Home / Informações / Como Cuidar de Hamster

Como Cuidar de Hamster

Os hamsters são mamíferos roedores pertencentes a família cricetidae e nativos da África e Ásia.

A palavra hamster tem origem da palavra alemã hamstern , que significa ‘acumular’ ou ‘armazenar’, em referência as bochechas dilatáveis que servem para armazenar a comida e somente ingeri-la posteriormente.

Existem 17 espécies de hamster reconhecidas, sendo que apenas 5 são domesticáveis.

Como Cuidar do Hamster
Como Cuidar do Hamster

Hamster Sírio

Nome científico: Mesocricetus auratus

É a espécie mais comum no Brasil e de maior porte, chegando a medir até 18 cm. Possui uma expectativa de vida de 2 a 2,5 anos, mas quando bem cuidado pode chegar até os 4 anos.

Nativo da Síria, é originalmente dourado, em decorrência da necessidade de se camuflar nas áreas do deserto. Atualmente pode ser encontrado nas mais diversas cores, muitas produzidas artificialmente.

Hamster Sírio
Hamster Sírio

É uma espécie territorialista, portanto não pode conviver com outros hamsters na mesma gaiola. Os filhotes, assim que se tornam independentes, também devem ser separados e, caso haja o acasalamento, devem ser separados imediatamente após a cópula.

Existem 5 diferentes tipos de hamsters sírios:

Hamster Sírio Pelos Curtos: É a pelagem original, com pelos curtos e coloração dourada.

Hamster Sírio Cetin: Apresenta pelos sedosos e brilhantes, nas mais variadas cores.

Hamster Sírio Rex: Apresenta pelos de tamanho médio, ondulados e com aspecto rebelde.

Hamster Sírio Angorá: Encontrado nas mais diversas cores, apresenta longos pelos.

Hamster Sírio Angorá: Não apresenta nenhum pelos, ou seja, é um animal exótico e raro. Devido sua aparência, recebeu o apelido de Hamster Alien.

Hamster Chinês 

Nome científico: Cricetulus griseus

Natural da Mongólia e China, o hamster chinês é o único dentre as espécies domesticáveis que apresenta rabo, sendo conhecido como hamster ratinho. Possui uma expectativa de vida de 2 a 3 anos.

Apresenta um porte pequeno, com aproximadamente 10 cm a 12 cm e não gosta de viver em companhia de outros hamsters, exceto quando é, desde pequeno, acostumado dessa maneira. A fêmea se torna muito agressiva durante a gravidez, portanto, mesmo que sejam acostumados a viver juntos, o ideal é separá-los até o nascimento dos filhotes.

A cor original é marrom, com uma linha dorsal preta, mas existem algumas variações, principalmente na coloração cinza com manchas brancas.

Hamster Campbell 

Nome científico: Phodopus campbelli

Natural da Ásia Central, é uma espécie sociável que convive bem com outros hamster, inclusive na mesma gaiola, desde que haja espaço suficiente. Em contrapartida, não são muito tolerantes com humanos, portanto não gostam de carinho e colo.

Mede entre 10 a 12 cm e vive em média de 1,5 a 2 anos, podendo chegar até os 3 anos. Pode ser encontrado nas mais diversas variedades de cores.

Hamster Winter-White  

Nome científico: Phodopus sungorus

Também conhecido como hamster siberiano ou hamster albino, mede entre 8 a 10 cm de comprimento.

No decorrer do dia, pode apresentar uma mudança de coloração, tornando-se mais claro ou escuro. Essa característica era fundamental em seu estágio silvestre, mediante a necessidade de se camuflar na neve durante o inverno.

É a espécie mais difícil de ser encontrada em pet shop e possui, originalmente, uma coloração acinzentada que, como mencionado, por se tornar bem clara. Atualmente podem apresentar algumas variações de coloração, mas nunca fugindo muito do original.

Hamster Roborovski 

Nome científico: Phodopus roborovskii

Nativo da Mongólia e China, é a menor e mais rara espécie mantida em cativeiro no Brasil, apresenta um tamanho de 4 a 5 cm de comprimento. Em relação as outras espécies, apresenta uma alta expectativa de vida, de 3 a 3,5 anos podendo chegar aos 5 anos.

É o mais veloz dentre os hamsters, portanto o seu manuseio pode ser difícil, principalmente para crianças. Também necessita de um aquário adaptado ou gaiola sem grades, uma vez que em gaiolas tradicionais ele conseguirá fugir facilmente entre as grades.

É sociável tanto com humanos quanto com outros hamsters, portanto não há problema em mantê-lo junto com outro hamster da mesma espécie. Pode ser encontrado em duas versões, a normal, que apresenta um aspecto acastanhado com partes brancas e a coloração branca, onde é possível observar apenas um leve e suave tom cinza em meio a pelagem branca.

Idade Ideal para Adoção

O período ideal de adoção é entre 4 a 8 semanas, sendo que antes disso você poderá privar o animal da alimentação materna e posteriormente é possível que adote uma fêmea prenha, já que atingem a maturidade sexual com essa idade.

O melhor horário para escolha é no período da tarde, uma vez que o animal dorme de dia, podendo se tornar difícil perceber as características particulares quando ele estiver sonolento.

Identificando o Sexo do Animal

Além do macho apresentar um tamanho levemente superior do que a fêmea, existem outras maneiras de se identificar o sexo do hamster.

Primeiramente, procure no abdômen a presença de glândulas mamárias, ou seja, de tetas. Caso encontre, significa que é uma fêmea. Caso não identifique, principalmente em animais com menos de 2 meses, verifique se a região genital apresenta um formado arredondado, ou seja, o saco escrotal. Caso encontre, é um macho.

Casal de Hamster
Casal de Hamster

Se não identificar nem as glândulas nem o saco escrotal, pode recorrer a um terceiro método. Na região genital existem dois orifícios, com bordas levemente elevadas e aspecto rosado, uma dessas cavidades é a área urogenital, ou seja, urinária e genital e a outra o ânus. Nas fêmeas, ambas cavidades estão muito próximas, sendo difícil, inclusive, diferenciar uma da outra. Já nos machos, as aberturas são distantes deixando evidente a separação entre as duas áreas.

Se mesmo assim não estiver certo do sexo do seu hamster, procure um veterinário para identificá-lo. Além disso, é preciso verificar se a dificuldade da identificação está relacionada a alguma deformação do animal.

Cuidados na Alimentação

O hamster é um animal guloso que come qualquer coisa, mas isso não significa que ele pode comer de tudo. Alguns alimentos podem, inclusive, causar a morte do seu animal.

O ideal é que a dieta seja constituída pela ração própria para hamster. Ela é composta por uma mistura de sementes e vegetais, com a quantidade ideal de proteínas, minerais e vitaminas que o animal necessita.

Alimentação do Hamster
Alimentação do Hamster

Eventualmente, pode-se oferecer uma porção de fruta, desde que não seja cítrica, já que essas podem causar fortes dores abdominais no animal. Além disso também é possível oferecer alguns vegetais, principalmente a cenoura que é extremamente benéfica. A alface, apesar de não fazer mal, pode causar diária quando em excesso.

O ovo cozido também pode ser incluído, ocasionalmente, como forma de fonte adicional de proteína. No caso dos filhotes, pode ser a primeira comida sólida a ser oferecida, por apresentar benefícios para o crescimento.

O hamster deve ser alimentado apenas uma vez por dia e, em caso de alimentos distintos de ração, a quantidade jamais deve ser superior a duas colheres de sopa. O momento ideal para a alimentação é logo após o animal acordar, no final da tarde.

Jamais ofereça qualquer alimento com alto teor de açúcar, óleo ou sal.

Por fim, sempre deixe água limpa e fresca em sua gaiola. Se preferir, pode comprar a garrafa própria para o hamster, com capacidade de armazenar água para até uma semana, sem necessidade de troca.

Hamster Alimentação
Hamster Alimentação

Cuidados com a Gaiola

A gaiola deve ter espaço suficiente para a roda de correr, um espaço para ser usado de banheiro e um canto para o ninho, portanto é importante que disponibilize ao menos 130 cm² por hamster que ocupará o espaço. Também é importante verificar se a distância entre as grades condiz com a espécie escolhida, sem risco de eventuais fugas. Caso necessário, opte por uma gaiola sem grades ou um aquário adaptado.

O local da gaiola deve ser livre da exposição direta ao sol e correntes de vento, sendo melhor escolher um local sem muito barulho ou movimento. O hamster é um animal com hábitos noturnos, portanto deixar a gaiola no quarto pode se tornar um problema na hora que você for dormir.

Usualmente, utiliza-se serragem como forma de forragem, mas esse material pode liberar gases que são prejudiciais ao animal. O papel picado é uma excelente opção para ninho e a areia para sanitário, mas nenhum deles é indicado para forragem como um todo. A melhor escolha de forragem são lascas de madeira, também encontrada em pet shop.

Hamster na Gaiola
Hamster na Gaiola

O papel picado deve ser disponibilizado quando houver a necessidade da construção de um ninho. Cuide para oferecer apenas papel sem tinta ou qualquer produto tóxico, já que o animal irá colocá-lo na boca na hora de criar seu ninho. Se quiser criar um espaço propício para o ninho, coloque uma caixinha de madeira com papel picado em algum canto, de modo a formar um abrigo. O seu hamster se sentirá protegido nesse espaço para dar à luz.

É importante criar um espaço adequado para ser utilizado como banheiro, para facilitar a manutenção de limpeza da gaiola. Para isso, você pode colocar uma caixinha de área sanitária que não precisa ser trocada diariamente ou então colocar um pote virado com forragem dentro, que deverá ser trocada diariamente. Em ambos os casos, se ele não entender que é para fazer as necessidades naquele espaço, misture um pouco de forragem com urina no local e ele entenderá na hora.

A limpeza da gaiola e troca de forragem deve ser feita entre 7 a 10 dias, sendo que um intervalo de tempo menor poderá causar estresse no animal. Sempre utilize sabão neutro e jamais um produto químico, que pode ser tóxico. O hamster é muito higiênico, portanto qualquer cheiro desagradável será em decorrência da maneira que você limpa a gaiola e seus acessórios.

Gaiola Para Hamster
Gaiola Para Hamster

Acessórios essenciais

A roda de correr é indispensável para o animal, mesmo em um espaço restrito, praticar a corrida necessária para o gasto da energia acumulada durante o dia.

O globo do hamster, uma bola de plástico em que você coloca o animal dentro e o movimento de correr faz o globo girar, também é um ótimo presente para seu animal. Além de queimar energia, ele também explora o ambiente sem correr riscos desnecessários, desde que se tenha o cuidado de não o deixar próximo de escadas.

Por fim, aposte nos túneis para criar um entretenimento diferenciado ao seu bichinho.

Hamster na Roda de Correr
Hamster na Roda de Correr

Como acasalar um hamster

A maturidade sexual ocorre, nas fêmeas, em todo de quatro semanas de vida. Mas apesar disso, um parto dessa idade pode trazer complicações graves para seu animal. Sendo assim, a melhor idade para a fêmea procriar é com cerca de 4 meses de idade.

No momento em que colocar a fêmea na gaiola do macho, observe por algum tempo e, se ocorrer briga, separe imediatamente. Não adianta deixar mais tempo para eles se acostumarem pois isso não irá acontecer e, o pior de tudo, eles podem se machucar seriamente. Neste caso, a única solução é procurar um novo parceiro (a).

Filhotes de Hamster
Filhotes de Hamster

Em caso de a cópula ser bem-sucedida, a gestação dura entre 16 a 30 dias, de acordo com cada espécie e a quantidade de filhotes da ninhada varia de quatro a seis. Algumas espécies podem ultrapassar essa quantidade, como por exemplo o hamster Campbell, pode gerar até 14 filhotes em uma única ninhada.

Cuidados necessários com os filhotes

Inicialmente é importante você saber que jamais deve perturbar a fêmea quando ela estiver amamentando, mesmo que pense em ajudar de alguma maneira.

Após duas semanas, você já pode pegar o filhote, apenas por um curto período suficiente para limpar o ninho. Nesta idade eles já podem comer comida sólidas e a medida que eles forem crescendo, comece a introduzir a ração própria para hamsters.

Criar um animal é gratificante, mas exige responsabilidade. Lembre-se que você é o único responsável pelo seu bem-estar, portanto, se existe o risco de você negligenciar os cuidados mais básicos, por favor, não adote um hamster. Mas se você está ciente das responsabilidades e pronto para cumpri-las, tenho certeza que esse animal irá proporcionar momentos incríveis em sua vida.

Fotos de Hamster 

Ao elaborar esse artigo, nós, do Portal dos Animais, nos preocupamos em reunir, de maneira resumida, porém completa, todas as informações necessárias para você proporcionar o melhor para seu hamster. Mas se ficou alguma dúvida, deixe um comentário que teremos o maior prazer em te ajudar. E se você é um criador experiente, que tal compartilhar algumas dicas conosco?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *