Home / Curiosidades / Curiosidades Sobre o Impala

Curiosidades Sobre o Impala

Impalas são antílopes de tamanho médio que vagueiam a savana e as florestas claras de África oriental e meridional. Na estação chuvosa, quando a comida é abundante, eles podem se reunir em grandes rebanhos de várias centenas de animais para navegar sobre gramíneas e ervas, arbustos e brotos. Em um post anterior já descrevemos essa espécie de um modo geral, para conferir esse conteúdo acesse aqui.

Impala Animal
Impala Animal

Dados científicos

Nome comum: Impala | Nome científico: Aepycerus melampus| Filo: Chordata| Classe: Mammalia Ordem: Atiodactyla| Família: Bovidae.

Grupo de convivência

O impala convive com gnus, zebras e avestruzes.

Cauteloso

Uma das características desse animal é a sua cautela. Diante disso, prefere o abrigo das árvores e arbustos aos capinzais, raramente dá o ar da graça em campo aberto.

Impala Cauteloso
Impala Cauteloso

Tática para sobrevivência

O rebanho de impalas tem uma reação característica quando avista uma situação perigosa, o membro que a percebe avisa os demais sobre a aproximação de um predador, como o leopardo. Imediatamente, todos os animais começam a dar saltos no mesmo lugar, ao invés de fugir como fazem os outros antílopes. Seus pulos e volteios alcançam às vezes a altura de 3 metros. Essa pulação desordenada não significa pânico. É um deliberado e eficiente mecanismo de defesa que confunde o atacante e o impede de espalhar o rebanho e assim isolar um deles. Pulando de um lado para o outro, o impala consegue confundir seu perseguidor.

Substância oleosa

Nos cascos traseiros, cobertos de pelos negros, o impala possui glândulas que segregam uma substância oleosa. O cheiro forte dessa substância serve para ele marcar as fronteiras do seu território.

Curiosidades do Impala
Curiosidades do Impala

Habitat

O impala é muito comum na África Ocidental e Meridional.

Dimorfismo sexual

De tamanho médio, com pernas finas e uniformes e pescoço longo, o impala tem 70 a 92 cm e pesa entre 40 e 76 quilos. Os machos são cerca de 20% mais pesados ​​do que as fêmeas e têm chifres largos e de lira de 45 a 91 cm (18-36 polegadas) ou mais, os maiores chifres de antílope na África Oriental.

Os sexos são coloridos igualmente com um revestimento lustroso, marcas brancas incluem a linha do olho, o interior das orelhas, um remendo da garganta, a parte de baixo do torso, e uma cauda espessa; As marcações pretas incluem a coroa entre as orelhas, as pontas da orelha, as listras verticais abaixo dos altos e da cauda. O Impala de face negra (Aepyceros melampus petersi) do sudoeste da África é uma subespécie comparativamente rara cobiçada por caçadores de troféus.

Características do Impala
Características do Impala

Maturidade sexual

Os machos alcançam a maturidade sexual a partir de um 1 ano de vida e as fêmeas aos 20 meses.

Jumper de classe, Visão e Audição

O impala pode correr a velocidades de 90 km/h e saltar cerca de 6 metros para fugir dos predadores.  Possui uma boa visão, audição e reflexos rápidos. Habitualmente, prefere zonas onde exista capim de porte baixo ou médio, com uma fonte de água por perto.

Predadores

São alguns predadores comuns do impala: leões, leopardo, guepardo e hiena. O fato de correrem muito rápido, com a capacidade de pular 3 metros de altura e 10 metros de comprimento, os ajuda a escapar dos predadores.

Predadores do Impala
Predadores do Impala

Reprodução

O impala é um criador sazonal que acasala durante as chuvas e nascimentos seis meses mais tarde, perto do fim da estação seca. Durante a rotina, os machos reprodutores são altamente vociferantes: tanto touros territoriais e solteiros sopram e grunhem furiosamente enquanto correm sobre sinalizando suas caudas brancas. Os proprietários territoriais tentam manter os solteiros separados dos rebanhos de fêmeas e jovens. Grandes rebanhos de até 100 impalas aumentam a competição sexual masculina, e o esgotamento provoca rápida reviravolta territorial. Na África Austral, o comportamento territorial quase cessa após a rotina anual. As populações próximas ao Equador têm dois picos de acasalamento e nascimento, e os machos permanecem territoriais todo o ano. Uma competição sexual mais sustentada poderia explicar os chifres maiores das impalas do Leste Africano.

A maioria dos impalas jovens nascem em torno do meio-dia, pois este é o momento mais seguro para dar à luz desde a maioria de seus inimigos estão descansando. Metade dos recém-nascidos são mortos por predadores nas primeiras semanas de vida. Habitualmente, os jovens impalas escondem-se em bosques ou arbustos muitas vezes por apenas alguns dias antes de se juntarem a um grupo de jovens da mesma idade que se associam e socializam uns com os outros mais do que com suas próprias mães. Grandes rebanhos, a tolerância de fechar o empacotamento por fêmeas distinguem o impala como um dos antílopes os mais gregários.

Filhote de Impala
Filhote de Impala

Status e cheiro

Os impalas masculinos produzem um cheiro de uma glândula em suas testas para anunciar seu status aos rivais. Quando ele perde sua posição, um macho produz menos perfume. Os machos vão lutar por status e território durante toda a época de acasalamento, usando seus chifres como armas.

Extinção

O impala não é uma espécie ameaçada de extinção, exceto a subespécie impala de face negra, endêmico do sudoeste de Angola e norte da Namíbia.

Organização grupal

O grupo de impalas se organiza da seguinte forma: cada grupo tem um macho que irá lutar em defesa de seu grupo e território. Porém, um macho de impala só consegue ser dominante durante 13 dias, isso acontece, pois de tanto correr arrebanhando as fêmeas, copular e lutar contra outros machos, ele literalmente têm suas forças esgotadas e perde a primazia para outro macho.

Impalas em Grupo
Impalas em Grupo

Subespécies de Impala

Dentro do subtipo impala, os pesquisadores reconhecem alguma subespécies. São elas:

  1. Impala-sul-africano (Aepyceros melampus melampus) – Encontra-se no sudeste da Angola.
  1. Impala-malauiano (Aepyceros melampus johnstoni) – Encontra-se no norte de Moçambique, Malauí e leste da Zâmbia.
  1. Impala-de-katanga (Aepyceros melampus katangaei) – Encontra-se no sudeste do Congo.
  1. Impala-de-cara-preta (Aepyceros melampus petersi) – Encontra-se no sudoeste de Angola e sudoeste da África.
  1. Impala-queniano (Aepyceros melampus rendilis) – Encontra-se no Quênia e Uganda.
  1. Impala-tanzaniano (Aepyceros melampus suara) – Encontra-se na Tanzânia e Ruanda.

Fotos do Impala 

E aí, gostou do artigo? Compartilhe com os seus amigos! Combinado? Saiba que todos os dias aqui no blog tem conteúdo atualizado sobre o mundo animal. Caso você queira receber artigos exclusivos no seu e-mail como este post, é só se inscrever em um campo que fica à sua direita na tela. Sugiro que você deixe a sua opinião, dúvida ou sugestão logo abaixo.

Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *