Home / Informações / Criatório de Pintassilgo Português

Criatório de Pintassilgo Português

O pintassilgo português é uma ave da ordem dos passeriformes, conhecidos popularmente como passarinhos ou pássaros.

A maior ordem que existe, com cerca de seis mil espécies e dona de mais da metade das espécies de aves existentes. Os pintassilgos apresentam um forte poliformismo, ou seja, uma diversidade muito grande na sua aparência, o que gerou muitas subespécies. O pintassilgo português é uma delas.

Parecidos com os muitos outros, têm pequeno porte, aproximadamente treze centímetros, pesando cerca de vinte gramas. Sua aparência é bem colorida, possui a face vermelha, a cabeça branca, o peito branco, as costas marrom e preta, as asas pretas com detalhes em amarelo, olhos pretos e o bico rosado pontiagudo.

Suas cores realçam mais durante o voo com suas asas abertas. Sua espécie não possui diformismo sexual, ou seja, é bem difícil se não impossível, distinguir os sexos, a fêmea do macho. Para diferenciar um filhote de um adulto é só se atentar as suas penas, o filhote possui manchas mais escuras.

Seu comportamento também é parecido aos dos outros tantos, normalmente na natureza vivem em bandos de até quarenta pássaros quando não estão em reprodução.

Além de sua bela aparência, seu canto é de uma bonita melodia, é música para os ouvidos, o que acaba encantando qualquer pessoa, ainda mais os amantes de pássaros, o que pode instigar mais alguns amantes também interessados em começar a criar, não ter essa beleza só disponível vez ou outra na natureza, mas mais pertinho todo o dia.

Algumas pessoas que já o criam, os conhece bem, e concordam que o macho é dono do canto mais belo em comparação a fêmea, apesar da fêmea não ficar muito longe do mais encantador nesse caso.

Criatório de Pintassilgo Português: O Que Você Precisa Saber Antes de Começar a Criar?

Para o otimismo de você que está interessado em começar a criar e chegou até aqui, essas aves são fáceis de cuidar e lidar. Geralmente têm a característica de se adaptar bem a viveiros desde que sejam adequados, ideais e responsáveis, pensando no bem estar e saúde da ave, claro.

Outra característica é que geralmente se relacionam de forma amistosa com outras aves, mesmo que o mais adequado seja criar um casal fora da presença de outros pássaros se seu objetivo inclui reprodução por exemplo, o criando com canário daria chance de acasalamento e reprodução de híbridos. Para a reprodução de pintassilgos portugueses puros o que te daria mais chance de conseguir, seria somente em um espaço com uma fêmea e um macho.

Ainda sobre o seu espaço, o mais ideal seria um viveiro ao ar livre, com plantas em abundância, sempre o mais perto possível do seu habitat natural e da sua vida selvagem na natureza, não pensando só em você satisfeito como criador, mas a ave satisfeita como ave, o que interfere também na sua saúde, reprodução e expectativa de vida. As plantas mais apropriadas presentes no espaço são as perenes, como as coníferas.

Se chegarem a se reproduzirem, são nessas mesmas plantas disponíveis que seu ninho será feito. Mas se achar melhor, fica por conta da sua preferência, já que podem se adaptar a ninhos já feitos por você colocados no viveiro também. Sua alimentação não tem segredo, igual a quando se alimentam na natureza, é a base de sementes encontradas facilmente em lojas especializadas.

Sua alimentação só tem um detalhe a mais o que não geraria grande trabalho, na reprodução, é necessário incluir insetos na sua alimentação, assim como seria na natureza, como larvas por exemplo, de fácil acesso também.

Por serem pássaros considerados ativos, podem voltar a se reproduzir pouco tempo depois da independência dos novos pintassilguinhos portugueses. Possivelmente um dos motivos que fez você querer criar o pintassilgo português também o fará se atentar a sua saúde e bem estar, se estiver satisfeito vivendo de forma doméstica, certamente cantará sem grandes esforços e tanto você quanto ele estarão felizes.

Onde Estes Pássaros Encontram na Natureza?

Não são aves raras de serem encontradas, seu habitat se abrange por grande parte do mundo. Os pintassilgos portugueses são comuns em toda Europa, em algumas regiões é mais abundante em outras menos. Seu habitat natural são zonas temperadas, mas algumas populações podem migrar para um lado oposto no inverno, o sul. Em algumas regiões do mundo seu habitat não foi conquistado naturalmente, mas foram introduzidas pela ação humana, como algumas ilhas da Oceania.

Pintassilgo Português Em Cima de um Galho
Pintassilgo Português Em Cima de um Galho

Criatório de Pintassilgo Português: Do que se alimentam?

Geralmente essas pequenas aves da ordem passeriformes são fringilídeos, assim como o pintassilgo português, ou seja, se alimentam de sementes.

O pintassilgo português se alimenta de sementes de plantas silvestres, como as de cardo, o que deu origem a uma curiosidade que contaremos para você em breve, incluindo árvores, pode se alimentar também de insetos, especialmente na fase reprodutiva por conta dos nutrientes a mais necessários no corpo para serem passados aos seus filhotes. Por se alimentarem das sementes de cardos, esse pássaro pode ser vistos em plantações da mesma no outono e no inverno. Algumas outras maioria das espécies incluem frutas, pequenos invertebrados e alguns vertebrados na sua alimentação.

Dois Pintassilgo Português Se Alimentando
Dois Pintassilgo Português Se Alimentando

Como se Reproduzem?

Como característica de aves, são bem leais, fiéis, cuidadores e protetores a sua família reprodutiva. Eles vivem de forma selvagem em bandos de até quarenta pássaros, mas quando estão em reprodução os abandonam e vivem somente entre casais, voltam ao bando, somente após a eclosão do ovo e o nascimento dos filhotes.

Sua reprodução é feita entre abril e maio anualmente. Geralmente colocam de quatro a seis ovos por reprodução. Seus ninhos são feitos engenhosamente em árvores de bosques, parques e jardins. Seus ovos são proporcionais ao de uma espécie de pássaro pequena, azuis com manchas pretas.

Sua plumagem começa a aparecer no período de duas a três semanas. Antes desse período são pelados e totalmente dependentes dos pais. A incubação é feita pela fêmea. A eclosão dos ovos e nascimento dos filhotes acontece entre onze e quatorze dias.

Curiosidade Sobre o Pintassilgo Português 

No ocidente o pintassilgo português é símbolo da resistência, fertilidade e perseverança pela sua alimentação a base de algumas sementes de algumas plantas, como o cardo que são consideradas símbolo da paixão de Cristo e da crença da sua morte por nós, o sacrifício de Jesus.

Pintassilgo Português 
Pintassilgo Português

Dúvidas dos Leitores – Portal dos Animais Responde:

Meus Pintassilgos estão muito bravos, o que fazer para acalmá-los?

Para acalmar seu Pintassilgo tem algumas informações necessárias, como o tamanho da gaiola, é recomendado que tenha pelo menos 50 cm de altura e possuir poleiros para que ele consiga voar. A gaiola deve ser bem ventilada e não ter contato direto com o sol.

A água do Pintassilgo deve sempre ser trocada, retirar diariamente os excrementos e sujeira da gaiola, além de limpar totalmente a gaiola uma vez por semana.

Caso persista, ele deve ser levado ao veterinário, pois pode estar com algo mais sério.

5 comentários

  1. Boa tarde, moro em TIANGUÁ CE, quero saber onde posso compra pintassilgo português mais próximo da minha cidade ou estado, meu email [email protected] ou [email protected], no aguardo, quero saber ainda preços de casal ou de unidade.

  2. Bom dia, quero saber onde posso comprar um casal de pintassilgo português, moro na zona norte do Ceará.

  3. Gostaria de adquirir um casal de pintassilgo português

  4. Boa noite ! Oque posso oferecer para meu pintassilgo português. Eles tb estão muito bravos oque posso fazer? Estão em gaiolas separadas e grandes

    • Boa noite Murilo!
      Para acalmar seu Pintassilgo tem algumas informações necessárias, como o tamanho da gaiola, é recomendado que tenha pelo menos 50 cm de altura e possuir poleiros para que ele consiga voar. A gaiola deve ser bem ventilada e não ter contato direto com o sol.
      A água do Pintassilgo deve sempre ser trocada, retirar diariamente os excrementos e sujeira da gaiola, além de limpar totalmente a gaiola uma vez por semana.
      Caso persista, ele deve ser levado ao veterinário, pois pode estar com algo mais sério.
      Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *