Home / Curiosidades / Curiosidades Sobre Os Flamingos

Curiosidades Sobre Os Flamingos

Antes de uma nova onda de moda surgir, o flamingo não era um animal assim tão notoriamente conhecido por todos nós. Talvez entre os amantes de animais que o conhecem o achassem gracioso, mas a maioria das pessoas não os conheciam e o nome flamingo era uma vasto campo para imaginação de como este animal seria.

Hoje, após uma avalanche de produtos da indústria cíclica da moda que utilizaram como estampa estes adoráveis animais em praticamente todos os seus produtos (bolsas, ecobags, pratos, copos e inúmeros outros) é uma missão quase impossível hoje encontrar alguém que ao menos de vista (aquela assimilação entre nome e imagem) não os conheçam.

Flamingos
Flamingos

Conhecer desta forma pode ser um conhecimento de forma generalizada, transmitida do senso comum e às vezes pouco verídica. Por conta destes animais terem se tornado uma verdadeira febre falaremos neste post sobre eles para além das glamourosas e requintadas estampas em que estão presentes.

Quem tem o prazer de conhecer, ou melhor ver um flamingo de perto poderia definir a sensação como única e inexplicável, considerando o animal um verdadeiro encanto. São aves grandes, pomposas, com altura média de até um metro e meio. Apresentam uma coloração estupenda, um avermelhado com variável para o rosa. A cauda curta, um longo pescoço e um bico com um tom rajado de preto a completar a sua beleza singular. Se você se encanta por este animal e gostaria de conhecê-los para além de sua linda aparência vamos apresentar a vocês algumas curiosidades sobre os flamingos, você vai se surpreender.

Os Flamingos São Animais Raros

O flamingo, de nome científico Phoenicopterus ruber (sim, realmente um nome difícil de ser pronunciado) é uma ave migratória que perpassa pelo norte do continente americano, as Antilhas, chegando ao estado do Amapá no norte do nosso país onde curiosamente se reproduzem. Os flamingos são animais considerados aves raras porque assim como inúmeros outros estão em risco de extinção. No caso desta glamourosa ave os motivos que levaram a esse triste quadro de ameaçados de extinção, são como habitualmente costumam ser, a caça predatória, a captura de seus ovos, dentre outros motivos. Embora seja mais comumente vista no estado do Amapá essa ave pode ser vista também no estado do Ceará, da Bahia e também Pará, Sergipe e a região sudeste do país.

A Sua Coloração Vem Muito Da Sua Alimentação

Certamente você já deve ter ouvido aquela frase de “você é o que você come”. Esse ditado se aplica perfeitamente ao caso dos flamingos. Animais de cor tipicamente caracterizada como em um tom claro de rosa, com alguns pontos em vermelho alaranjado e concomitantemente vermelho acinzentado. A alimentação dos flamingos é fundamentalmente composta de insetos, vermes, moluscos, crustáceos. Alimentos estes que são ricos em carotenoides que para nós seria a típica cenoura que consumimos e atua melhorando nosso bronzeado.

Regulando A Temperatura Corporal

Novamente quem já teve o prazer de ver um flamingo certamente deve ter ficado intrigado. Essa ave costumeiramente é vista apoiada sobre apenas uma de suas pernas. Você saberia dizer por quê isso ocorre? O flamingo é um animal que está muito presente em áreas aquáticas e eles apresentam este hábito, de se apoiarem sobre apenas uma de suas pernas, isso acontece porque justamente por estarem tão presentes em zonas aquáticas o flamingo tenta com apenas um perna não perder totalmente o calor de seu corpo. Como bem sabemos, linearmente, quem possui calor perde para quem não o possui.

O Amor Dos Flamingos É Eterno

Animal monogâmico é aquele que possui apenas um parceiro ao longo de toda a sua vida. Para nós seres humanos é se manter com apenas um cônjuge durante todo o casamento, no nosso caso pode ser simplificado também com o conceito de fidelidade.

Os flamingos são considerados um dos animais mais monogâmicos do reino animal. São animais que possuem apenas um parceiro em toda a sua vida, se acasalando apenas com ele, ou ela. Outro fato curioso e extremamente fofo em relação a estas aves é que tanto o macho quando a fêmea dividem todo o cuidado com os filhotes a começar pelo processo de incubação dos ovos em que tanto o macho quanto a fêmea participam igualmente.

Flamingo Amor
Flamingo Amor

A Creche Dos Flamingos

Isso pode parecer até mesmo irreal no mundo animal mas os flamingos não diriam isso. Após o nascimento dos filhotes eles ficam em um tipo de creche por cerca de três meses e meio. Nesse tempo eles podem ser “visitados” por seus progenitores que os alimentam e acompanham o seu desenvolvimento. É basicamente como uma creche a qual conhecemos, onde os nossos filhos passam uma determinada parte do dia enquanto os pais realizam inúmeras outras atividades.

Após estes cem dias as aves já são considerados pelo seu grupo como independentes, sendo capazes de sobreviver na natureza.

Estimativa De Vida Alta

Contrariando a expectativa de vida de grande parte das aves, o flamingo pode viver incríveis quarenta anos. O tempo em cativeiro e solto na natureza varia, desta forma, em seu habitat natural o tempo de vida beira os trinta a trinta e cinco anos. De quarenta a quarenta e cinco é mais comumente alcançado quando criado em cativeiro.

Uma informação interessante quando falamos de tempo é quanto ao seu aparecimento pela primeira vez. De acordo com estudos e o levantamento de fósseis ao que tudo indica o flamingos existem a pelo menos sete milhões de anos.

O Movimento É Uma Constância

Como dissemos no início os flamingos são aves migratórias. Ou seja, peregrinam de um lado a outro, seja em busca de alimento, segurança para a construção dos ninhos ou para o seu acasalamento. São animais extremamente ativos, podendo voar diariamente cerca de quinhentos quilômetros. Haja tanto lugar para conhecer.

Flamingo
Flamingo

Outros Nomes

O flamingo também é muitas vezes mencionando como ganso cor de rosa ou ainda flamingo grande (o que não seria nenhum exagero já que esta ave pode chegar a média até um metro e meio). Como habitualmente acontece com outras espécies de animais a fêmea apresenta um porte menor do que o do macho, mas não substancialmente tão mais baixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *