Home / Curiosidades / Diferença de Ariranha e Lontra com Fotos

Diferença de Ariranha e Lontra com Fotos

A princípio quando vemos fotos de ariranhas e lontras, elas se diferenciam levemente na aparência, enquanto as ariranhas têm a aparência mais peculiar, as lontras são mais fofas. Ademais, as ariranhas são as maiores no quesito comprimento da subfamília lutrinae, mesma subfamília que pertencem tanto as lontras quanto as ariranhas, não a toa também são conhecidas como lontras gigantes.

Ariranha e Lontra
Ariranha e Lontra

Aparência E Nomeações Ariranha E Lontra

Ainda sobre as nomeações sob as quais são conhecidas, também há o lobo do rio ou cachorro d’Água, especialmente na Espanha. O que podemos dizer que é um apelido justo, já que realmente ao olharmos suas fotos, elas realmente remetem a aparência destes dois animais. Quanto ao significado do nome pelo qual é mais conhecida, ariranha, é traduzido como onça d’Água e aí está mais um animal que as ariranhas podem se parecer para algumas pessoas.

As ariranhas podem atingir até os dois metros de comprimento. Quanto a dimorfismo sexual, os machos são mais pesados em seu porte comparados as fêmeas e podem chegar a pesar trinta e quatro quilos. Já no quesito peso, a espécie lontra marinha ganha o topo do posto.

Membranas E A Pele Destes Animais

Aparências a parte, para a biologia, o que mais diferencia as ariranhas das lontras são as suas morfologias e comportamentos. Características que vamos lhes apresentar objetivamente abaixo, mas com o decorrer do texto, também será possível perceber como são parecidas além de diferentes, que é o foco principal.

Ainda sobre as suas aparências, o que as mais caracterizam a princípio são seus dedos interligados por membranas lhes dando a capacidade de nadar sob as águas típicas dos seus habitats já que são marinhas. Esta característica somado ao seus corpos hidrodinâmicos as permitem que nadem em alta velocidade, de até doze quilômetros por hora e fiquem imersas por até seis minutos embaixo da água.

Sua pele também é totalmente adaptada a sua forma de vida, mais especificamente têm duas camadas de peles, a externa que é impermeável, não permitindo a absorção da água e consequentemente auxiliando nas suas performances de natação e a segunda camada, que possui um isolamento térmico, lhes protegendo em dias quentes e especialmente em dias frios, em que as águas ficam ainda mais geladas que a temperatura fora delas.

Caça, Poluição, Desmatamento E Extinção

Por estas características suas caças já foram muito praticadas para a comercialização da sua pele, para a produção especialmente de casacos e de chapéus, hábito fomentado até mesmo pelos próprios indígenas. Caça exacerbada esta que foi mais amenizada no Brasil com legislação para a preservação das espécies. Apesar da caça ter diminuído com esta medida, atualmente tanto a lontra quanto a ariranha se encontram em ameaça de extinção.

A população de lontra é muito mais espalhada pelo mundo comparada a população de ariranha. A primeira habita o Brasil, a Argentina, a Europa, a Ásia e a África. Já a segunda, o Brasil, o Peru e a Guiana. Mais especificamente, o habitat das duas espécies, previsível como marinhas que são, são regiões litorais, como rios e lagos, no caso da ariranha o pantanal e o rio amazonas quando falamos do Brasil.

Para você se aproximar mais quanto a sua classificação do seu estado de risco de extinção, antes as ariranhas eram habitantes de quase todos os rios tropicais e subtropicais da América do Sul e atualmente não habitam nem oitenta porcento disto.

Habitat E Alimentação Da Ararinha E Da Lontra

Nestes habitats, como carnívoras que são, as lontras se alimentam de peixes, crustáceos, moluscos e de forma mais carnívora,de répteis, de aves e até mesmo de pequenos animais mamíferos.

Já a base da alimentação da ariranha também são os peixes, ademais, piranhas e trairás e em épocas mais escassas recorrem às cobras como as mais pequenas sucuris e até mesmo os jacarés. Inclusive, mais um dos fatores que levam ao seu risco de extinção é a poluição dos rios, que é passada para os peixes e consequentemente para estes animais que estão no topo da lista da cadeia alimentar.

Outro fator, mais comum no caso da classificação de extinção de outros animais também, é o desmatamento do seu habitat, que atrapalha todo o ciclo natural do ecossistema. Em seus habitats, elas têm o hábito de caçar durante a noite e descansar durante o dia, como animais noturnas que são.

Comportamento E A Dinâmica De Reprodução

Agora vamos ao que mais as diferenciam, seus comportamentos. As ariranhas convivem em grupos de até dez indivíduos de ambos os sexos, adultos e filhotes, em que somente a fêmea dominante reproduz. Já as lontras convivem em grupos composta de fêmeas e filhotes em que os machos só socializam para a reprodução. Ambas as espécies têm o período gestacional de cerca de dois meses e geram de um a cinco filhotes por reprodução.

Quando amadurecem, as lontras medem cerca de cinquenta e cinco a cento e vinte centímetros de comprimento junto a sua longa cauda e pesam aproximadamente trinta e quatro quilos, como a ariranha no caso do peso. Ainda sobre a reprodução da ariranha, os filhotes permanecem protegidos por todo o grupo em tocas pelo período de três meses. O grupo também é  responsável pela sua caça e alimentação neste período em que são dependentes. Após esta fase, ainda permanecem com o grupo até atingirem a maturidade sexual, que se dá com cerca de dois ou três anos de vida. Após este tempo, se desapegam do grupo e vão atrás de construir um novo próprio.

Ariranha e Lontra
Ariranha e Lontra

Há o registro de ariranhas que viveram até dezessete anos em cativeiro, é a média da sua expectativa de vida. Curiosamente há também o registro de ataques de ariranhas a um homem o levando a morte. Basicamente, a história é que um menino jovem caiu no habitat das ariranhas em um zoológico, tentando o salvar o homem atacado se jogou. O objetivo do homem foi alcançado e o jovem menino foi salvo. O problema é que o homem levou tantas mordidas que acabou adquirindo uma infecção generalizada. Lembrando que as ariranhas só o atacaram porque se sentiram ameaçadas, como se o homem fosse as atacar, não tivessem fuga e a única solução fosse o atacar primeiro para a sua sobrevivência. Normalmente ariranhas e lontras não são ameaças para humanos, pois mesmo sendo carnívoras, há relatos de docilidade dos animais quando em contato com ser o humano.

Características das Lontras e Ariranhas

As lontras-do-mar, como o nome sugere, são animais marinhos e vivem ao largo das costas do Oceano Pacífico norte e leste. Esses animais passam a maior parte do tempo na água, mas também podem se deslocar na terra. Esses animais são o menor dos animais marinhos e já foram caçados quase ao ponto de extinção.

As lontras pertencem à família das doninhas Mustelidae. Eles pesam entre 30 e 100 libras. Eles são cobertos com pelos grossos, predominantemente marrons escuros, mas às vezes podem ser pretos ou cinza prateados. A coloração das lontras-marinhas adultas tende a ser mais clara na cabeça, na garganta e no peito.

Mas, você sabe qual a diferença entre a lontra e ariranha? Se ainda não sabe se prepare, pois neste artigo separei todas as principais diferenças. Confira!

Lontras: Um animal mais adorável

As lontras-do-mar têm patas traseiras longas, planas e com membranas que eles usam para nadar. Suas patas dianteiras são usadas para encontrar presas na água escura e escura, com seus bigodes ajudando-os nessa tarefa. Suas caudas musculares, curtas e grossas, as conduzem como um leme ao nadar e ajudam no equilíbrio em terra.

A saúde de muitas outras espécies é determinada pela saúde da população de lontras marinhas, tornando-as uma espécie fundamental. Sua dieta consiste principalmente de mariscos e outros invertebrados marinhos, como mexilhões, amêijoas, caracóis, abalone e ouriços do mar.

Lontras: Pelos resistentes

As lontras do mar não possuíam a espessa camada de gordura de baleia comum à maioria dos outros mamíferos marinhos e eram necessárias para o isolamento contra as águas frias. Em vez disso, eles têm casacos de pele muito grossos. De fato, esse Pelo é o mais abundante entre todos os animais da Terra. A lontra tem longos pelos à prova d’água, que ficam sobre uma camada de pelo curto que isola o corpo das lontras marinhas.  A condição e a limpeza desse pelo são essenciais para garantir o calor e, portanto, as lontras do mar são meticulosas quanto à higiene. Para facilitar isso, elas têm pele frouxa e são flexíveis, para que possam alcançar o pelo em todas as partes do corpo.

Lontras
Lontras

Lontras: Sabem nadar muito bem

As lontras-do-mar são nadadoras fortes e experientes, e manobram-se com facilidade na água, usando os pés e a cauda habilmente. As lontras marinhas são aerodinâmicas e elegantes e podem atingir velocidades de até 10 quilômetros por hora. Quando estão na superfície da água, as lontras gostam de flutuar de costas, balançando as caudas e os pés de um lado para o outro para se movimentar. O ar preso no pelo grosso de seus casacos, associado a uma incrível capacidade pulmonar (cerca de 2,5 vezes mais do que qualquer outro mamífero do mesmo tamanho), torna a lontra marinha muito dinâmica.

Lontras: Gostam de relaxar

Como já mencionado, as lontras marinhas e as Ariranhas são membros da família das doninhas que, talvez surpreendentemente, também incluam texugos, visons, carcaças, gambás e, é claro, doninhas. As lontras passam a maior parte do tempo na água, subindo ocasionalmente em terra, mas as Ariranhas permanecem em terra a maior parte do tempo e nadam para encontrar presas. A marcha das lontras em terra é um tanto desajeitada, mas as lontras podem correr pequenas distâncias em alta velocidade.

Ariranhas: Grupos familiares

As famosas Ariranhas tendem a permanecer em pequenos grupos familiares. Os dois tipos são de aparência semelhante, ambos com casacos grossos e longas caudas musculares, e ambos têm pés palmados. A maneira certa de diferenciar os dois é o fato de que na superfície das águas as lontras de rio nadam com a barriga voltada para baixo, seus corpos quase submersos, mas as Ariranhas costumam nadar de costas enquanto flutuam bastante acima da superfície da água.

Diferenças de Tamanho

Uma coisa que muitas pessoas não percebem é o quanto as lontras maiores são comparadas às Ariranhas. As lontras fêmeas na região da Califórnia podem pesar até 30kg, enquanto os machos podem pesar até 40kg. Se você viajar mais para o norte, para áreas como a costa do Alasca , poderá encontrar machos com peso de até 60kg! As lontras de rio são mais pequenas. Enquanto as fêmeas são igualmente muito menores do que os machos de 10 a 20kg, as Ariranhas machos atingem apenas um peso máximo de cerca de 35kg libras.

Ariranhas
Ariranhas

Características distintas

As lontras-do-mar não são apenas mais pesadas que as Ariranhas – o pelo também é bastante distinguível. Se você olhar atentamente para as lontras, notará que elas têm pêlos curtos e grossos, compostos de duas camadas: uma para mantê-las aquecidas e outra ‘impermeável’ fora dela. As Ariranhas têm o pelo mais denso de todo o reino animal, com até um milhão de cabelos cobrindo cada centímetro quadrado do corpo.

Ambos os tipos animais precisam de seus casacos para formar uma camada de isolamento que retém o ar para mantê-los aquecidos, e certamente precisam disso quando mergulham em temperaturas frias que geralmente estão entre 35 ° e 60 ° (e até mais baixas do que isso).

Estilo de nadar diferenciado

Embora os membros de ambos os subtipos gostem de nadar, os comportamentos de natação em que se envolvem são bastante distintos. Encontrada na água salgada e na água doce, uma Ariranha relaxa nas margens do rio e nada de barriga para baixo, mantendo a maior parte do corpo submersa na água.

As lontras do mar, por outro lado, são encontradas apenas na água salgada e raramente vão para a terra. Eles até têm o adorável hábito de flutuar de costas, mesmo enquanto comem, e são conhecidos por dar as mãos uns aos outros enquanto dormem, para que não se afastem dos amigos!

Seus mecanismos de natação também são um pouco diferentes. Embora as lontras marinhas usem seus dois pés traseiros e cauda com membranas para impulsioná-los através da água, os quatro pés com membranas das Ariranhas são o que lhes permite nadar com eficiência. Finalmente, as lontras podem mergulhar a cerca de 15 metros de profundidade, enquanto as aranhas, notavelmente, podem mergulhar a várias centenas de pés para procurar comida.

Conclusão

Gostou desse artigo? Está esperando o quê pra compartilhar com aquele seu amigo que é fã dos animais também? Espero que você tenha gostado de todas essas informações e principalmente sobre as diferenças apresentadas sobre as lontras e Ariranhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *