Home / Curiosidades / Curiosidades do Coala

Curiosidades do Coala

Se você já leu o nosso artigo sobre A Origem do Coala, então você sabe que ele é um mamífero típico da Austrália e que se alimenta exclusivamente de folhas de eucalipto.

Infelizmente, esse dócil animal vem sofrendo ameaças desde o momento em que a Inglaterra colonizou a Austrália. Naquela época, tinha-se o hábito de matar os coalas para a confecção de peças de vestuário por meio da pele do coala. Hoje, o maior fator que contribui para a possível extinção desse animal são as queimadas e a atividades de lenhadores.

Curiosidades do Coala
Curiosidades do Coala

Separamos aqui algumas curiosidades algumas curiosidades sobre o fofo e simpático coala. Vem com a gente!

  • Antes da chegada do homem branco, no final do século XVII, o coala costumava ocupar um território três vezes maior do que ocupa atualmente.
  • Estima-se que a destruição de matas, os acidentes de trânsito e os ataques de cães são responsáveis pela morte de aproximadamente quatro mil coalas por ano.
  • Atualmente, acredita-se que existam apenas 100 mil coalas na natureza. Número baixo, se comparado aos milhões que habitavam a Austrália no final do século XIV.
  • Estudiosos acreditam que o nome “coala” vem de uma palavra do dialeto aborígene e significa “não beber”. Essa denominação vem do fato de que os coalas não têm o hábito de beber água. A hidratação deles é feita por meio do suco oleoso das folhas de eucalipto.
  • Os coalas são capazes de comer mais de um quilo de folhas de eucalipto por dia.
Filhote de Coala
Filhote de Coala
  • Por consumirem uma quantidade muito grande da planta, os coalas retêm a fragrância do óleo das folhas e exalam um forte cheiro de eucalipto.
  • Os coalas são animais que vivem em pares ou sozinhos, subindo em árvores assim como a preguiça.
  • O coala é chamado por muitos de “ursinho da Austrália”. Mas não pertence à classe do ursos, e sim à classe dos marsupiais, que são aqueles mamífero que possui uma “bolsa” na região do abdômen para acolher os filhotes.
  • Um coala recém-nascido é do tamanho de um grão de feijão. Eles chegam ao mundo com cerca de 0,5 grama e 22 milímetros de comprimento e demoram certo tempo para ganharem aquele aspecto adorável.
  • Além disso, os bichinhos nascem cegos, sem orelhas e sem pelos.
  • Após o nascimento, a mamãe-coala carrega seu bebê em uma bolsa semelhante àquelas do canguru por cerca de seis meses. Depois desse período, o filhote permanece nas costas ou na barriga da mãe até completar seu primeiro ano de vida.
Características do Coala
Características do Coala
  • Os coalas preferem ficar escondidos no alto das árvores e lá eles coalas chegam a dormir até 18 horas por dia.
  • Apesar de parecerem animais fofos e macios, esses animais têm uma pelagem grossa que os protege tanto do calor quanto do frio e serve para repelir a água.
  • O pelo dos coalas é o mais grosso entre os membros da classe Marsupialia.
  • Em condições naturais ideais, sem ameaças ao habitat, os coalas machos podem viver até 10 anos, enquanto as fêmeas vivem alguns anos a mais.
  • O coala possui poucos predadores naturais. O que talvez mereça mais atenção é o cachorro selvagem Canis Dingo, que ataca os coalas mais velhos e doentes, pois um coala adulto e de boa saúde pode se defender e feri-lo gravemente.
Filhote e Mãe Coala
Filhote e Mãe Coala
  • Já os aborígenes, por sua vez, caçam o coala tradicionalmente, tendo em vista que trata-se de uma presa fácil devido aos hábitos sedentários e movimentos lentos.
  • O coala é imprescindível na alimentação do povo aborígene.
  • Quando o coala pressente que está em perigo no solo, ele se esconde ao invés de fugir.
  • Incêndios espontâneos que ocorrem em tempos de seca também são uma ameaça aos coalas.
  • O coala assume status de Vulnerável na Lista Vermelha da União Internacional de Conservação da Natureza (UICN).
  • Graças a pesquisas científicas que estudam o comportamento dessa espécie, novas populações de coalas foram introduzidas e reintroduzidas em algumas ilhar próximas à costa australiana e também em regiões mais interioranas.

Outras características

A pelagem dos coalas varia de acordo com a região em que habitam. No norte da Austrália, o pelo do coala é mais curto e acinzentado. Já na região sul, a sua pelagem é mais longa e acastanhada.

A pelagem do coala desempenha papel importante na regulação térmica e na proteção, já que o animal não constrói abrigos e dorme exposto ao sol e à chuva. A coloração mais escura dos pelos no dorso absorve o calor e torna-se mais escassa no verão e mais comprida durante o inverno.

De cabeça pequena e focinho curto, os coalas podem chegar a medir cerca de 60 centímetros e pesar algo em torno de 12kg. Esse animal tem os olhos bem separados, nariz grosso e achatado, dotado de grandes narinas em forma de V. As fossas nasais muito bem desenvolvidas auxiliam na manutenção do seu equilíbrio térmico.

As patas anteriores e posteriores possuem cinco dedos. O polegar posterior é muito pequeno e não tem garras. Já os outros dedos são bem fortes e terminam em garras alongadas. O coala possui polegar opositor apenas nas patas posteriores.

Coala Dormindo
Coala Dormindo

A ausência de cauda não impede o coala de escalar enormes árvores. A falta desse membro é compensada pelos dedos bastante largos e pelas garras bem.

A digestão da celulose, presente nas folhas que eucalipto que compõem a sua dieta, ocorre no intestino grosso do animal através do processo de fermentação bacteriana. O ceco, situado no início do intestino grosso, pode atingir 2,5 metros de comprimento. Além disso, o coala possui uma glândula complexa na parede do estômago denominada cardiogástrica, que desempenha papel importante na digestão.

O período de reprodução dos coalas dura cerca de quatro meses, de dezembro a março. A maturidade sexual é alcançada aos dois anos de idade entre as fêmeas e aos três anos entre os machos.

Os machos sexualmente maduros atraem as fêmeas de duas formas: deixando marcas odoríferas em todo o território e emitindo simultaneamente um som semelhante a um mugido.

Fotos de Coalas 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *