Home / Curiosidades / Furões: Curiosidades, Fotos, Tamanho E Peso

Furões: Curiosidades, Fotos, Tamanho E Peso

Os furões são animais muito apreciados como pets ao redor de todo o mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, é o terceiro animal mais comercializado como pet de estimação, perdendo apenas para o gato e o cachorro respectivamente que de fato são uma unanimidade entre nós seres humanos. Vamos conhecer um pouco mais sobre este curioso animal?

Breve Apresentação: O Furão

O furão é um animal que por vezes acaba sendo erroneamente confundido como roedor quando na verdade é caracterizado como um mamífero carnívoro da família Mustelidae, a mesma das famosas lontras e dos texugos. Seu nome científico é Mustela Putorius Furo.

São animais de porte pequeno que podem chegar a medir sessenta centímetros mas costumeiramente ficam abaixo disso por volta dos trinta e cinco a quarenta centímetros. Seu peso varia igualmente dentre quatrocentas gramas (que é o mínimo esperado) a um quilo e cem gramas aproximadamente.

Seu corpo é longo e esguio, com patas cada qual com cinco dedos. Sua cauda é igualmente longa e peluda. Por falarmos em peluda, sua pelagem é densa e bem espessa.

Seu focinho é curto e arredondado, seus olhos são pequenos e ágeis, assim como suas mãos e boca. Quanto à boca aliás possui uma dentição afiada que pode causar estragos como bons carnívoros que são.

Quanto a sua domesticação, temos aí a primeira curiosidade referente à sua espécie que merece um tópico único.

Furão
Furão 

Domesticação Do Furo E Outras Curiosidades Da Espécie

O furão é um animal que a sua domesticação teria início em meados de mil e quinhentos e não se tem ao certo uma ideia precisa de como teria ocorrido. Ao que tudo indica o início da domesticação do furão teria surgido a partir de europeus terem presenciado o hábito dos egípcios de manterem gatos como formas de se protegerem da ação de roedores que consumiam seus cereais.

A partir de então os europeus teriam domesticado animais de porte similar e igualmente carnívoros para agirem de modo a combater a população de roedores e o seu consumo de cereal destes povos.

Ainda de acordo com estes estudos o furão doméstico que conhecemos seria resultado da domesticação do tourão (Mustela putorius) ou possivelmente da doninha das estepes (Mustela everanni).

Há registros, entretanto, que evidenciam que talvez o furão seja resultado do cruzamento híbrido destas duas espécies. Infelizmente não é possível determinar como teria surgido, apenas que a prática é antiga e que atualmente este animal apresenta inúmeras utilidades para nós seres humanos que vão muito além de um simples animal de estimação.

Atividades Com Seres Humanos

Possivelmente a questão mais curiosa envolvendo esta espécie seja justamente a sua relação com os seres humanos. Um dos usos mais conhecidos do furão é na identificação de substâncias ilícitas em bagagem em grandes aeroportos mundo a fora. Achou que isso era função apenas de cães farejadores? Pois os furões desenvolvem um ótimo trabalho com seu olfato bem desenvolvido.

Outra atividade que realizam devido ao seu corpo extremamente flexível é na montagem de máquinas e principalmente aeronaves onde estes animais realizam a passagem de cabos em orifícios muito pequenos.

Como se já não tivessem trabalhos curiosos o bastante estes animais ainda são utilizados para encurralar coelhos para vacinação em criações.

Animais Muito Dorminhocos Estes Tais Furões

Os furões são animais de hábitos crepusculares sendo mais ativos durante o amanhecer e também no final da tarde. Apesar de muito ativos e curiosos quando despertos estes animais costumam dormir muito, podendo estar em sono profundo por mais de dezoito horas por dia.

Quando despertam, entretanto, são extremante curiosos e gostam de olhar atentamente a área onde estão, sendo ótimos vigias.

Furão
Furão

Curioso Pet De Estimação E Sem Medo Do Perigo

Como comentamos inicialmente são muito apreciados como pets ao redor do mundo, entretanto, no caso do Brasil é preciso autorização especial para criá-lo de maneira legalizada. Esta autorização é emitida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) uma vez que aqui é tido como animal exótico de criação regulamentada.

Como animais de estimação tem uma capacidade de aprendizado incrível que os assemelham muito aos gatos. Com um pouco de treinamento e paciência de seu tutor podem facilmente acabar realizando suas necessidades fisiológicas em uma caixa de areia, similarmente ao felinos. Ainda em relação a ter o furão como animal de estimação é necessário mantê-los longe de cabos e fios visto que podem simplesmente partir para o ataque e acabar com a fiação de seus eletrônicos em poucos minutos.

Por falarmos em eletrônicos e o perigo de um choque elétrico ao mastigar um fio como este, se você estiver pensando em adquirir um furão é preciso saber que ele realmente não possui medo algum, podendo incidir em situações de perigo real sem nem mesmo se darem conta.

Sociáveis, Monogâmicas E Brincalhões

Os furões domésticos são animais muito sociáveis quando encontram outros furões e costumam inclusive brincar muito com eles. Em relação aos cães de convívio doméstico não é muito indicado que o furão brinque com cães de raça principalmente raças relacionadas à caça que podem acabar ferindo seriamente o animal em meio a uma brincadeira ou outra.

No caso de gatos são vistos socializando com extrema facilidade, tornando-se amigos dos felinos. Roedores e coelhos entretanto não fazem parte do seu leque de amizade uma vez que são suas presas naturais. Neste sentido evite o contato principalmente sem vigilância.

Uma curiosidade interessante em relação a estes animais é que os furões machos na natureza podem acasalar várias fêmeas, mas podem ser considerados animais monogâmicas quando domesticados visto que podem formar um casal e manter relações somente entre si. Tanto é que nestes casos com a morte de um dos animais o outro tende a morrer em poucos dias de solidão.

Se você está desejando criar um furão é indicado que tenha muito tempo livre para se dedicar a brincadeiras e para dar atenção ao seu animalzinho, apesar de dormirem muito, quando despertos necessitam de atenção especial por parte de seus tutores. Curiosamente eles auxiliam muito nas atividades no jardim, sendo inclusive uma atividade muito prazerosa para estes animais, mas é sempre fundamental manter a vigilância constante sobre o furão, tanto em casa como fora dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *