sobreviveram à última era glacial. As características físicas do lobo cinza permitiram que ele se adaptasse rapidamente às duras condições da era do gelo, e sua astúcia e adaptação ajudaram a sobreviver no ambiente em mudança. Incrível, não é mesmo?

Alimentação

Como de costume, os famosos lobos cinzentos tipicamente atacam grandes ungulados (mamíferos com cascos), como veados, alces , alces e caribu. Lobos cinzentos também comem mamíferos menores, como lebres e castores, além de peixes, pássaros, lagartos, cobras e frutas. Esses lobos também são catadores e comem a carne de animais mortos por outros predadores, por veículos a motor e assim por diante.

Quando os lobos encontram comida suficiente ou caçam com sucesso, comem o suficiente. Um único lobo pode consumir até 20 quilos de carne em uma única alimentação, acho que por essa você não esperava.

Comportamento

O comportamento dos lobos cinzentos podem ser resumidos como animais sociais. Eles costumam viver e caçar em grupos de seis a 10 membros e geralmente variam por longas distâncias – até 20 quilômetros ou mais – em um único dia. Normalmente, vários membros de uma matilha de lobos caçam juntos, cooperando para perseguir e derrubar grandes presas.

As matilhas de lobos seguem uma hierarquia estrita, com um macho e uma fêmea dominantes no topo. Os machos e fêmeas alfa são geralmente os únicos dois lobos do grupo que se reproduzem. Todos os lobos adultos da matilha ajudam a cuidar dos filhotes, trazendo comida, instruindo-os e protegendo-os de danos.

Comunicação

Os lobos cinzentos têm um sistema complexo de comunicação que inclui uma grande variedade de latidos, lamentos, rosnados e uivos. Seu uivo icônico e lendário é uma das maneiras pelas quais os lobos cinzentos se comunicam. Um lobo solitário pode uivar para atrair a atenção de sua matilha, enquanto lobos na mesma matilha podem uivar juntos para estabelecer seu território e declará-lo para outras matilhas de lobo. Uivar também pode ser de confronto ou pode simplesmente ser uma chamada de resposta aos uivos de outros lobos próximos.

Reprodução

A maioria dos lobos acasala por toda a vida, reproduzindo-se uma vez por ano entre janeiro e março (ou mais cedo no sul). O período de gestação é de cerca de 63 dias; lobos cinzentos geralmente dão à luz entre quatro e seis filhotes.

As mães lobo dão à luz em um covil (normalmente uma toca ou caverna), onde podem supervisionar o bem-estar de filhotes pequenos que nascem cegos e pesam apenas um quilo. (Isso mesmo, quando nascem os lobos não enxergam). Ela moverá os filhotes várias vezes durante os primeiros meses de suas vidas. Para alimentar seus filhotes, os lobos regurgitam sua comida até que os filhotes tenham idade suficiente para administrar a carne por conta própria.

Os lobos cinzentos jovens ficam com o seu pacote natal até os três anos de idade. Nesse ponto, eles tomam a decisão de ficar com sua matilha ou atacar por conta própria.

Estado de conservação: Quem ajudou? E como está atualmente?

Como assim, conservação? Calma, irei te explicar. Os lobos cinzentos têm um status de conservação de Menos Preocupação, o que significa que há uma população grande e estável. Os lobos foram reintroduzidos com sucesso no Parque Nacional de Yellowstone e em partes de Idaho em 1995. Eles foram naturalmente recolonizando partes de sua antiga gama, mudando-se para Washington e Oregon.

Em 2011, um lobo macho solitário chegou à Califórnia. Agora há um pacote de residentes lá. Na região dos Grandes Lagos, os lobos cinzentos estão prosperando em Minnesota, Michigan e agora em Wisconsin. Um dos desafios da expansão das populações de lobos cinzentos é que as pessoas continuam a temer lobos, muitos fazendeiros e fazendeiros consideram os lobos cinzentos uma ameaça ao gado, e os caçadores querem que o governo declare a temporada aberta de lobos cinzentos para impedi-los de caçar animais de caça, como veados, alces e alces.

Em meados da década de 1930, a maioria dos lobos cinzentos nos Estados Unidos havia sido morta. Hoje, a faixa norte-americana do lobo cinza foi reduzida para o Canadá e partes do Alasca, Idaho, Michigan, Minnesota, Montana, Oregon, Utah, Washington, Wisconsin e Wyoming. Lobos mexicanos, uma subespécie de lobo cinza, são encontrados no Novo México e no Arizona.

Relação dos Lobos cinzentos e seres humanos

Lobos e seres humanos têm uma longa história contraditória. Embora os lobos raramente atacem os seres humanos, eles são predadores no topo da cadeia alimentar. Como resultado, eles frequentemente estão em conflito, pois os habitats declinam e os lobos se tornam mais propensos a atacar os animais.

Os sentimentos negativos em relação aos lobos foram nutridos ao longo dos séculos através da cultura popular. Contos de fadas como “Chapeuzinho Vermelho” representam lobos como predadores cruéis; essas representações negativas tornam muito difícil apresentar os lobos como uma espécie a ser protegida.

Apesar das interações negativas, os lobos também são vistos como símbolos de força e ícones do deserto. Essa pode ser uma das razões pelas quais há um interesse crescente em manter lobos ou híbridos de lobo/ cachorro como animais de estimação – uma prática que raramente é bem-sucedida para o animal ou seu dono.

Conclusão

Agora você já sabe de todos os detalhes sobre a vida do lobo cinzento, sua alimentação e como funciona a sua reprodução.

Não esqueça de compartilhar esse artigo com aquele seu amigo que você sabe que ama saber mais detalhes sobre a vida dos lobos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *