Home / Curiosidades / Curiosidades do João de Barro: Tempo De Vida e o Que Come

Curiosidades do João de Barro: Tempo De Vida e o Que Come

O João de barro é uma ave passeriforme ou em outras palavras, um pássaro, um passarinho muito conhecido popularmente no Brasil, no Paraguai, no Uruguai, na Bolívia e na Argentina, isto porque habita geograficamente de forma abrangente estes países, além do fato de ser uma ave muito bem adaptada ao que vem colocando muitas espécies de animais em ameaça de extinção atualmente, o desmatamento. Tanto é que na instituição que classifica o estado de conservação das espécies de animais, a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), o João de barro é classificado em uma ameaça de extinção pouco preocupante, o que como bem sabemos é raro para uma espécie de pássaro hoje em dia.

João de Barro
João de Barro

João de Barro nas Lendas Urbanas

São divididos em cinco subespécies, em que somente duas delas não habitam o Brasil. No Brasil o João de barro é amplamente muito bem representado em músicas nacionais, já na Argentina é considerado uma representação da pátria. Mais uma vez no Brasil, junto com a sua popularidade veio as lendas que assim como as suas diversas nomeações pelas quais são conhecidos dependendo da região que habita, faz referencia ao que mais o caracteriza, a construção peculiar de seu ninho.

Dentre elas há a que conta que a construção do seu ninho acompanha muita esperteza, sendo contrário a ventos e chuvas fortes, já outra conta que o João de barro assim como mero mortal é trabalhador mas merece descanso, sendo assim não trabalha aos domingos, nem em dias santos. Vale ressaltar que todas estas histórias são lendas e que não tem nenhum tipo de comprovação científica.

As aves são comumente monogâmicas e escolhem somente um parceiro(a) para dividir a vida e se reproduzir com o mesmo indivíduo perpetuando sua espécie por toda a vida e com a espécie de João de barro não é diferente. Uma das lendas conta uma história cruel em cima desta característica, que ao descobrir a infidelidade ou a deslealdade da parceira, o João de barro a prende em seu ninho com o mesmo material que os constroem e aguarda do lado de fora a sua morte, sem água, sem alimento e sem ar. Mais uma vez sem comprovação científica, esperamos que este conto não seja verídico, o que tiraria toda a graça da sua monogamia por toda a vida.

Monogamia E O Companheirismo Do João De Barro

Como todo bom casal, dentre esta parceria está o companheirismo, que também está presente na construção de seus ninhos sem distinção de trabalho entre os sexos. Enquanto, por exemplo, um estiver construindo o ninho, o outro pode estar indo buscar o material para a construção. Mais uma vez como bom companheiros, quando se reproduzem, os filhotes recebem cuidados tanto do pai quanto da mãe, desde a incubação dos ovos, que dura de quatorze a dezoito dias, quanto a eclosão do mesmo e a alimentação dependente dos filhotes.

Se reproduzem anualmente entre o mês de setembro e a fêmea põe de três a quatro ovos por reprodução. Na reprodução os ninhos ganham um compartimento especial, a incubadora, separada da entrada do ninho, protegendo os ovos e os filhotes do tempo, de queda e de predadores.

O Que Mais Caracteriza O João De Barro

Entre os seus predadores estão gaviões, algumas outras espécies de aves menos conhecidas e os gambás. São conhecidos por reformarem e construírem novos ninhos de estação para estação e quando abandonam seus antigos ninhos, algumas espécies de animais acabam os tomando para si, como os canários, os pardais, as andorinhas e as espécies menos esperadas de tomar tal comportamento, como as abelhas, as lagartixas e até as rãs, as cobras e os ratos.

Os ninhos são construídos a base de barro, não à toa também são conhecidos como Maria de barro, no caso da fêmea, justo já que o nome João de barro ganhou mais popularidade. Outras nomeações são Joaninha de barro, João Barreiro, Maria barreira, somente Barreiro, forneiro, pedreiro e amassa barro. Mas além do barro como base, usam como material de construção para seus ninhos esterco e palha, já como forro para quando já estão construídos, usam pelos, penas, entre outros materiais mais fofos para deixar os seus ninhos confortáveis.

A construção dura de dezoito dias a um mês e quando prontos geralmente pesam aproximadamente quatro quilos. Engraçado pensar que uma ave tão pequena é capaz de construir um ninho tão engenhoso que pesa quatro quilos, não à toa são tão conhecidos como trabalhadores e espertos.

Na natureza preferem construir seus ninhos em galhos de árvores, mas bem adaptados como já falamos também podem os construir fora delas, como em rochas, já nas cidades, em postes elétricos e em edifícios. Seu nome científico é furnarius rufus, o que em latim mais uma vez faz referencia ao seu principal comportamento, que é, ave vermelha construtora de fornos, forno pelo formato do seu ninho ser parecido com o mesmo.

Comportamentos E Hábitos Do João De Barro

Como habitats preferem vegetações abertas. Além das alturas, tem a peculiar característica de andar e correr sob o chão, tanto tempo quanto passam no alto. Quando estão no baixo, nem tudo é motivo de ameaça para eles, isto porque são conhecidos por não serem passarinhos ariscos, o que bem sabemos, é raro.

Quanto a uma das curiosidades tema do texto, a sua alimentação, caçam pequenos invertebrados como cupins, formigas, minhocas e moluscos. Caças tão pequenas estas compatível ao seu porte de passarinho, medem de dezoito a vinte centímetros e pesam cerca de cinquenta gramas. Não é a sua preferência, mas no caso de escassez, também se alimentam de frutos.

Quanto a outra curiosidade que faz parte do título do texto, sua expectativa de vida é de cerca de três anos de idade. Não possuem dimorfismo sexual, diferenças padrões entre os sexos. Seu companheirismo, além da construção do ninho e do cuidado das suas crias, está também no seu canto, isto porque cantam em conjunto. Alguns João de barro podem ser brancos, o que não tem nada a ver com as cores padrões das suas penas, isso por possuírem leucismo, um gene recessivo que o dá tal característica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *