Home / Curiosidades / Curiosidades do Ocapi

Curiosidades do Ocapi

Você conhece o ocapi ou a girafa da floresta? É uma criatura muito interessante, pois possui aspectos que fazem lembrar a girafa e a zebra. Mas não é o resultado de um cruzamento entre ambas. Este quase desconhecido animal pertence a um ramo familiar das girafas. Logo abaixo selecionamos as principais curiosidades sobre ele. Confira!

Nome Científico

Okapia johnstoni

Ocapi
Ocapi

Características gerais

Nome comum: Ocapi
Nome em inglês: Okapi
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Giraffidae

Mesmo apresentando listras como as zebras, o ocapi relaciona-se com a girafa. A família ao qual pertence é designada por Giraffidae (conforme mencionado anteriormente). A família Giraffidae tem atualmente apenas duas espécies vivas: o ocapi e a girafa.

Okapi
Okapi

Ocapi e girafa

O macho e a fêmea do ocapi possuem glândulas interdigitais nas suas patas dianteiras, isso o distingue como um membro da família das girafas. Outro diferenciador é a sua língua comprida, escura e musculosa usada para pegar o alimento e para limpar os olhos. O crânio e o seu modo de caminhar também lembram o da girafa. Ambos mantêm as patas na mesma direção do corpo quando correm, movendo-as alternadamente.

Família Giraffidae

A família dos girafídeos diferenciou-se dos outros artiodátilos há apenas 25 milhões de anos atrás. Os seus numerosos representantes povoaram o mundo antigo até o final do Terciário. Há 20 milhões de anos, os gêneros Palaeotragus e Giraffokeryx eram girafídeos típicos, este último com dois pares de cornos. Há 10 milhões de anos, Mioceno Superior (quarta época da era geológica Cenozoica) existiram várias subfamílias, entre a elas, a do Sivatherium, que lembrava um boi. Os gêneros atuais, Girafa e Ocapia são os únicos sobreviventes dessa diversificada família de ruminantes.

Família Giraffidae
Família Giraffidae

Descoberta

O ocapi foi descoberto no início do século XX, mas continua um animal pouco conhecido nos zoológicos e pelos caçadores. Essa descoberta foi realizada a partir das boas relações que o inglês Sir Harry Johnston mantinha com os pigmeus (caçadores/coletores), em 1900.

Distribuição e habitat

O ocapi é encontrado em florestas tropicais úmidas, a norte da República Democrática do Congo em Zaire. Tem preferência por altitudes entre os 500 a 1.000 metros. Na vasta floresta africana, o ocapi vive em contato com os elefantes, o bongo e os cefalofos.

Língua imensa

Os ocapis têm o corpo escuro, com riscas brancas bem visíveis nas patas e coxas. O formato do seu olho assemelha-se ao da girafa, porém o seu pescoço e o seu comprimento são mais curtos. A sua língua é muito longa, cerca de 30 cm de comprimento e a coloração é azul arroxeada. Eles a usam para retirar folhas e rebentos (pequeno broto de uma planta) das árvores que se alimentam.

A sua língua é tão longa que lhe permite lavar as pálpebras e limpar as orelhas. Chocante! Junto à girafa, são os poucos mamíferos que conseguem lamber as próprias orelhas. Os ocapis machos possuem pequenos chifres cobertos de pele. No geral, o seu comprimento fica entre os 2 a 2,5 metros e sua altura 1,5 a 2 metros. O seu peso varia entre os 200 a 250 kg.

Ocapi Lingua
Ocapi Lingua

A sua pelagem é um suave marrom profundo aparentando um roxo. As ancas, coxas e topos das patas dianteiras têm listras como as das zebras. As partes inferiores das pernas são brancas, com anéis pretos acima dos cascos. Os olhos e as orelhas do ocapi são grandes e os lados do rosto tem tonalidade avermelhada.

Comportamento

Os ocapis são animais de hábitos diurnos, porém podem manter-se ativos por algumas horas depois do anoitecer. Possuem hábitos solitários juntando-se em pequenas manadas para acasalar. Os machos migram, mas as fêmeas são sedentárias. O território é marcado com urina pelo macho, este mede cerca de 13 metros, já as fêmeas utilizam as fezes para realizar a mesma ação e seu território tem aproximadamente 4 km. Os ocapis têm a tendência para esfregar os seus pescoços nos troncos das árvores, deixando um exsudato (líquidos orgânicos que saem através das paredes e membranas celulares) acastanhado.

Ocapi Comportamento
Ocapi Comportamento

O ocapi é um animal muito esquivo e assustado, deste modo, somente em 1913 dois zoólogos norte-americanos conseguiram capturá-lo. Hoje, eles habitam vários zoológicos, menos de 40 em todo o mundo e um deles é o Brookfield nos arredores de Chicago. Lá costumam comer legumes e apresentam uma afeição pelos seus tratadores. Apresenta uma capacidade auditiva e olfativa bem afiada e isso o permite ouvir e sentir os caçadores a longas distâncias.

Reprodução

O ocapi tem uma reprodução considerada difícil, isso porque são animais solitários que se une aos seus pares somente na época de acasalar. O enamoramento entre o macho e a fêmea dura cerca de 1 mês, dessa união nasce 1 filhote por vez depois de 421 a 457, o equivalente a uns 14 meses. Isso geralmente entre os meses de agosto e outubro, na estação das chuvas, quando a floresta é rica de vegetação tenra.

Ocapi Filhote
Ocapi Filhote

O filhote pesa cerca de 16 kg, tem 80 cm e começa a mamar entre 6 e 12 horas após o seu nascimento e seguirá até os seus 10 meses. Alcança a maturidade entre os 4 a 5 anos de idade. Em cativeiro, a fêmea pode procriar com 1 ano e 7 meses e o macho com 2 anos e 2 meses. A fêmea entrará novamente no cio após 2 anos.

Alimentação

Os ocapis são animais herbívoros, logo alimentam-se de folhas, rebentos, relva, samambaias, frutas e fungos.

Predadores e Ameaças

Okapi Wildlife Reserve
Okapi Wildlife Reserve

Como muitos animais das florestas tropicais, os ocapis embora não estejam em extinção, correm o risco de desaparecer, muito em decorrência das atividades dos humanos (a caça furtiva) e a destruição do seu habitat. As árvores das florestas em que vivem os ocapis são cortadas. O trabalho de proteção no Congo incluiu o estudo do seu comportamento, o que resultou na criação da Ocapi Wildlife Reserve, em 1990. A missão dessa reserva é protegê-los dos outros animais. A Guerra Civil do Congo foi um dos acontecimentos que ameaçou tanto a vida selvagem como os trabalhadores da reserva. Esta também protege os povos indígenas que vivem na floresta tropical de Ituri, próximo ao rio Congo.

Fotos de Ocapi 

E aí, gostou desse artigo sobre o ocapi? Sugiro que você deixe sua opinião, sugestão ou exponha alguma dúvida logo abaixo, nós com certeza leremos todos os comentários e responderemos. Saiba também que aqui no blog todo o dia tem conteúdo atualizado sobre o mundo animal. Se quiser receber artigos exclusivos no seu e-mail como este post, é só se inscrever em um campo que fica à sua direita na tela. Quero pedir uma última coisa, tá bom? Compartilhe esse conteúdo com os seus amigos! Combinado?

Aproveite! Até breve!

Um comentário

  1. Eu gosto muito do Ocapi ele é um animal muito bonito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *