Home / Informações / Poodle Chihuahua Fotos E Características

Poodle Chihuahua Fotos E Características

O poodle chihuahua como o imaginável, é um híbrido, resultado do cruzamento de um poodle toy e um chihuahua. Cruzamentos entre duas raças puras estão sendo comuns entre criadores para gerar um cão com uma nova aparência e o melhor da mistura das duas raças.

Dificilmente estes cães ganham registros como nova raça, mas apesar disto não deixam de ganhar o interesse de muitas pessoas.

Poodle Chihuahua: Mistura De Aparência

O poodle chihuahua também é chamado mais carinhosamente misturando os dois nomes, como chipoo. Tanto o poodle toy quanto o chihuahua são cães minúsculos, de pequeno porte. Mas muitas características os diferem na aparência e na personalidade. O chihuahua se apresenta na pelagem curta ou longa, lisa ou encaracolada, mas não chega a tanto como a pelagem do poodle e têm quase todas as cores de pelagem inclusa em sua raça. Já o poodle toy apresenta uma única pelagem pertencente à raça, a média encaracolada, mas também apresenta diversas cores da mesma. Enquanto o poodle toy mede de vinte e quatro a vinte e oito centímetros de comprimento, variando somente quatro centímetros para mais ou para menos, o chihuahua é bem menor, podendo medir somente quinze centímetros de altura até vinte e três e pesar incrivelmente somente de um quilo até cinco quilos, para nos aproximarmos mais de tal realidade para quem nunca viu tal cãozinho, ele pesa no máximo o mesmo peso de um comum saco de arroz.

Enquanto o chihuahua pode viver de doze a até os incríveis vinte e um anos de vida, o poodle toy vive em média quinze, mas ambos são considerados longínquos. Podemos dizer que ambas as raças se diferenciam um pouco tanto em aparência quanto em personalidade, mas a última característica tem mais distinção.

Poodle Chihuahua: A Incrível Mistura De Personalidades

Enquanto os poodles toy têm a característica de serem sociáveis e brincalhões não só com seus tutores principais, os adultos, mas com crianças e outros animais também, com o chihuahua não é bem assim, por serem considerados ciumentos e até possessivos, não costumam se dar muito bem com crianças, mas com outros animais costumam conviver sem grandes problemas apesar de não ter toda a disposição para brincadeiras que o primeiro. Os chihuahuas também são considerados medrosos, o que pode o levar a ter certas atitudes mais agressivas, como forma de defesa diante do que ele considera ameaça, talvez por este motivo não são muito chegados a convivência com crianças, pela ciência de toda a sua sensibilidade e fragilidade estando curiosamente entre os menores cães do mundo. Tais atitudes precipitadas podem ser evitadas com o adestramento do cãozinho, apesar de não terem muita facilidade com a mesma.

Poodle Chihuahua no Sofá
Poodle Chihuahua no Sofá

Apesar de serem tão pequeninos, curiosamente são considerados ótimos cães de guarda pela sua audição apurada e seus latidos como forma de aviso a seus tutores diante de qualquer desconfiança. Ganharam a fama de serem cães de luxo, por serem cães de companhia de pequeníssimo porte e geralmente carregado em colos entre os famosos e nas suas aparições em filmes com personagens estereotipados. Mas pelo seu porte pequeno, ambas as raças são versáteis e adaptáveis a diversos espaços, desde o mais pequenos com apartamentos aos maiores. Neste ponto vale falar que por serem cães que gostam de colo e estão suscetíveis ao sedentarismo, a atenção quanto a atividade física, se exercitar, se movimentar no geral e o controle da sua alimentação diante disso são cuidados fundamentais.

São ótimas opções para quem quer um animal companheirinho mas não tem muito espaço em sua casa. Já no caso do chihuahua, pense duas vezes caso tenha crianças em casa, apesar de também criarem vínculos e serem afetuosos, já vimos suas características quanto a isto.

Apresentadas as características gerais de personalidade e aparência das duas raças, já podemos imaginar um pouquinho quem é o tal poodle chihuahua diante das suas misturas e vamos falar um pouquinho mais da história destes cãezinhos.

Um Pouco Sobre o Chihuahua

O chihuahua tem este nome pela sua região de origem mais especificamente o estado, que tem curiosamente exatamente o mesmo nome, no México. Não se sabe exatamente a sua história e a origem de sua raça, o que se tem são especulações, como a de que o cruzamento que deu origem a raça envolvia a raça techichi. É uma raça que tem registro bem antigo e por volta de mil oitocentos e noventa, começou o seu espalhamento e popularidade por todo o mundo, principalmente pelo seu porte super pequeno que passou a agradar e conquistar muitas pessoas.

Curiosamente por serem tão pequenos e pela fêmea ter o útero compatível ao seu porte, geram poucos filhotes em sua reprodução, cerca de somente, um, dois ou três no máximo, o que certamente requer mais cuidado entre os criadores.

Um Pouco Sobre Os Poodles

Quanto a raça poodle muito se sabe, a criação de especificamente o poodle toy envolvido em tal hibridação, surgiu da idealização de um cão pequeno, especialmente o menor entre eles e que tivesse uma expectativa de vida longa, acompanhando o tutor por um bom tempo, realmente como um cão companheiro que é. Seguido deles em ordem crescente e um pouco maior temos o poodle miniatura ou anão, como também é conhecido, com seus de vinte e oito (comprimento que termina a classificação toy), variando até trinta e oito centímetros de comprimento.

Ainda em ordem crescente, em seguida temos o médio, o mais comum entre eles, que entre leigos pode ser preconcebido como única aparência da raça, medindo de trinta e cinco a quarenta e cinco centímetros de comprimento e por último o maior de todos eles e que de fato deu origem a raça como primeira criação, medindo de quarenta e cinco a sessenta centímetros de comprimento. Sua criação tem origem na França, usando também uma raça francesa no cruzamento para o seu nascimento, a barbet. Curiosamente é classificada como a segunda mais inteligente raça do mundo, com muito facilidade em adestramentos, atrás somente da do border collie.

Os maiores e os médios são considerados muito fortes e resistentes a doenças genéticas, enquanto os menores, como o esperado, mais frágeis e sensíveis pelo seu porte, assim como o chihuahua e o poodle chihuahua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *