Home / Informações / Hiena Riscada

Hiena Riscada

A hiena riscada (nome científico Hyaena hyaena) também chamada de hiena raiada ou hiena listrada, é das espécies de hiena existentes atualmente. Lembrando que a hiena é um animal mamífero e carnívoro, essencialmente silvestre, e que pertence à família Hyaenidae.

Ao todo, acredita-se que haviam 24 espécies de hiena, no entanto a maioria delas já está extinta. As espécies presentem hoje em dia, além da hiena riscada, incluem a hiena-malhada (nome científico Crocuta crocuta) e a hiena-castanha (nome científico Hyaena brunnea). No entanto, a maior população corresponde à da hiena malhada, encontrada principalmente em parques ambientais da Tanzânia, Quênia e África do Sul.

Além das sua incrível velocidade em perseguição à presa, seus dentes afiados e extremamente desenvolvidos, a hiena também é conhecida pelos seus hábitos alimentares. Este animal é considerado carnívoro, no entanto também é coprófago, ou seja, se alimenta de restos de animais em decomposição. Adicionado a esses dois padrões, a hiena também pode ingerir frutos, raízes, insetos e presas menos comuns, a exemplo das cobras e peixes.

Em relação à ingestão de frutos, em Israel, ela é famosa por atacar com frequência canteiros de melão, causando conflitos entre os fruticultores locais.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a hiena riscada e suas características básicas. Então, se você é um grande curioso do mundo animal, este artigo foi feito para você.

Venha conosco e boa leitura.

Hiena Riscada: Taxonomia

A hiena riscada pertence ao Reino Animalia, Filo Chordata, Classe Mammalia, Ordem Carnívora, Família Hyaenidae e Gênero Hyaena.

O binômio Hyaena hyaena foi atribuído por Lineu no ano de 1758.

Hiena Riscada: Características Físicas

O comprimento da hiena riscada é semelhante ao comprimento da hiena castanha, e menor do que o comprimento da hiena malhada. São 1,30 metros de extensão, desconsiderando a cauda (a qual, nesta espécie particularmente, é considerada longa).

A cauda da hiena riscada mede de 25 a 40 centímetros de comprimento. O peso corporal desta espécie varia de 25 a 60 quilos. Medindo este animal do chão até a altura do ombro, é obtida uma média de 70 a 80 centímetros.

Assim como a hiena castanha, a hiena riscada tem pêlos proeminentes ao longo do dorso e área lombar. No entanto, o que mais chama a atenção na hiena riscada é que há uma grande concentração de pêlos, frequentemente eriçados, ao longo das costas, como se fosse uma linha contínua, partindo de trás da cabeça, em direção à cauda.  Durante o inverno, os pêlos da hiena malhada, curiosamente, tornam-se mais longos.

Hinena Malhada e Hiena Riscada
Hinena Malhada e Hiena Riscada

Uma das características físicas mais marcantes deste animal, e a responsável pelo recebimento do nome “hiena riscada”, são as listras ao longo do corpo. Estas listras são de cor preta e lembram bastante o padrão existente em tigres.

A face da hiena pode lembrar a face de um cachorro, no entanto as hienas são conhecidas por serem animais atarracados, furtivos e de expressão facial nada amigável, por conta disso, não há uma representação social positiva sobre estes animais. Outros fatores que auxiliam na má-reputação são a coloração do pelo em castanho (que remete a uma tonalidade de “sujeira”), associada ao grito áspero e estridente, o andar em manquejo, o mal-cheiro e, é claro, a coprofagia.

Por serem predadores, terem um aspecto e comportamento relativamente repugnantes, mitos tribos africanas alimentavam a lenda de que as hienas eram encarnação de espíritos de feiticeiras servientes à magia negra.

Como auxiliar ao comportamento de predador, uma grande característica física é a mandíbula extremamente desenvolvida, seja pela musculatura, seja pelos dentes afiadíssimos e prontos para triturar até mesmo materiais mais duros como chifres e ossos. A mordida da hiena é considerada a mordida mais perigosa do mundo animal.

Hiena Riscada: Localização Geográfica

Hiena Riscada Africana
Hiena Riscada Africana

As hienas riscadas estão presentes em áreas de aproximadamente 50 países, pertencentes aos continentes asiáticos e africanos. Assim como as demais espécies de hiena, ela não está em extinção, mas enquadra-se na posição de vulnerabilidade.

Um fato curioso é que há registros, do ano de 2016, que falam que essas hienas já foram vistas em companhia de uma matilha de lobo cinzento, se movendo ao longo do Deserto de Negueve. Este deserto ocupa 60 % do território de Israel, e está localizado ao sul do país.

Hiena Riscada: Padrões Comportamentais

A hiena riscada vive em clãs (grupos) menores do que os existentes para as espécies malhada e castanha. Normalmente, os clãs das hienas riscadas são formados por uma ou duas fêmeas reprodutoras e  alguns machos adultos.

A hiena riscada é um pouco mais solitária que as demais e dificilmente envolve o clã nas atividades de caçada. Também não há grande interação social entre os membros do clã para outras atividades, de forma geral.

O repertório vocal também é um pouco mais reduzido em relação à hiena malhada e castanha. Esta redução no repertório é compensada com a comunicação através de odores, essencial para a demarcação do território e para a reprodução.

Muitos especialistas comparam o som estridente emitido pela hiena com latidos. No entanto, sabe-se que esses sons são um padrão de comunicação que pode variar um pouco entre as espécies. Atualmente, estes sons já começaram a ser estudados.

Filhote de Hiena Riscada
Filhote de Hiena Riscada

Além de consumirem restos de animais em decomposição, as hienas também ingerem fezes de outros animais, a exemplo do leão. Para localizar as carcaças em meio ao deserto, as hienas observam o comportamento e a movimentação dos abutres. As fêmeas além de se alimentarem, levam a comida até seus filhotes, oferecendo a eles na forma de vômito. A primeira alimentação após o desmame dos filhotes é formada por vômito de carne apodrecida ou fezes.

Mesmo sendo animais silvestres e carnívoros, curiosamente muitas pessoas no continente africano domesticam hienas e as criam como cachorros. Nestes casos também procedem ao uso de uma focinheira para evitar que forte mandíbula do animal possa causar algum dano.

*

Agora que você já conhece algumas características da hiena riscada, continue conosco e visite também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Cultura Mix. Curiosidades Sobre a Hiena. Disponível em: < http://animais.culturamix.com/informacoes/felinos/curiosidades-sobre-a-hiena-como-este-animal-vive-e-seus-costumes>;

DAVID, P. K. Mundo Gump. Hienas- Animais Perigosos. Disponível em: < http://www.mundogump.com.br/hienas-animais-perigosos/>;

NOVAIS, V. Hienas usam perfumes de bactérias para comunicar. Disponível em: < https://www.publico.pt/2013/11/14/ciencia/noticia/hienas-usam-perfume-de-bacterias-para-comunicar-1612479>;

STAFF, T. The Times of Israel. In Israel, hyenas and wolves team up to survive. Disponível em: < http://www.timesofisrael.com/in-israel-hyenas-and-wolves-team-up-to-survive/>.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *