Home / Curiosidades / Aranha de Grama é Perigosa? Como Eliminar?

Aranha de Grama é Perigosa? Como Eliminar?

As aranhas no geral ocupam grande parte do território mundial, existindo aproximadamente 36 mil espécies, vivendo tanto em áreas cobertas por florestas e habitats aquáticos, como também desenvolveram características adaptativas eficientes para viver no meio urbano.  

Estes seres que nos trazem grande medo e preocupação devido seu aspecto, que parece ter saído de um filme de terror, e a possibilidade de algumas espécies terem a capacidade de causar danos a nossa saúde, tem características interessantes que valem a pena serem mencionadas neste artigo, para assim podermos entender seu nível de periculosidade para o ser humano e sabermos lidar com a aranha, caso ocorra um encontro.

Mas primeiro precisamos esclarecer um ponto relevante.

Peçonhenta X Venenosa

É importante deixar claro que todo ser só é considerado venenoso quando produz uma substância tóxica, mas não possui órgão ou estrutura inoculadora, podendo haver o toque através de contato passivo direto, por compressão ou ingestão, como em casos do lagarto taturana, o sapo e o peixe baiacu, respectivamente. Já os animais peçonhentos são os que apresentam órgão ou aparelho de inoculação, como dentes, ferrões, agulhões, e temos exemplos bem clássicos para essa classe, como as cobras, escorpiões, arraias e o nosso assunto de hoje, aranhas.

Características da Aranha de grama:

O medo vem do que nos é desconhecido, portanto estou aqui para lhes trazer um pouco de luz e, com o conhecimento espero poder mudar o sentimento de receio para o respeito cuidadoso para com a espécie em questão.

A aranha de grama também é conhecida como aranha-lobo, tarântula de jardim e aranha-de-jardim, tem como nome científico Lycosa erythrognatha. Ela faz parte do grupo de nossos conhecidos artrópodes, Ordem Araneae, da família Lycosidae. O termo artrópode ou Arthropoda vem do grego arthron que significa articulação e pódos que seria pernas. Ou seja, são aqueles animais de pernas articuladas. Este grupo engloba não só as aranhas, mas também os escorpiões, ácaros, centopeias etc.

Em uma visão geral os artrópodes apresentam um corpo bilateralmente simétrico e composto por um exoesqueleto quitinoso com apêndices articulados. Este exoesqueleto, de característica rígida e de pouca extensibilidade, me referindo especificamente da aranha, sofre o que chamamos de ecdise, ou simplesmente de muda, ao longo de toda sua vida ou apenas até alcançar sua fase adulta. É importante ressaltar que no caso dos machos, quando eles se tornam adultos, em sua última ecdise, seu sistema reprodutor se torna completo.

Agora, vamos combinar, um fato realmente muito curioso é que as aranhas tem a capacidade de autotomia, que seria a capacidade dela destacar alguma parte de seu corpo, para distrair seu predador e conseguir fugir, assim como as lagartixas com sua cauda. Ou seja, ela consegue perder alguma de suas penas ou palpos como estratégia de defesa, ocorrendo posterior regeneração do membro perdido, após algumas ecdises. Excepcional, não acham?!

Dando seguimento, os aracnídeos apresentam como principais características, corpo dividido em cefalotórax e abdômen, possuindo 4 pares de pernas e um par de pedipalpos (órgão sensorial, localizado na frente das pernas, que serve para detectar e aprender sua presa). Olhos simples, variando apenas em tamanho e número, e possuírem também cerdas tanto químio como mecanorreceptoras, responsáveis pela nossa aranha conseguir captar e reconhecer informações provenientes de estímulos vibratórios e movimentos de ar no ambiente em que se encontra.

Aranha de Grama
Aranha de Grama

As aranhas ainda apresentam de 1 a 3 pares de fiandeiras em sua região ventral do abdômen, estas conectadas a glândulas especializadas e capazes de produzir vários tipos de fios de seda, cada uma utilizada para um fim específico.

O tamanho das aranhas é dividido em tamanho do corpo e envergadura das pernas. Podemos encontrar aracnídeos de 0,3 mm a 15 cm de corpo, quando adultos e podem alcançar 26 cm de comprimento de perna. No caso de nossa aranha de grama, em relação a seu corpo apenas, ela pode ter de 2 a 3 cm, e sua envergadura chegar entre 6 a 8 cm.

Sua alimentação baseia-se em insetos e outras aranhas, caçando e realizando suas atividades tanto de dia como de noite. A reprodução da aranha de grama é essencialmente ovípara, tendo como uma característica interessante a deposição de seus ovos em um ovissaco, feito de seda. Este então passa a ser trasportado pela mãe até o nascimento de seus filhotes e depois também, ela leva suas pequenas aranhas nas “costas” por um período tempo, alimentando-as e protegendo-as de seus predadores, como sapos, pássaros e lagartos.

Pode ser encontrada em praticamente todo o Brasil, habitando em tocas cuidadosamente construídas a partir de folhas e seda, em superfície de florestas e bosques. Quando encontrada em área urbana, a aranha de grama é vista principalmente, em gramados e jardins. Ela pode ser confundida com a aranha armadeira, já que a aranha de grama também assume a postura de ataque e defesa daquela, porém ela apresenta características que a diferenciam, a começar pelo desenho em sua região dorsal do abdômen, em formato de seta, além de linhas mais escuras em seu cefalotórax, ao contrario da armadeira.

Afinal, Ela Traz Algum Perigo?

O veneno produzido por ela é meramente para poder se alimentar, ao caçar, ela captura sua presa e inocula a peçonha, para em seguida, se nutrir de seus órgãos liquefeitos. Mas calma, apesar dos seus efeitos necróticos, os efeitos da mordida da aranha de grama caracterizados por apresentar dor discreta a moderada, e em alguns casos causa vermelhidão e inchaço no local. Sua peçonha é pouco tóxica, mas devido a frequência de casos de seu contato com humanos, a aranha de jardim tornou-se um animal de importância médica. O ideal é que você tenha cuidado e ao encontrar um aracnídeo se aventurando em seu território, se afaste. Aranhas no geral são bons controladores de insetos.

Agora, como eliminar. Primeiramente, é interessante pensar em medidas de prevenção para começar. Neste caso o ideal é conseguir manter o seu jardim, ou gramado sempre limpo, sem acumular plantas e/ou folhas secas no solo. Assim estará evitando criar o que seria o habitat ideal para a aranha de grama se estabelecer. Além do controle talvez de insetos, o que é bem mais difícil. Não tendo casa nem alimento, dificilmente ela irá se acomodar em sua casa.

Referência:

  1. https://geasbrasiloficial.wixsite.com/geasbrasiloficial/singlepost/2018/07/28/QUAL-A-DIFEREN%C3%87A-entre-animais-venenosos-e-pe%C3%A7onhentos
  2. https://irp-cdn.multiscreensite.com/322d0b3a/pdf/ARTR%C3%93PODES.pdf
  3. http://www.usinaciencia.ufal.br/multimidia/livros-digitais-cadernos tematicos/Escorpioes_Aranhas_e_Serpentes.pdf
  4. http://www.dive.sc.gov.br/conteudos/zoonoses/capacitacao/aula-aranha.pdf
  5. http://www.museunacional.ufrj.br/mndi/Aracnologia/aracnopdfs/Boissiera68_Arachnida.pdf?id=6482
  6. http://labs.icb.ufmg.br/lbcd/prodabi3/grupos/grupo3/1/aranhas.pdf
  7. https://pt.wikipedia.org/wiki/Aranha-de-grama
  8. http://www.icmbio.gov.br/parnaitatiaia/images/stories/boletins_de_pesquisa/bpni_v16_Aranhas_PN_Itatiaia_Indicatti_2013.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *