Home / Curiosidades / 13 Animais Estranhos e Onde Habitam

13 Animais Estranhos e Onde Habitam

Os animais aqui descritos realmente existem! Eles quase parecem seres extraterrestres e ainda assim são animais “normais” que raramente vemos e é por isso que eles parecem tão incomuns para nós. Conheça todos agora!

Bico-de-tamanco

Os bicos-de-tamancos são um pássaro muito zangado, por isso pode não ser boa ideia conhecê-los de perto. Porém você só terá grandes chances de conhecê-lo se percorrer pela África para encontrá-lo em um ambiente natural.

O melhor lugar para identificar essas espécies estranhas de aves é o Lago Alberta, em Uganda. O bico enorme é uma arma feroz que permite que o pássaro decapite sua presa. O bico de um bico-de-tamanco adulto pode ter até 24 centímetros e este animal come de tudo, de peixes a lagartos e cobras – e até outros pássaros. Felizmente, eles tendem a ter muito medo de nós, humanos!

Toupeira-rato

Esses ratos cegos e sem pelos vivem em colônias com uma rainha, assim como as formigas. Ainda mais louco é que eles não têm limiar de dor e são resistentes ao câncer, o que os torna fascinantes por razões científicas. Estes ratos se abrigam no Quênia, Etiópia e Somália e no zoológico de Bristol.

Cegonha de Marabú

Também chamada cegonha de garganta, pois pode inflar a garganta como uma grande “bolsa” vermelha de carne. O pássaro é cinza no topo, branco no peito, careca na cabeça, é pesado e tem uma envergadura de cerca de três metros. Também é guloso e come de tudo, desde insetos, peixes, sapos e filhotes de crocodilo até pequenos mamíferos. Está localizado na África Central e do Sul, e no Parque Nacional Mikumi, na Tanzânia.

Boto rosa

Este animal vive na água doce, sozinho ou em bandos, e é chamado de boto rosa da Amazônia. É semelhante ao golfinho de água salgada, mas o boto da Amazônia é maior e possui corcéis em vez de barbatana dorsal. Quando jovem, é cinza, mas eventualmente fica rosa. Golfinhos velhos podem ser completamente brancos. O golfinho da Amazônia é uma criatura amigável e inquisidora, que costuma nadar até barcos na água para explorá-los. É o maior dos golfinhos do rio e gosta de comer mariscos, caranguejos e peixes pequenos.

Ornitorrinco

Quando os exploradores britânicos enviaram espécimes de ornitorrinco pela primeira vez ao Reino Unido, os cientistas pensaram que era uma piada. Além de sua forma um tanto estranha, o bico masculino tem um traço de veneno escondido no pelo de cada perna traseira, tornando a criatura um dos poucos mamíferos venenosos. E como se isso não bastasse, o mamífero põe ovos, mesmo que seja um mamífero. Estranho! Eles estão localizados na Austrália Ocidental, mas a oportunidade de cumprimentar um deles é provavelmente maior no zoológico de Taronga, em Sydney.

Tubarões Raposa

O extraordinário tubarão raposa pode chegar até seis metros de comprimento, e a enorme cauda compõe metade do comprimento do corpo. Este peculiar “pingente” é usado para caçar; o tubarão consegue nadar pela água e bater nas vítimas com o rabo. Suas presas são principalmente peixes e aves marinhas ocasionais. O habitat natural deste animal é o Pacífico Norte, mas se você realmente quer ver um de perto, é possível com uma viagem de mergulho organizada em Malapascua, nas Filipinas.

Jacaré albino

À primeira vista, pode parecer um jacaré com deficiência de vitamina C, mas existem de fato jacarés albinos, embora sejam extremamente raros! Um lugar onde você pode ver esses répteis especiais é na fazenda St. Augustine Alligator, na Flórida.

Macaco de Proboscis

O macaco de Proboscis tem um nariz enorme! É um dos maiores macacos encontrados e pode crescer até 76 centímetros. No entanto, é pelo nariz que é mais conhecido. Os machos é que são os maiores narigudos e as fêmeas acham muito sexy: quanto maior o nariz, mais atraente o macho aparece. Eles podem ser vistos na ilha de Bornéu, na Malásia.

Vaca de orelha longa

De alguma forma, uma raça de animal bastante especial se desenvolveu na Tailândia. Elas têm orelhas extremamente longas, o que as tornam um pouco semelhantes aos coelhos ruminantes. Há controvérsia sobre se as orelhas compridas significam que essas vacas estão ouvindo melhor, mas mesmo assim funcionam muito bem para afastar moscas problemáticas! Esses animais estão localizados na Tailândia.

Dragões marinhos

Você provavelmente já ouviu falar de cavalos-marinhos, mas sabia que também havia dragões-marinhos? Assim como no cavalo-marinho, os espécimes masculinos de dragões marinhos é que cuidam dos ovos por aproximadamente 9 semanas antes da eclosão. Eles estão localizados na costa sul da Austrália, mas possuem uma camuflagem fantástica e, portanto, podem ser muito difíceis de detectar.

Lula vampira do inferno

Durante muito tempo, os pesquisadores ficaram intrigados com o que a “lula vampira do inferno” se alimenta. Vampyroteuthis infernalis é um morador de águas profundas (de 600 a 900 metros ou mais abaixo do nível do mar) bastante discreto. Na verdade, ele nem é um polvo de verdade, mas uma espécie de transição do polvo de dez braços à lula de oito braços. Ele foi descoberto na primeira expedição alemã de alto mar em 1898.

Caracol de Taiwan

Aegista diversifamilia, um caracol terrestre, só recentemente se tornou uma espécie por si só, e há muito tempo era contada entre A. subchinensis. No entanto, análises genéticas provam que os caracóis de Taiwan possuem duas espécies diferentes. Era necessário um novo nome – e como o reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo sexo era um grande tópico em Taiwan, A. diversifamilia deveria representar a diversidade da orientação sexual no reino animal. O nome representa as diferentes formas da família humana e deve sublinhar sua posição igual. A. diversifamilia em si tem como características sexuais masculinas e femininas, um híbrido.

Medusa ovo frito

Um ovo frito flutuante! Este é um cnidário habitante das águas mediterrâneas que tem até 35 cm de altura. É do tamanho de um ovo de avestruz. Sim, como um ovo frito de avestruz nadando no oceano!

Parece tão delicioso, mas é venenodo. Porém, inofensivo para os seres humanos – mas é claro que não é adequado para consumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *