Home / Curiosidades / As Diferenças Entre a Lontra Doméstica, De Rio e Marinhas

As Diferenças Entre a Lontra Doméstica, De Rio e Marinhas

A lontra (Lutra canadensis) é uma das melhores nadadoras da família da doninha, ou Mustelidae como popularmente conhecida. Pode ser encontrada em casas, em riachos, rios, lagoas e lagos e está bem adaptada ao seu estilo de vida aquático.

A lontra é um animal admirável para assistir em movimento, seja na água ou na praia. Sua camada de pele densa é valorizada por caçadores. A perda de habitat e o excesso de armadilhas nos anos 1800 levaram a um declínio no número de lontras em Vermont. No entanto, a lontra do rio voltou desde então. Separamos algumas incríveis informações para vocês que gostariam de saber mais sobre as lontras, quer da uma conferida? Continue lendo até o fim.

É ilegal criar lontras em casa?

Essa é uma das principais perguntas que as pessoas que admiram e acham por vezes as lontras ” fofinhas” que também possuem em seus corações o desejo de ter uma em sua residência.

Afinal de contas, é ou não é ilegal criar lontras em casa? A resposta para essa questão e se SIM! não podemos listar todos os países em que há uma proibição legal, até porque não depende do país em questão e sim de uma determinada jurisdição dentro de cada país. Em casos nos quais uma pessoa encontra uma lontra na rua e decide cuidar e a mesma não se sente mais habituada no seu local natural pode haver um regulamento com as autoridades vizinhas para aprovação.

Mas, de forma resumida a criação das lontras é devidamente proibida, apesar de no Japão ser uma prática comum no território nacional não é. A permissão da criação de lontras em casa abre diversas portas para o tráfico ilegal das mesmas.

Lontras domésticas
Lontras domésticas

Lontras domésticas

A infeliz realidade é que existe apenas uma espécie de lontra que pode ser possuída, popularmente essa é a lontra caseira criada nas regiões japonesas,a lontra com garras asiática, e até mesmo encontrar essa espécie é difícil. A melhor maneira de conseguir uma é entrar em contato com um corretor de animais exóticos. Remover lontras da natureza na América do Norte é uma péssima ideia e é mais provável que seja ilegal, mesmo que o estado permita a propriedade de lontras criadas em cativeiro.

As lontras marinhas carismáticas são federalmente ilegais devido à Lei de Proteção de Mamíferos Marinhos. Já as asiáticas não são federalmente ilegais porque não são animais marinhos, mas certamente não são legais de possuir em todos os estados. Além disso, mesmo em relação a outros animais do tipo “zoológico”, as lontras seriam incrivelmente desafiadoras em sua casa, possivelmente com uma exceção: se você puder comprar um maravilhoso recinto ao ar livre com uma fonte de água drenável e controles de temperatura. Lembre-se de que esse recurso de água também deve ter uma boa contenção.

Não Tenha Lontras Como Animal De Estimação

Apesar de já ter mencionado esse fato no tópico anterior desse artigo creio que nunca é demais conscientizar as pessoas. Lembra-se sempre que a lontra não é um tipo de animal doméstico como os nossos cães e gatos que temos. Sabemos que existem muitas lontras sendo mantidas em cativeiros, porém as que vivem assim ou são em centros de cuidados animais, zoológicos ou demais áreas de conservação.

Você pode ver vídeos no YouTube de lontras brincando nas casas das pessoas, mas geralmente esses vídeos não têm contexto. Você nem sempre pode ver que elas provavelmente estão lá como uma brecha em um esforço maior de conservação. As lontras não devem viver em uma casas como animais domésticos de forma alguma.

Lontras de Rio

As famosas e adoráveis lontras de Rio vivem em qualquer zona úmida que forneça vegetação de margens adjacentes, locais de toca e suprimento de alimentos. Lontras podem ser encontradas em córregos, rios, lagoas e lagos. Durante o inverno, elas podem deixar lagoas e lagos que congelam para irei até a água aberta de rios e córregos.

As tocas podem ser construídas no banco ou em árvores submersas. Elas também usarão as tocas abandonadas de outros animais, incluindo as de castores. Os fatores considerados em um local para as lontras morarem quase sempre são: disponibilidade de alimentos, cobertura, suprimento de água e atividade humana. Embora as lontras comumente “cheguem” ou marquem seus territórios, elas geralmente não lutam em defesa dessa área.

As lontras de rio podem ser vistas a qualquer hora do dia, mas são consideradas noturnas ou mais ativas à noite. Eles não são sociais. Um grupo pode ser composto por uma fêmea e seus filhotes. Geralmente, os machos vivem separadamente, exceto durante a estação reprodutiva.

Lontras marinha

Já as lontras marinhas são uma espécie fundamental, o que significa que seu papel no meio ambiente tem um efeito maior do que outras espécies. Como predadores, as lontras marinhas são essenciais para manter o equilíbrio dos ecossistemas de algas próximas à costa. Sem lontras marinhas, os ouriços do mar devorariam as florestas de algas ao largo da costa que fornecem cobertura e alimento para muitos outros animais marinhos.

Assim, as lontras do mar também indiretamente ajudam a reduzir os níveis de dióxido de carbono atmosférico, um gás de efeito estufa predominante, uma vez que as florestas de algas desempenham um papel importante na captura de carbono nos ecossistemas costeiros.

Proteção

As lontras-marinhas finalmente ganharam proteção com a assinatura do Tratado Internacional de Lobo-marinho de 1911 e foram listadas na Lei de Proteção de Mamíferos Marinhos e Espécies Ameaçadas de Extinção na década de 1970. Em todo o mundo, os números se recuperaram lentamente, mas ainda estão muito abaixo dos números originais da população. Embora as lontras marinhas sejam vulneráveis ​​a predadores naturais, suas populações também são significativamente afetadas por vários fatores humanos.

Conclusão

E então, o que você achou sobre esse apanhado geral explicando tudo sobre os 3 principais tipos de lontras? Restou alguma dúvida? Eu espero que não. Gostou desse artigo? Compartilhe com os seus amigos e mostre as principais diferenças entre essas lontras. E lembre-se, sejam elas marinhas ou de Rio, jamais crie lontras domésticas. Isso além de ser proibido também causa sérios danos como mencionado ao decorrer do artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *