Home / Curiosidades / Como Cuidar de uma Tartaruga de Aquário? Elas Podem Ficar com Peixes?

Como Cuidar de uma Tartaruga de Aquário? Elas Podem Ficar com Peixes?

Por mais que o cachorro seja o pet preferido da maior parte dos brasileiros, as tartarugas são animais de estimação muito comuns nas casas. São a opção das pessoas menos tradicionais, e existem diversas espécies, mas, hoje, vamos falar especificamente das tartarugas aquáticas. 

As tartarugas são animais de estimação fascinantes, mas são animais sensíveis, por isso é importante aprender a cuidar deles antes de adquiri-los. Espaço, luz, umidade e comida são importantes para a sobrevivência. Compreender esses aspectos do cuidado do seu animal de estimação ajudará sua tartaruga a viver uma vida longa. 

Embora muitas espécies possuam requisitos semelhantes de alojamento, as tartarugas-marinhas têm necessidades muito diferentes das tartarugas de lama, que têm necessidades muito diferentes das tartarugas-caixa, etc. Faça sua lição de casa e pesquise qual tipo de ambiente sua tartaruga precisará – idealmente antes de realmente obter a tartaruga – para garantir a casa mais adequada possível para recebê-la. Descubra se sua tartaruga prefere um meio totalmente aquático, totalmente terrestre ou um meio termo. Sua tartaruga gosta de passar muito tempo se aquecendo, ou prefere se esconder debaixo de uma pedra o dia inteiro? Será que vai gostar de um aquário fundo e nadar livremente, ou preferirá andar por baixo e simplesmente estender o pescoço para alcançar a superfície para respirar? Todas essas são determinações criticamente importantes a serem feitas para garantir que você forneça um lar adequado para sua tartaruga.

Tartaruga Verde de Áquario
Tartaruga Verde de Áquario
  • Você precisará de um tanque/aquário, que tenha espaço suficiente. Três quartos da área deve ser água. A água deve ser tão profunda quanto a tartaruga é larga. Projete uma pequena área onde ele possa ficar sob uma lâmpada de calor para se aquecer;
  • As tartarugas crescem, por isso, verifique se o seu espaço é adequado ao tamanho da tartaruga adulta que você está adotando;
  • Tijolos ou tábuas de madeira são excelentes áreas de terra, pois podem ser limpos facilmente. Apenas certifique-se de que eles fiquem secos e inclinados suavemente em direção à água para facilitar o acesso;
  • Lascas de madeira e casca podem ficar mofadas ou cultivar fungos. A ingestão de sua tartaruga também pode causar problemas, portanto evite usar esse tipo de material;
  • Se você colocar plantas dentro do aquário, faça uma verificação rápida para garantir que sejam compatíveis e que sua tartaruga não fique doente se ele decidir comer algumas folhas. Plantas reais são boas, mas são comidas em poucos dias; a menos que você tenha um lago onde cultive plantas, pense em usar artificial (ou uma combinação de real e artificial) para decoração;
  • Não use água da torneira para o seu tanque, pois a água da torneira contém cloro e possivelmente flúor, o que pode afetar o equilíbrio do pH do seu sistema. Água desclorada precisa ser usada na área de natação e água filtrada para a sua tartaruga beber;
  • A adição de uma colher de chá de sal por galão de água reduzirá o nível de bactérias “ruins” e protegerá melhor as tartarugas de doenças de casca e pele;
  • As tartarugas podem transportar Salmonella. Lave as mãos após manuseá-las. Mantenha a água nos tanques fresca e remova os resíduos imediatamente. A instalação de um sistema de filtragem de água também deve ajudar.

Calor e temperatura

  • As tartarugas precisam de luz solar; aproximadamente 12 a 14 horas por dia para a vitamina D3, compre uma lâmpada UV de alta qualidade para o seu tanque e configure-a com um timer automático. As temperaturas ideais variam entre 21 e 10 ° C;
  • As tartarugas demoram muito tempo para se ajustarem às mudanças de temperatura. Se você tirá-la do aquário para brincar com ela, verifique se a sala está relativamente à mesma temperatura do aquário. Mudanças repentinas causam estresse e possivelmente prejudicam seu sistema imunológico. Além disso, elas não devem ser manuseadas por muito tempo, pois isso também gera estresse para esse tipo de animal.

Alimentando sua tartaruga

  • Você deve alimentar seu animal de estimação duas a três vezes por semana. Os requisitos alimentares diferem dependendo da espécie, por isso, você pode consultar um veterinário e saber qual a dieta, quantidade e intervalos ideais para alimentar o seu bichinho;
  • As tartarugas têm o potencial de viver vidas muito longas, portanto, acertar o básico deve lhe dar a oportunidade de desenvolver um relacionamento duradouro com seu animal de estimação.
Tartaruga de Áquario Alimentação
Tartaruga de Áquario Alimentação

Posso colocar peixes com a tartaruga no aquário?

Sim, pode colocar peixes com a tartaruga tigre, por exemplo. Mas você precisa de lembrar do fato de que a tartaruga tigre é um animal carnívoro, e ela pode se alimentar dos peixes menores ou até mesmo molestar os peixes de porte maior. 

Se você optar por criar tartarugas e carpas juntas, adquira uma tartaruga filhote, pois dessa maneira elas crescerão juntas, principalmente se o lago/aquário tiver dimensões favoráveis a esses animais.

Já no caso dos Kinguios, que nadam de forma lenta, não é recomendado que eles vivam juntos, pois eles são considerados uma presa fácil para as tartarugas, e essas possuem o hábito de beliscar principalmente a cauda dos peixinhos.

Tartaruga Tigre D'água de Áquario
Tartaruga Tigre D’água de Áquario

Os peixes e as tartarugas devem ser limitados pela quantidade de água no aquário, pois um ambiente muito cheio pode prejudicar a vida das espécies através das toxinas provindas de seus próprios dejetos (urina e fezes). Essas condições provocam diversos desconfortos aos animais, portanto você deve manter todos em boas condições, possuindo um ótimo sistema de filtragem da água do aquário para a sobrevivência das espécies.

Enfim, esperamos que esse artigo tenha esclarecido as suas dúvidas, mas, sempre, antes de obter um novo bichinho de estimação consulte veterinários, biólogos, ou até mesmo alguém que entenda bem do assunto. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *