Home / Informações / Animais que Começam com a Letra C

Animais que Começam com a Letra C

Carpa-comum 

A carpa-comum é uma espécie de peixe que tem origem nos rios e lagos da Ásia, Europa e África. No Brasil, o cultivo de carpas é maior nas regiões sul e sudeste, pois as condições climáticas são mais favoráveis.

A coloração desse peixe é em tons de cinza prateado. A carpa-comum pode chegar a medir 100 centímetros e pesar 100 kg. Porém, é comum que elas sejam comercializadas ao atingirem de 2 a 6 kg.

Na China, a carpa-comum é vista como um símbolo de honra. Isso porque esse peixe é forte e consegue nadar contra a correnteza.

Coala 

O coala é um animal de origem australiana. Seu nome deriva do dialeto aborígine e significa “não bebe”, em referência ao fato de que a maior parte do líquido ingerido pelo animal vem das folhas de eucalipto que ele come.

O pelo desse mamífero varia de acordo com a região em que habita. No norte da Austrália, por exemplo, a pelagem é mais curta e acinzentada. Já no sul, a pelagem é mais longa e em tons de castanho.

Os coalas podem chegar a 60 centímetros de comprimento e pesar aproximadamente 12kg. A cabeça desse animal é pequena, com o focinho curto e os olhos bem separados.

O nariz é grosso e achatado, dotado de fossas nasais que ajudam na manutenção do seu equilíbrio térmico.

Cascavel-chifruda 

A cascavel-chifruda é uma serpente que habita regiões áridas e desérticas do sudoeste dos EUA e do nordeste do México.

Como bem diz o seu nome, essa cobra possui dois chifres na cabeça. A cascavel-chifruda mede de 40 a 75 centímetros de comprimento.

O veneno dessa espécie é mais fraco se comparado às outras serpentes da mesma família. Porém, uma picada da cascavel-chifruda pode causar dor intensa.

Durante o dia, ela se esconde em tocas. Sua pele bege e marrom facilita a camuflagem. Quando chega a noite, ela sai para caçar.

Coruja 

Atualmente, há mais de 200 espécies de corujas classificadas em todo o mundo. Elas se diferenciam pela plumagem, pela dieta e pelo local em que habitam.

As diferentes espécies têm em comum o fato de serem essencialmente carnívoras e de natureza predatória.

A coruja é uma ave crepuscular. Seus olhos avantajados são sua principal característica.

Algumas espécies são tipicamente brasileiras. A mais famosa talvez seja a corujinha-do-mato. Além do Brasil, ela pode ser encontrada na Costa Rica, na Bolívia, no Paraguai e na Argentina.

A corujinha-do-mato me aproximadamente 22 centímetros e pode pesar de 97 e 134 gramas.

Chimpanzé 

Os chimpanzés são primatas muito sociáveis e que têm origem nas florestas africanas. Eles vivem em comunidades com centenas de indivíduos comandados por um macho dominante.

O tamanho dos chimpanzés chega a 1,2 metros nos machos e 70 centímetros nas fêmeas. Já o peso desses animais varia de 40 a 50 kg. Ambos, machos e fêmeas, têm expectativa média de vida em torno de 50 anos.

Esses primatas apresentam um comportamento curioso. Frequentemente, os machos realizam desafios para determinar quem são os mais fortes e os mais valentes. Eles eriçam os pelos, ficam de pé e batem nos troncos das árvores, arrastando ou quebrando os galhos.

Crocodilo do Nilo 

O crocodilo do Nilo distribui-se da bacia do Nilo às regiões a sul do deserto do Saara, passando também por Madagascar e pelo arquipélago das Comores.

Considerado um dos maiores crocodilos do mundo, essa espécie pesa de 220 a 550 kg. A fêmea mede de 2,4 a 3,8 metros de comprimento, enquanto os machos podem chegar a incríveis 4,2 metros.

Outra característica do crocodilo do Nilo que chama a atenção é a sua visão noturna. Durante a noite, suas pupilas dilatam consideravelmente, assim como os felinos, o que acaba sendo uma vantagem predatória.

Canguru de Bennett 

O canguru de Bennett encontra-se na região sul da Austrália e na Tasmânia, em áreas de planícies áridas e de savanas.

Os machos são maiores do que as fêmeas, chegando a medir 1,1 metro de altura, enquanto elas não passam de 1 metro.

O canguru Bennett possui uma pelagem castanha-acinzentada e com tons mais avermelhados na região da nuca e dos ombros. Ele costuma se deslocar com saltos de 1 a 2 metros.

Essa espécie de canguru vive, em média, por 20 anos. A maturidade sexual é alcançada a partir dos 15 meses, para as fêmeas, e aos 20 meses para os machos.

Curiosidade – Para regular a temperatura corporal, esse canguru lambe as mãos e os antebraços durante o tempo quente.

Cisne negro 

O cisne negro é uma espécie muito comum na região sul da Austrália e nas ilhas costeiras adjacentes.

Ele apresenta uma plumagem toda negra. Porém, as pontas das asas são brancas. O bico dessa ave é vermelho com uma mancha branca na extremidade.

O cisne negro mede de 1,6 a 2 metros de envergadura das asas. Seu peso é de aproximadamente 8,7 kg.

Geralmente, o período de reprodução do cisne negro acontece nos meses mais chuvosos de inverno. Ou seja, de fevereiro a setembro.

A fêmea bota de 4 a 8 ovos, os quais são incubados durante 35 a 40 dias.

Essa espécie chegou a ser caçada até a extinção na Nova Zelândia. Mas, felizmente, ela já foi reintroduzida na região amparada por políticas de proteção.

Camelo 

O camelo é um mamífero originário da Ásia Central. Ele é encontrado, na forma selvagem, apenas no deserto de Gobi e em pequena quantidade.

Esse animal é dotado de um longo pescoço e de uma cabeça pequena. Ele pode chegar a pesar 900 kg e medir até dois metros de altura.

O camelo não possui casco, mas sim dois dedos em cada pata, longas unhas e sola achatada.

A maturidade sexual é atingida aos cinco anos de idade. A gestação dura aproximadamente 11 meses e apenas um filhote é gerado.

Sua expectativa de vida está em torno de 50 anos, podendo chegar aos 60 anos em alguns casos raros.

O camelo consegue andar por até 16 horas ininterruptas, sem parar para beber ou comer. Ele é capaz também de carregar até 200 kg por uma distância de 40 km.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *