Home / Curiosidades / Curiosidades Sobre o Iaque: Tamanho, Peso e Fotos

Curiosidades Sobre o Iaque: Tamanho, Peso e Fotos

O mundo animal é mesmo impressionante, vocês concordam? Espécies fantásticas e fascinantes habitam no mesmo planeta que os humanos e, muitas vezes, não damos valor para isso.

Hoje, eu vim conta-lo as curiosidades de um animal de porte grande e muito pelo. Belo por natureza e assustador. O Iaque. Esses animais herbívoros tem um nome que nem todos recordam, por isso, muitas pessoas os chamam de boi. Um iaque não é um boi, isso eu posso afirmar. Mas, sua forma como atua na natureza lembra mesmo um boi. Bora conhecer algumas curiosidades desses enormes animais?

Iaque
Iaque

Iaque: O “Boi” Peludo Que Não É Um Boi

Uma característica marcante deste animal é os seus longos pelos que cobrem todo o corpo até parte de sua cabeça chegando a ficar sobre os olhos. Os pelos são crespos e ondulado na região da face e cabeça, enquanto no resto do corpo apresenta pelos finos e longos.

Essa é a principal forma de distinguir esses animais com os bovinos comumente conhecidos, uma vez que o iaque apresenta algumas semelhanças. Seus chifres longos, curvos e pontudos tornam sua face assustadora, embora eles não sejam dos mais agressivos. O iaque tem uma cabeça bem grande com um pescoço curto. O físico deste animal é bastante robusto e grande, forte o suficiente para conseguir vencer até um leão em uma briga.

Este é um herbívoro de grande porte que vivem em regiões como o himalaia, no Planalto do Tibete, Mongólia e até na Ásia Central, ao sul. Devido a sua pelagem espeça e enorme, o iaque pode suportar temperaturas bem baixas. Esses animais também são criados em cativeiro, ou melhor são domesticados para o convivo com as pessoas, sendo eles animais de rebanho.

Iaques: Tamanho E Peso

A quem diga que os iaques são animais gigantes assustadores e eu até concordo com essa afirmação e nem é por causa de seus chifres enormes e sua cara de mau. Mas sim pelo seu comprimento.

Iaques machos podem medir de 1,90m até 2,2m de comprimento e pesar algo em torno de meia tonelada. As fêmeas de iaque podem chegar a ter 1/3 do tamanho do macho e pesa algo próximo a meia tonelada. Suas versões domesticadas são menores que os selvagens, podendo ter apenas 1,6m até 1,8m. Existem outras diferenças bastante perceptíveis entre os selvagens e os domésticos e uma dessas diferentes, se contar o peso, é a cor de seus pelos.

Iaques selvagens costumam varia entre as colorações marrons e pretas. Os domésticos podem também ter essa cor, mas, uma variável dessa espécie chega a ter pelos brancos. O tempo de vida em ambos os gêneros é relativamente longo e pode chegar a 20 anos. São animais bastante ativos que passam boa parte do dia se alimentando. Eles evitam o sol o máximo que podem na hora daquele merecido descanso após as refeições. Onde tiver sombra, terá iaques relaxando.

Sua pelugem foi feita para o frio, então o sol é seu pior pesadelo, nem preciso dizer o porquê, não é? Quando há neve, eles se deitam sobre ela em busca de conseguir um confortável e fresco conforto, chegando até a escavar o solo em busca disso.

Uma curiosidade bastante interessante é que os iaques nem mesmo sentem a falta da água em lugares onde ela não este presente. Por habitarem regiões com neve, ele simplesmente come a neve. Bastante prática essa atitude. Quando um iaque macho se depara com outro iaque macho tem-se inicio o UFC da selva. Ambos de atracam em uma poderosa e furiosa batalha. Os bandos de iaques solitários têm uma mania bastante barulhenta que é mugir enquanto correm avulsos por aí.

São como bebês soltos pela casa procurando alguma coisa com a qual brincar. Iaques selvagens são uma raridade, considerando que a domesticação já foi a responsável por tirar esses animais da vida natural que possuíam. Os produtos naturais mais apreciados em um iaque é o leite e a carne, considerados mais deliciosos que suas versões bovinas.

Iaques: A Espécie Drong

Essa é uma das maiores espécies de iaques selvagens já encontrados. Seu comprimento colossal o torna um verdadeiro “monstro” da espécie podendo chegar até os 4 metros, variando de até 3 metros. E claro, seu peso coincide com seu tamanho, chegando perto da marca de 1.300kg. sua força física é estrondosa. Ele está adaptado para sobreviver em lugares de altitude elevada como planaltos, colinas e montanhas em uma faixa de 3.000 até 5.500 metros.

Essa espécie tem o pulmão e o coração maiores que os normais que o proporcionam maior capacidade respiratória para encara terrenos e altitudes com ar rarefeito e a força necessária para fazer o sangue circular corretamente por todo o corpo. Seu alimento é principalmente plantas, são herbívoros que adoram um bom alimento verde saudável. Como sabemos grandes altitudes trazem também fortes e gelados ventos.

Os iaques Drong estão preparados para isso também com sua longa e densa camada de pelos desgrenhados. Pense em um enorme e quente casaco de lã natural. Para reforçar seu manto térmico, o iaque secreta uma substancia altamente pegajosa. Essa é responsável por manter a camada mais superficial de pelos entrelaçados, gerando assim um isolamento mais eficiente. Os pelos tem outra função muito importante que é a de camuflagem e proteção de predadores regionais.

Seus chifres longos e pontudos são também poderosas armas contra seus predadores naturais e podem fazer grandes estragos quando atingem o alvo de maneira certeira.

Não são nem um pouco rápidos, mas sua força e seus chutes conseguem fazer o trabalho de atuar na proteção contra lobos tibetanos, ursos azuis tibetanos e o temido leopardo das neves. Essa espécie selvagem é caçada pelas pessoas a muito tempo devido a sua carne e seus pelos, usados na confecção de casacos. Hoje em dia, a caça desses animais é quase inexistente, sendo eles uns dos poucos exemplares de iaques selvagens existentes.

Conclusão

Os iaques são animais fascinantes e belos. Incrível de verdade é apreciar uma paisagem com esses animais em liberdade no alto das montanhas. Realmente, o mundo animal é fantástico e deve, a qualquer custo, ser preservado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *