Home / Curiosidades / Lesmas: Curiosidades, Tamanho E Espécies

Lesmas: Curiosidades, Tamanho E Espécies

Você já viu uma lesma de perto? São animais que podem causar uma certa estranheza para quem se depara com elas. Hoje falaremos um pouco mais sobre as características, curiosidades e outras particularidades que estes pequenos apresentam.

As Lesmas Para Leigos

As lesmas são, na verdade, moluscos da sub ordem Stylommatophora. São de pequeno porte e possuem a respiração cutânea. A respiração cutânea é realizada por animais que não apresentam estrutura específica para a troca gasosa e fazem essa liberação e absorção de gases pela própria pele.

As lesmas possuem um corpo compacto, por assim dizer, constituído pelo manto, o pé, a cabeça e tentáculos ópticos e sensoriais. São animais que realizam a sua locomoção sobre seu próprio abdômen.

Em diferentes culturas estes pequenos animais são vistos com ódio, principalmente por parte dos agricultores uma vez que sorrateiramente durante a noite se alimentam de plantações. Sua alimentação é composta por uma variedade muito grande de folhas, vegetais e plantas das mais diversas.

Lesmas
Lesmas

A presença da lesma pode facilmente ser identificada quando encontrado um tipo de muco no chão, que denota a locomoção deste molusco. Uma curiosidade acerca da lesma é que a mesma é sensível à desidratação e algumas espécies são ainda sensíveis à luz. Como sensíveis que são a desidratação as lesmas podem morrer simplesmente pelo ato de jogarmos sal nela, o que convenhamos é algo totalmente cruel de ser feito. Para curiosos em química isso acontece devido à capacidade do cloreto de sódio de atrair água, o que leva este molusco a, digamos assim, derreter.

Tipos De Lesmas

As lesmas são descendentes dos caramujos que com o passar do tempo devido a mudanças fisiológicas e adaptativas tem perdido ou reduzido as suas conchas. Embora aparentemente sejam tidas como animais similares, um grupo de lesmas não está diretamente relacionado com outro grupo mesmo que aparente ser similar. As lesmas possuem uma aparência similar entre os diferentes grupos, mas muitas vezes não apresentam nem mesmo uma relação próxima.

O termo vulgar lesma é comumente utilizado para generalizar os moluscos terrestres que possuem a respiração aerea e o conceito lesma do mar para as espécies marinhas, sendo estes os dois principais grupos que possuímos.

Curiosidades Deste Molusco

As lesmas podem sofrer uma rotação de cento e oitenta graus durante o seu desenvolvimento, mais precisamente durante o desenvolvimento da massa encefálica deste molusco. Aparentemente esse processo de torção não é visível em seus corpos assimétricos, contudo em seu interior a torção deixa suas marcas e é possível identificar quando esta ocorre.

As lesmas terrestres, como comentamos anteriormente, são animais que vivem reclusos em locais de temperaturas amenas e úmidas. Quando o tempo aparenta estar seco demais estes moluscos permanecem em seus abrigos longe da exposição.

Outra curiosidade em relação às lesmas é que as mesmas são hermafroditas, ou seja, cada indivíduo apresenta particularidades de ambos os sexos, tanto masculino quanto feminino. Quando ocorre de encontrar um parceiro para realizar a reprodução, as lesmas liberam espermatozoides em torno uma da outra. Passados alguns dias ambas as lesmas colocam cerca de trinta ovos em um local escondido, como dentro de troncos ocos e correlatos.

Para quem pensa que as lesmas não possuem predadores, estes moluscos possuem uma lista até que grande, dentre eles, podemos citar, as rãs, sapos, cobras, ouriços, tartarugas, salamandras, ratos, pássaros e besouros.

Lesmas e Caracóis
Lesmas e Caracóis

Você Acha As Lesmas Inofensivas?

Defendemos que matar as lesmas com sal é cruel, mas é preciso destacarmos que estes moluscos são perigosos para nós seres humanos, podendo transmitir uma série de doenças com manifestações tanto físicas quanto neurológicas.

Caso você tenha lesmas em seu quintal ou jardim procure por profissionais que trabalham com dedetização e em hipótese alguma, toque nas mesmas. Não importa se o animal está morto ou não, as lesmas são hospedeiras de uma vírus transmitido a elas pelos ratos e que passa a nós pelo muco produzido e este muco está presente mesmo que o animal esteja morto ou vivo.

Quando passada a nós seres humanos essa patologia apresenta os seguintes sintomas de ordem física: dor na nuca, dores de cabeça, dores musculares e uma dor similar a dor de apendicite. De ordem neurológica temos a manifestação da paralisia facial. Embora seja considerada uma doença grave os números de mortos não é alto.

As Lesmas Podem Ser Consideradas Pragas?

Mesmo que tenhamos denotado que as lesmas podem transmitir doenças para nós, é preciso antes  que a mesma seja infectada pelo vírus que é transmitido a elas por meio do contato com ratos. Assim podemos afirmar que de modo geral, quando não infectadas, estes moluscos são inofensivos a nós seres humanos, sendo tidas como pragas apenas para os agricultores uma vez que podem destruir até mesmo grandes plantações. Isso acontece porque as lesmas podem consumir uma planta ou fruto muito mais rapidamente do que a mesma pode acabar crescendo. Quando não leva a plantação a morte pode acabar comprometendo a comercialização da colheita principalmente do ponto de vista estético. E estas lesmas são animais muito comilões, podendo em apenas uma noite, comer o dobro do seu peso.

Se você desconfia que a sua plantação ou mesmo o seu jardim tem sido vítima das lesmas que visitam o local durante a noite devido a sua sensibilidade a luz, uma dica de ouro é observar se há rastros mucosos que denotam a locomoção deste molusco.

Outras Informações Interessantes

Uma lesma terrestre pode chegar a medir pouco mais de trinta centímetros, enquanto uma espécie marinha pode passar de um metro de comprimento e pesar mais de quinze quilos. Imagina a quantidade de alimento para saciar esta espécie marinha? Outra curiosidade interessante é que as lesmas podem se esticar em até vinte vezes o seu tamanho para passarem em locais de difícil acesso em busca de alimento.

No Brasil podemos encontrar duas famílias, ou grupos distintos de lesmas, as lesmas brasileiras que apresentam uma aparência mais achatada em relação ao chão e as lesmas europeias que possuem a aparência mais cilíndrica e ao que tudo indica chegaram ao nosso país na época do descobrimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *