Home / Informações / Alimentação do Hipopótamo

Alimentação do Hipopótamo

Os hipopótamos são mamíferos de grande porte e de origem africana. Há milhões de anos, não era difícil encontrar hipopótamos espalhados por toda a África, Europa e Ásia. Mais tarde, devido a atividade de caça, esses animais passaram a ficar restritos ao continente africano. Somente duas espécies sobreviveram: Hipopotamus amphibius e Choeropsis liberiensis. Muitos exemplares do primeiro tipo habitam hoje reservas nacionais do Quênia, Tanzânia e Uganda. Já o segundo tipo encontra-se da Libéria até a República dos Camarões.

Mas o que será que um animal tão grande e robusto come para manter seu porte físico? Confira agora essa e outras características do hipopótamo!

Alimentação do Hipopótamo
Alimentação do Hipopótamo

Alimentação

Os hipopótamos são herbívoros. De hábitos noturnos, eles se alimentam da vegetação existente nas margens dos rios e lagos em que habitam, como ervas e plantas aquáticas.

O hipopótamo seleciona seu pasto. Embora a sua refeição seja abundante, ele não costuma devorar os milharais e canaviais que encontra. Pela manhã, após o banquete, o animal sente-se empanturrado e sonolento. Ele então se prepara para digerir os quase 40kg de comida.

Para encontrar comida, o hipopótamo segue as fezes deixadas por outros animais. Esse excremento funciona como pista e indicando os locais onde provavelmente há boa oferta de alimento.

Hipopótamo Sendo Alimentado
Hipopótamo Sendo Alimentado

Se comparado a outros animais que também são de grande porte, o hipopótamo come relativamente pouco. Isso pode ser explicado pelo hábito que o hipopótamo tem de permanecer a maior parte do tempo parado na água, gastando pouquíssima energia.

Em cativeiro, a dieta deles requer uma mistura de plantas, incluindo ervas secas, frutas e vegetais. Os hipopótamos são capazes de comer diariamente até 1,5% de seu peso corporal.

Há registros de canibalismo de machos adultos com filhotes. Mas isso é algo raro de acontecer.

Características

Como dito anteriormente, os hipopótamos são animais de grande porte. Ele pesa de três a quatro toneladas, medindo aproximadamente de 3,8 a 4,3 metros de comprimento, da cabeça ao tronco, e 50 centímetros de cauda. Com orelhas redondas, a cabeça desse mamífero é grande e seu lábio superior cobre o inferior por completo.

O hipopótamo é um dos maiores mamíferos terrestres, atrás apenas dos elefantes e rinocerontes. O corpo, maciço, cilíndrico e de cor cinza-escura, é coberto de uma pele nua, exceto nos lábios, orelhas e extremidade da cauda, com mais de cinco centímetros de espessura.

Sua dentição é herbívora, mas com caninos grandes e afiados, que são usados para se defender. As patas são curtas e com quatro dedos com presença de membrana interdigital.

Características do Hipopótamo
Características do Hipopótamo

O hipopótamo é também um ótimo nadador. A sua grande camada de gordura corporal ajuda o animal a flutuar. Além disso, a gordura estabiliza a temperatura interna do hipopótamo quando ele está dentro da água.

Eles vivem a maior parte do tempo dentro da água, bem tranquilos e preguiçosos. Geralmente, o hipopótamo fica de dois a seis minutos submerso, mas pode permanecer dentro d’água por até 25 minutos.

Em ambiente aquático, não existe rivalidade entre grupos. Porém, em terra, eles são bastante agressivos. Podem atingir a velocidade de até 50 km/h.

Hipopótamo e seu Filhote
Hipopótamo e seu Filhote

Reprodução

As fêmeas dos hipopótamos atingem a maturidade sexual aos cinco ou aos seis anos de idade. Os machos, aos sete anos. Porém, é comum que eles não acasalem até completarem 13 ou 15 anos de idade.

O acasalamento dos hipopótamos ocorre na água em qualquer época do ano. O período de gestação dura de 225 a 257 dias e nasce apenas um filhote, que pesa entre 25 e 55kg.

Após dar a luz, a fêmea cria seu filhote longe do grupo por alguns meses. O desmame tem início entre os seis e os oito meses após o nascimento.

Um hipopótamo pode viver em média 30 anos. Mas, em cativeiro, alguns indivíduos vivem mais de 40 anos.

Hipopótamo Reprodução
Hipopótamo Reprodução

Curiosidades

  • A palavra “hipopótamo” é de origem grega e significa “cavalo do rio”.
  • O fóssil mais antigo de um hipopótamo data de aproximadamente 16 milhões de anos
  • O animal já recebeu os nomes de “cavalo-marinho” e “peixe-cavalo”.
  • Os hipopótamos vivem em grupos de até 20 animais liderados por um macho dominante
  • Na água, os hipopótamos são rápidos e apresentam diversas adaptações. Orelhas e narinas podem se fechar quando o animal imerge no rio.
  • A pele dos hipopótamos é muito sensível a queimaduras solares. Para se proteger, ele solta uma secreção de cor vermelha, que é comumente confundida com sangue. Essa substancia funciona como protetor solar, anti-séptico e anti-bacterecida.
Hipopótamo Curiosidades
Hipopótamo Curiosidades
  • Eles têm uma mordida extremamente forte, equivalente a 810kg. Isso é mais do que o dobro da mordida de um leão.
  • O único predador natural dos hipopótamos são os leões, que os caçam em bandos.
  • Eles causam mais mortes humanas na África do que leões, búfalos, elefantes e rinocerontes juntos
  • São muito agressivos e territorialistas.
  • Antes de atacar, eles avisam a vítima. Geralmente, ele fica encarando e depois abre sua enorme boca para mostrar os dentes. O problema é que muitos confundem esse gesto com um bocejo.
  • Os hipopótamos podem rapidamente ficar desidratados após algumas horas em terra.
  • Às vezes, os hipopótamos emitem um curioso ruído quando soltam jatos de vapor que alcançam até meio metro de altura.
Hipopótamo na Natureza
Hipopótamo na Natureza
  • A posição de olhos, orelhas e narinas está no alto de sua cabeça. Isso possibilita que esses animais vejam, escutem e respirem mesmo que o restante do corpo esteja embaixo d’água.
  • Os hipopótamos eram animais sagrados no antigo Egito. A deusa da fertilidade, Tuéris, era representada como um hipopótamo bípede.
  • Dados mais recentes (2008) da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) apontam o status de conservação do hipopótamo como “vulnerável”. A caça é uma das principais causas.
Crescimento do Hipopótamo
Crescimento do HipopótamoCrescimento do Hipopótamo

Comensalismo

De vez em quando, é comum que alguns passarinhos apareçam e pousam no dorso do hipopótamo. O grandão permanece dócil e não demonstra nenhum desagrado. Tais visitantes são os pica-bois, que fazem a “limpeza” do hipopótamo e também de outros animais selvagens, como o rinoceronte, o búfalo e a girafa.

Essas aves comem os parasitas que se inserem na pele dos hipopótamos. Essa troca de favores harmoniosa é chamada de “comensalismo”.

Fotos de Hipopótamos 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *