Home / Curiosidades / Alimentação Do Porquinho Da Índia: O Que Eles Comem?

Alimentação Do Porquinho Da Índia: O Que Eles Comem?

Está pensando em adotar um porquinho da Índia ou acabou de ganhar um e precisa de ajuda quanto a como cuidar do seu novo animal? Nós podemos te ajudar, vem com a gente.

Nós Não Resistimos…

Não resistimos e não vamos começar especialmente falando sobre a alimentação do porquinho da Índia, mas uma curiosidade interessante em relação ao seu nome. Embora seja chamado de porquinho da Índia em nada o seu nome de fato representa este animal. Apesar de “porquinho” estes animais são parentes próximos dos coelhos e dos hamsters não tendo nada próximo com os porcos que conhecemos. Talvez a única semelhança que podemos estabelecer é a sujeira que ambos fazem.

Quanto a “Índia” presente em seu nome, este roedor não é originário deste país, pelo contrário, o porquinho da Índia é nativo da América do Sul e atualmente não é mais encontrado na natureza em liberdade. Sendo possível ser encontrado apenas em cativeiro, criadouros e correlatos.

Bom, com esta introdução inicial, vamos ao que interessa, o que estes animais consumem afinal? Vamos lá!

Porquinho Da Índia
Porquinho Da Índia

Alimentação Do Porquinho Da Índia

Embora não seja um animal de estimação aparentemente muito comum, o porquinho da Índia é comumente escolhido como pet e neste caso é corriqueiro que seus tutores se questionem sobre com atender todas as exigências nutricionais de sua espécie.

Como bons roedores que são sua alimentação se assemelha muito com a dos hamster e dos coelhos. Se você nunca teve nenhum destes bichinhos e não tem ideia do que oferecer ao seu pequeno, o indicado é investir em uma boa ração que pode facilmente ser encontrada em casas de ração especializadas. A escolha pela ração é uma excelente opção para quem não consegue equilibrar a alimentação do porquinho da Índia de maneira autônoma. Com a ingestão da ração o mesmo terá acesso a todos os nutrientes que precisa para o seu pleno desenvolvimento.

Uma questão curiosa inclusive sobre o desenvolvimento saudável do seu animalzinho é quanto a aparência de seus pelos. Quanto mais grosso e brilhoso for a sua pelagem mais saudável tende a ser o animal. Já que falamos sobre pelagem, a pelagem destes animais é a mais diversificada possível podendo ser única, com os pelos em branco, preto ou marrom, ou uma mistura de todas juntamente ao bege e ao creme.

Voltando ao assunto alimentação, além da ração você pode dar ao seu porquinho um pouco de feno diariamente em pequenas porções. Nada de exagerar, o indicado é no máximo três colheres de sopa durante o dia.

Outra opção que deve ser ofertada ao animal são as frutas, verduras e legumes frescos. Mas cuidado, não são todos eles indicados para o seu pet. Dentre os que podem ser ofertados está o tomate, o pepino, beterraba, melão, uva, espinafre, couve e acelga, para citarmos apenas alguns.

Os porquinhos não são animais assim tão exigentes quanto pensamos em sua alimentação, mas podem se tornar pets exigentes se considerarmos os cuidados com relação à manutenção de seu espaço, limpeza e organização de sua gaiola.

Exigências Para a Criação De Porquinhos Da Índia

Não são animais muito exigentes para sua criação (talvez por isso sejam tão apreciados como pets) exceto por alguns pontos relacionados a sua criação doméstica. Dentre eles, podemos citar a necessidade de espaço. Sua gaiola deve ser espaçosa e recomendamos que a mesma tenha pelo menos um metro quadrado para que o animal possa se locomover de maneira adequada e sem restrições.

Ainda em relação a sua gaiola, há inúmeras opções que você pode escolher. A sua gaiola ou cercadinho, deve ser forrado com jornal velho ou serragem e regularmente deve ser limpa. Pelo menos a cada três dias, troque a serragem ou o jornal para evitar que fique com mau cheiro e comprometa a saúde do pet com a exposição prolongada as próprias fezes.

Outra exigência em sua gaiola ou cercado é quanto a distribuição do espaço. É necessário a colocação de comedouro e bebedouro que devem ser higienizados regularmente. Também deve ser disposto uma estrutura que permita ao animal esconder-se, como uma casinha ou um cano que igualmente pode ser utilizado para que o mesmo se exercite e brinque. Por falar em brincar, os porquinhos da Índia como roedores que são precisam de brinquedos específicos para que possam roer e, desta maneira, desgastar os seus dentes que não param de crescer.

Gaiola De Um Porquinho Da Índia
Gaiola De Um Porquinho Da Índia

Alimentos Que Você Nunca Deve Dar Ao Seu Porquinho

Anteriormente destacamos os alimentos que você pode e deve dar ao seu animalzinho, mas achamos prudente mencionarmos aqueles que você não deve dar, em hipótese alguma porque são extremamente prejudiciais para a sua saúde.

Produtos de origem animal: este é mais que óbvio. Dependendo da forma como o porquinho foi criado e seguindo um pouco do seu instinto guloso eles podem acabar literalmente pedindo comida ao te verem passando por sua gaiola, mas em hipótese alguma de qualquer tipo de alimento de origem animal para eles. Estes pequenos são herbívoros e não possuem um sistema digestivo preparado para alimentos de origem animal.

Outro alimento que também não deve ser dado é o milho, embora não tenha nenhuma contraindicação formal é muito calórico para o porquinho da Índia e alguns incrivelmente podem ser alérgicos a ele. Sim, os porquinhos podem ser alérgicos a determinados alimentos assim como nós.

Nozes e sementes igualmente não podem integrar a alimentação destes pequenos. No caso das nozes apenas não fazem parte de sua alimentação normal e como tal não devem ser administradas.

A Gestação Da Porquinha Da Índia

A gestação da espécie dura em média sessenta e cinco dias, mas pode ser postergada por mais dez, chegando a setenta e cinco dias. Durante a gestação assim como é normal ocorrer com nós seres humanos, a fêmea fica exatamente sensível, exigindo cuidados especiais durante este período.

A alimentação deve ser ainda mais focada em frutas e verduras de maneira a suprir toda a necessidade de vitamina C e cálcio que são fundamentais durante a gestação.

Dentre opções de alimentos que podem ser ofertados temos o brócolis, o espinafre, pepino, cenoura e abóbora.

Normalmente a cada gestação a porquinha da à luz a dois ou três filhotes, mas podem chegar a oito de uma só vez. Incrivelmente logo após parir, cerca de seis a oito horas após, a fêmea já entra novamente no cio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *